cursos para quem gosta de viajar

5 melhores cursos para quem gosta de viajar

Sim, muita gente trabalha durante 11 meses do ano em suas atividades profissionais para reservar um mês para férias e aquela tão sonhada viagem. Aquele passeio para descansar ou para conhecer uma nova cidade ou cultura, ou ainda para viver uma aventura. São 11 longos meses de ansiedade para a chegada daquele momento. No entanto, o que você acha de unir o útil ao agradável? Ou seja, viajar e trabalhar ao mesmo tempo, não necessariamente nessa ordem. O que acha de cursos para quem gosta de viajar?

Posso garantir que é plenamente possível. Se você procura cursos para quem gosta de viajar, esse é o seu post. Vamos listar por aqui os cinco melhores cursos para quem gostar de viajar e ainda por cima ganhar bem por isso.

Cursos fora do comum para quem gosta de viajar

A ideia aqui é selecionar cursos fora do comum para quem quer viajar. Dessa forma, vamos descartar os clássicos cursos de Turismo, Piloto de Avião ou Comissário de Bordo.

1 – Jornalismo

Você não precisa ser uma Glória Maria, ou um Felipe Santana, para trabalhar viajando. O curso de Jornalismo permite que você produza conteúdo a qualquer hora e qualquer local do mundo, para qualquer empresa ou organização.

Em primeiro lugar, a formação em jornalismo vai ajudar você a escrever bem, em qualquer formato ou linguagem. Não necessariamente para um jornal impresso, rádio ou emissora de televisão. Com isso, você ganhará habilidade para trabalhar com jornalismo digital, por exemplo. Em segundo lugar, pode abrir as portas para o mundo.

Vou dar um exemplo prático. Eu conheci um jornalista brasileiro que atendia clientes no Brasil, porém, morava e estudava na França. Desse modo, todo o trabalho e o contato com a empresa contratante era realizado pela internet, pelo Facebook ou WhatsApp.

Bastava apenas se ajustar ao fuso horário entre Brasil e Europa. Entre um trabalho e outro, ele viajou por quase todos os países europeus. Em outras palavras, o curso de Jornalismo possibilita o trabalho clássico de correspondente internacional para veículos de imprensa.

No entanto, como as oportunidades em redações estão mais escassas, há possibilidade de atuar na área e viajar de maneira mais acessível.

Neste caso, o retorno financeiro vem da disciplina e da produtividade do próprio profissional, além da carga horária dedicada para o trabalho.

2 – Letras

Pense em como é corriqueiro encontrar escolas de idiomas no Brasil com professores de inglês de nacionalidade americana ou inglesa.

Profissionais com formação estrangeira que viajam para o Brasil e por aqui ficam, com oportunidades na área da docência em línguas. Agora, você já pensou fazer o sentido inverso?

Você, com formação em Letras Português, dando aulas como professor de idiomas em outros países? Sim, é possível viajar e trabalhar também dessa forma.

Na Europa e em países como Estados Unidos, China e Rússia há demanda por esses profissionais, principalmente, para capacitar executivos de empresas para se relacionarem com pessoas que falam português.

Neste caso, fique atento quanto às cerificações. Estabelecimentos educacionais nesses países costumam cobrar diplomas e cursos específicos na área, que comprovem a sua habilidade. Se você gostou do desafio, é recomendável, também, que você conheça a fundo o idioma do país que você quer viajar e dar aulas, para facilitar a comunicação com os nativos.

Para quem tem formação em Letras em outras línguas e gosta de viajar, outra modalidade de trabalho é a de Tradutor. É comum empresas terem em seus quadros pessoas qualificadas para acompanhar seus executivos em reuniões em outros países. Para isso, é necessário a assessoria de um tradutor.

3 – Comércio Exterior ou Relações Internacionais

Buscar mercados no exterior é a vontade de grande parte das empresas que gostariam de expandir seus negócios. Dessa maneira, a carreira de Comércio Exterior ou Relações Internacionais permite que o profissional trabalhe e viaje ao mesmo tempo.

Nesse caso, como estamos no Brasil, podemos citar países em potencial como Estados Unidos, China ou a União Européia. Quem deseja trabalhar com Comércio Exterior precisa ter domínio das leis e da atividade que envolve operações de importação e exportação. Com certeza, são conhecimentos adquiridos no curso de graduação, e aprimorados com a prática do ofício.

Por outro lado, você pode questionar que essas transações comerciais podem ser feitas à distância, pela internet. No entanto, são negócios que por vezes as empresas preferem fechar pessoalmente com seus parceiros. Por essa razão, o profissional que atua na área está em constante deslocamento, dependendo da empresa para qual atua.

Em alguns casos, empresas multinacionais ou com braços no exterior chegam bancam moradia e deslocamentos para os funcionários dessas filiais.

Saindo um pouco da questão comercial, outra área mais voltada à Relações Internacionais é a diplomacia, ou seja, a carreira de diplomata. Neste caso, as atividades são voltadas no relacionamento entre países diferentes, de maneira mais abrangente.

Em resumo, a carreira de Comércio Exterior ou Relações Internacionais é superindicada para quem quer trabalhar e viajar, com ganhos financeiros consideráveis. No entanto, é preciso sempre estar atualizado com o idioma e na legislação comercial de cada país.

4 – Fotografia

É verdade que para ser fotógrafo você precisa de uma boa dose de talento e sensibilidade com a câmera.

Mas também é necessário uma boa formação, com base em cursos de graduação na área de Comunicação Social, complementando com capacitações mais específicas. Feito isso, você estará apto para atuar profissionalmente e, porque não, até fora do país.

Para quem quer trabalhar e viajar ao mesmo tempo, ser fotógrafo é uma boa pedida.

Isso porque o campo de atuação dos fotógrafos é amplo, com muitos nichos a serem explorados. Há, por exemplo, fotógrafos especializados em fazer a cobertura fotográfica de casamentos.

Dependendo do público atendido, é comum esse profissional fazer ensaios de casais em países diferentes. Ou, ainda, até o próprio evento de casamento ser em outro país, por exemplo.

Com isso, os fotógrafos podem unir o útil ao agradável, viajar e trabalhar. Claro que chegar neste nível vai exigir adquirir uma boa bagagem e experiência profissional no Brasil.

Outra oportunidade que favorece os fotógrafos a trabalhar viajando é atuar em veículos de imprensa, como correspondente internacional.

Neste caso, o mercado é mais restrito, mas há profissionais que fixam residência em outros países para repassar material fotográfico sites de jornais, emissoras de televisão, entre outros veículos.

5 – Arqueologia ou Geologia

Quem nunca assistiu os filmes do Indiana Jones? Tá certo, é aventura misturada com ficção científica, mas tem um pouco de realidade na história.

Na série, o personagem principal era um arqueólogo que viajava aos locais mais inóspitos do planeta. Bom, trazendo o contexto para a vida real, tanto a arqueologia como a geologia são cursos que podem fazer você dar a volta ao mundo!

São áreas bem específicas do conhecimento, isso é fato. Porém, os profissionais que atuam na área são instigados a desenvolverem pesquisas científicas e aprofundarem seus temas de estudo em locais inóspitos.

A geologia estuda a crosta terrestre e sua transformação ao longo do tempo. Desse trabalho, deriva a análise de rochas, a topografia de terrenos, a exploração de minérios e até o estudo de fósseis.

Por outro lado, a arqueologia também tem o viés investigativo, mas voltado para o estudo de objetos e artefatos antigos. O objetivo é entender como funcionavam as sociedades e a ocupação humana no passado, nas mais diversas regiões do globo.

Enquanto a Geologia tem sua base nos cursos de bacharelado em Geografia, a Arqueologia mistura conhecimentos dos cursos de bacharelado em História e também de Geografia, entre outras áreas.

Há demandas por profissionais da área em universidades, para atuar em grupos de pesquisas, em organizações não-governamentais e em empresas.

E aí, ainda está em dúvida?

Listamos acima alguns dos melhores cursos para quem gosta de viajar. Não podemos esquecer do curso de Turismo, que naturalmente te leva a viajar muito, assim como o de piloto ou comissário de avião.

Caso você não tenha se interessado por nenhum deles, tenha em mente que hoje são muitas as profissões que podem ser desempenhadas apenas com um notebook, com um celular e um bom sinal de internet. Por isso, dê uma olhada também nas profissões na área de tecnologia e certamente você vai encontrar opções que podem ser exercidas enquanto você estiver em qualquer local do mundo.

Profissionais autônomos, que atentem por conta própria demandas de empresas e clientes em geral, têm liberdade para trabalhar viajando, caso esse atendimento for estritamente online.

Webdesigner, Design Gráfico, Administração e até Contabilidade são cursos para quem gosta de viajar. Ajudei você com esse post? Sucesso!

  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *