Quando você pensa no mercado de trabalho do futuro, também passa pela sua cabeça que muitas vagas que existem atualmente podem ser “perdidas” para robôs? Bem, a verdade é que algumas funções realmente poderão ser substituídas por robôs e inteligência artificial (AI), mas não todas. Apesar de desempenharem um papel importante na revolução tecnológica, os robôs e a AI não conseguem exercer algumas características profissionais que são exclusivas de humanos.

É fato que robôs e AI terão um papel importante no futuro (ou podemos dizer que já têm?), mas a presença de seres humanos ainda será indispensável em muitas funções. Por isso, para suprir as necessidades de um novo mercado, novos postos de trabalho ainda serão criados. Se você quer se preparar para o futuro do mercado de trabalho e descobrir quais características profissionais estão em alta e seguirão assim nos próximos anos, continue lendo este conteúdo!

As 5 características profissionais que mais serão requisitadas no futuro

Segundo pesquisa desenvolvida pelo World Economic Forum (WEF), mais da metade dos empregos que os jovens atuais terão no futuro será criada em profissões que ainda não existem. Portanto, para ter sucesso no mercado de trabalho futuro é preciso desenvolver algumas características profissionais indispensáveis.

Para entender quais são as características necessárias para suprir as novas demandas do mercado, cada vez mais permeadas por tecnologias digitais, físicas e biológicas, o WEF desenvolveu uma pesquisa junto aos maiores especialistas de recursos humanos e gestão do mundo. Esse levantamento originou o relatório The Future of Jobs: Employment, Skills and Workforce Strategy for the Fourth Industrial Revolution.

Esse documento lista algumas habilidades que todo profissional deve desenvolver até 2020 se quiser prosperar no mercado de trabalho que está em criação e expansão. Abaixo, listamos as 5 características profissionais consideradas fundamentais. Confira:

1. Flexibilidade cognitiva

Desenvolver a habilidade de resolver problemas com caminhos alternativos, saber olhar para diferentes alternativas e soluções, imaginar novas formas de fazer as mesmas coisas são algumas das maneiras de definir o que é flexibilidade cognitiva.

Se desafiar constantemente para sair da zona de conforto é uma habilidade cada vez mais pedida, por isso os profissionais precisam ser flexíveis. Como muitos problemas ainda estão sendo mapeados e não tem uma solução em um guia ou manual, as organizações precisam cada vez mais de profissionais que possam apresentar respostas para as demandas que surgem diariamente.

2. Negociação

A automação proporciona mais agilidade aos processos, mas as máquinas não exercem habilidades sociais. Por isso os profissionais do futuro, que devem trabalhar com pessoas e com robôs e inteligência artificial de forma simultânea, precisam desenvolver as habilidades sociais e de negociação para estar sempre à frente.

Nesse sentido, saber negociar com colegas, clientes, gestores e equipe será fundamental no cenário do mercado do futuro. Isso, inclusive, no caso dos cargos técnicos. Para conquistar essa que é uma das mais importantes características profissionais do futuro, treine suas habilidades interpessoais.

3. Pensamento crítico

Pensar de forma crítica, lógica e racional é uma característica profissional requisitada em todas as áreas e que será cada vez mais valorizada. No futuro, será imprescindível saber usar o raciocínio lógico para identificar novas soluções e considerar diferentes caminhos a seguir a fim de superar os desafios diários.

4. Inteligência emocional

Talvez a mais comentada na lista das características profissionais do mercado de trabalho do futuro, a inteligência emocional é a habilidade de reconhecer e avaliar suas emoções e sentimentos, além de ter empatia com os sentimentos dos outros para trabalhar em harmonia e atingir os resultados almejados.

Essa é outra habilidade social extremamente importante e impossível de ser desempenhada por máquinas. Por isso mesmo, ela será fundamental para os profissionais que quiserem continuar competitivos no mercado, principalmente para quem deseja desempenhar cargos de liderança e de gestão.

5. Criatividade

O que falar da capacidade humana em conectar informações diferentes para apresentar ideias inovadoras? A criatividade é uma habilidade inerente aos humanos e o novo mercado de trabalho, com suas novas tecnologias e produtos, exige a atuação de profissionais que possam usar do seu senso criativo para assimilar e criar novos negócios e soluções em meio a uma realidade de mudanças constantes.

Chegamos ao fim de mais um conteúdo e é inegável como as constantes mudanças e avanços tecnológicos transformaram rapidamente o mercado de trabalho. Para não ficar de fora, portanto, é importante desenvolver as características profissionais que acompanham essas mudanças.

A faculdade é o ambiente em que as habilidades de um profissional são valorizadas e desenvolvidas. Sabendo disso, aproveite a época da graduação para estimular o aprendizado das novas características profissionais relevantes para o mercado de trabalho e prepare-se para um futuro de muito sucesso!