Escolher uma graduação ou pós-graduação que se adapte à rotina é um dos caminhos para quem tem pouco tempo mas muita vontade de crescer profissionalmente. Nesse sentido, os cursos a distância aparecem em cena para permitir que o aluno escolha como e onde estudar. No entanto, para quem opta por essa modalidade de ensino, pode surgir uma dúvida: como reter o conhecimento oferecido pelas aulas online?

Uma das formas para se sair bem nas avaliações e ainda conseguir aplicar os conhecimentos mais tarde é revisar constantemente os conteúdos oferecidos pela faculdade. Mas como fazer isso com as aulas no meio digital? Este post traz dicas simples e práticas que podem ajudá-lo a manter as suas revisões de conteúdo em dia.

Por que é importante revisar os conteúdos das aulas online?

Revisar constantemente os conteúdos vistos nas aulas da faculdade ou da pós é uma das melhores maneiras de reter, de fato, o conhecimento. Cada pessoa tem uma forma mais efetiva de fixar cada matéria. Então, o primeiro passo é descobrir qual o melhor método para você, se através de revisões de vídeos, materiais escritos ou por meio de resumos.

Identificando qual formato funciona com você, o passo seguinte será apostar nesse formato na hora de revisar os conteúdos da faculdade. Além disso, aproveite esse momento para checar se você realmente entendeu aquela temática e como você poderá trazer as informações relevantes para o seu dia a dia profissional.

Afinal, tão importante quanto contar com bons professores e com conteúdo de qualidade nas aulas será conseguir reter e aplicar esses novos conhecimentos.

Dicas para revisar o conteúdo das aulas online

É comum o aluno ter alguma distração na hora de dedicar-se às aulas online. Por isso, será fundamental para o seu aprendizado revisitar os conteúdos para checar o grau de entendimento e compreensão daquele tema e torná-lo mais uma ferramenta na sua trajetória profissional.

Confira algumas sugestões simples que podem auxiliá-lo na revisão dos conteúdos das aulas online:

1. Faça anotações

Fazer anotações enquanto assiste às aulas online é muito útil e eficaz para revisitar o conteúdo mais tarde. Assim como nas aulas presenciais, você pode recorrer ao tradicional caderno ou bloco para anotar os assuntos e os pontos principais do conteúdo que está sendo ministrado.

Diferentemente das aulas presenciais, quando você está assistindo aos conteúdos em um computador ou no celular é possível utilizar a tecnologia a seu favor na hora das anotações. Para isso, confira as funcionalidade de aplicativos e ferramentas de uso fácil e gratuito, como é o caso do Evernote ou do Google Docs.

A vantagem de utilizar esses recursos é que você pode consultar os apontamentos de qualquer lugar. Eles também permitem que você salve pesquisas relacionadas com os temas de aprendizado em sites e outros materiais. Além disso, dependendo da plataforma que você utilizar, será possível incluir fotos, áudios, vídeos e PDFs, ou seja, concentrar tudo no mesmo documento.

2. Aposte em resumos ou esquemas

Depois de anotar os temas mais relevantes da aula, será importante ver se você conseguiu entender o conteúdo repassado pelo professor. Para mensurar isso, faça um resumo daquela matéria ou um esquema, trazendo o assunto por tópicos, com desenhos e observações.

Além de ser mais fácil revisitar esse conteúdo depois, já que ele será visto de forma resumida, fazer esses exercícios ajudará na memorização das matérias.

3. Reveja as aulas

Por que não usar o diferencial das aulas online a favor da revisão? Você pode, por exemplo, apontar os momentos da videoaula mais relevantes para assistir depois, que é algo impossível de ser feito em uma aula presencial.

Anote os minutos de cada aula que você considera como fundamentais para que você possa rever esses pontos com calma mais tarde. Se tiver recursos como pausar o vídeo, use-os para poder fazer as anotações da aula com calma.

4. Faça exercícios e simulados

Aproveite os inúmeros materiais disponíveis nas plataformas dos cursos a distância. Ali, é possível encontrar uma série de exercícios e simulados. Procure utilizar esses recursos para fixar bem os conteúdos de uma forma dinâmica e interativa.

O bacana desse processo é fazer os simulados como se o resultado deles estivesse valendo mesmo. Ou seja, utilize esses recursos como um teste e sem fazer consultas para mensurar como está o seu aprendizado. Assim, será mais fácil corrigir possíveis erros e melhorar a sua rotina de estudos.

5. Mantenha a organização

Não tem jeito: para ter acesso aos materiais e fazer as revisões periódicas necessárias para o seu aprendizado, será preciso ter muita organização. Isso vale para os materiais físicos, incluindo a organização de cadernos, a separação das anotações por disciplinas e o armazenamento em um só lugar, e também para os materiais digitais.

Se você fez anotações na internet, deixe salvo em local de fácil acesso e junto com os demais materiais. Também é importante separar os assuntos por pastas. Assim, quando precisar lembrar de alguma disciplina, por mais que já tenha passado algum tempo até a revisão final do assunto, você saberá exatamente onde encontrar o material que você precisa.

6. Discipline-se

Independentemente do curso, o aluno precisa ter disciplina para manter a rotina de estudos. Para isso, procure definir horários para assistir às aulas online e também para revisar todo o conteúdo depois.

Para facilitar essa organização do tempo, também dá para recorrer aos aplicativos. Há opções como Evernote, Trello, Asana e Todoist, que ajudam você a organizar seu dia a dia e a fazer o gerenciamento das suas atividades.

Com qual frequência você deve fazer as revisões dos conteúdos do seu curso?

O filósofo alemão Hermann Ebbinghaus foi um dos primeiros autores a estudar a capacidade de armazenamento da nossa memória. Em 1885, o autor tratou da curva do esquecimento, que mostra o quanto de informações o cérebro retém depois de uma hora de estudos.

O gráfico de Ebbinghaus aponta que a pessoa se lembra de praticamente só metade do conteúdo depois de 24 horas e que nos dias seguintes a queda dessa lembrança é vertiginosa, restando apenas uma pequena parcela do conhecimento no final.

Para reverter isso, a saída é revisar constantemente o conteúdo. Procure fazer uma primeira revisão antes de completar um dia desde quando você viu determinada matéria. Depois, a dica é revisitar o assunto pelo menos mais uma vez naquela semana e outra antes das avaliações.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe as dicas que oferecemos aqui para que mais pessoas saibam como tornar as aulas online ainda mais eficientes e produtivas. Se você gosta de temas relacionados à área da educação, confira outros conteúdos do nosso blog. Até a próxima!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui