Saber como conseguir bolsas de estudo em escolas particulares é um desafio para quem quer melhores oportunidades de aprendizado. A boa notícia é que esse desejo é possível de ser realizado e não está tão distante. Neste artigo, mostraremos como você pode encontrar descontos para o ensino médio em unidades de ensino que podem estar próximas de você.

É verdade que ter uma formação de qualidade é muito importante para que você consiga um bom emprego, mas um ensino de qualidade traz mais benefícios do que isso. A base educacional que solidificamos no ensino médio nos dá também as ferramentas necessárias para realizar as mais diferentes conquistas, afinal, é a partir desse momento que passamos a projetar nossa vida adulta e a traçar algumas metas do que desejamos para o nosso futuro. Saiba mais a seguir.

 

Veja como conseguir bolsas de estudo em escolas particulares

 

A escolha de uma boa escola para realizar os seus estudos será um importante diferencial para que você possa alcançar o que almeja. De acordo com uma reportagem do portal da revista Exame, com base em dados divulgados pelo Ministério da Educação, o Brasil teve 7,9 milhões de alunos matriculados no ensino médio em 2017. Desse total, 88% estavam na rede pública de ensino.

Assim, se o seu desejo é fazer parte do grupo minoritário, ou seja, dos 12% de estudantes que estão matriculados na rede particular de ensino, siga a leitura deste post para saber como conseguir bolsas de estudo em escolas particulares.

Como já dissemos, ter uma boa aprendizagem no ensino médio no Brasil é um desafio. O principal indicador da qualidade da educação do País, o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), comprova isso. Segundo uma reportagem da Agência Brasil, o ensino médio é o mais crítico na formação do estudante brasileiro.

Além disso, a qualidade do ensino médio está decaindo. Em 20 anos – ainda conforme os dados apresentados pelo Ideb e relacionados com o ano de 2017 –, não houve melhoria no aprendizado dos alunos nas disciplinas de matemática e português, por exemplo.

Para sair dessa estatística, um dos caminhos é que você procure instituições de ensino de qualidade e que faça a sua parte se dedicando aos estudos, especialmente dessas áreas mais críticas e que serão fundamentais para o seu futuro.

Saiba que é possível estudar em escolas particulares mesmo que você tenha uma renda familiar mais baixa. Existem sites que oferecem buscas em descontos em escolas parceiras e há programas oferecidos para pessoas de baixa renda e outros que privilegiam a excelência do histórico escolar. Quer saber como conseguir bolsas de estudo em escolas particulares? Então vamos às dicas!

 

Dica 1: Estude bastante

 

Não adianta: para conseguir se destacar da concorrência por uma vaga na rede privada de ensino é preciso estar preparado. Portanto, comece a se dedicar aos estudos o quanto antes, se é que você já não está fazendo isso. 😉

Geralmente as escolas particulares que oferecem bolsas de estudo exigem que o aluno tenha desempenho exemplar no histórico escolar. Não é raro, portanto, a exigência de média geral acima de 9 (numa escala de 0 a 10). Essa nota se calcula com a soma das avaliações finais do ano letivo dividida pelo número de disciplinas.

 

Dica 2: Tenha uma carta de recomendação

 

Se você estuda em escola pública e quer saber como conseguir bolsas de estudo em escolas particulares, fica a dica: não tenha medo de perguntar. Vá até a secretaria da escola onde você quer estudar e pergunte sobre a possibilidade de uma bolsa de estudos. O não você já tem e não custa tentar.

Provavelmente, você não será o único a perguntar. Uma forma de ter mais sucesso nessa tarefa é mostrar por A + B por que você merece a bolsa de estudos. Tenha uma carta de recomendação que fale sobre seu desempenho escolar, liste suas principais conquistas, mencione suas habilidades e qualidades.

 

Dica 3: Conheça o Instituto Germinare

 

Se o seu sonho é ser dono de uma grande empresa, essa dica é para você. Fique de olho nas datas do processo de admissão do Instituto Germinare Escola de Negócios. O ensino é gratuito e em período integral. Os alunos recebem uniforme, material didático e alimentação.

As oportunidades são abertas a jovens talentos, com “brilho nos olhos” e potencial para liderança executiva. A única forma de entrar é no 6º ano do Ensino Fundamental. Os alunos tem 4.500 horas de aulas de gestão de negócios e, ao concluir o Ensino Médio, recebem certificado de  Técnico de Administração de Empresas.

Os critérios para seleção levam em conta não só o nível intelectual, mas também habilidades, histórico pessoal, experiências e capacidade de aprendizado. Para se preparar, procure vivenciar experiências que desenvolvam qualidades de liderança. A prática de esportes, o voluntariado em uma causa social ou o envolvimento em um grupo de escoteiros são exemplos de atividades que estimulam vivências enriquecedoras.

 

Dica 4: Dê uma conferida no Ismart

 

O Ismart é o Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos. Criado em 1999, a entidade oferece bolsas de estudo para jovens de baixa renda que tenham idade entre 12 e 15 anos e que apresentem excelentes notas escolares. Os projetos desenvolvidos pelo instituto oferecem oportunidade de desenvolvimento e orientação profissional.

O programa tem 2 mil alunos ativos espalhados por 6 municípios do sudeste do País. Para estudantes do ensino médio, existem duas opções: o Projeto Alicerce, voltado aos alunos matriculados no 7º ano e que tenham até 13 anos completos, e o projeto Bolsa Talento, que vale para alunos do 9º ano e que tenham até 15 anos.

O custeio do ensino médio é integral e inclui mensalidade, material escolar, uniforme e despesas com transporte e alimentação. Para acessar as bolsas do Ismart, além dos critérios de idade e etapa na vida escolar, o aluno deve apresentar uma renda per capita familiar que não ultrapasse dois salários mínimos.

 

Gostou das dicas? Bons estudos!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui