Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!
agronomia salário

Agronomia: salário por área de atuação e piso salarial

O agronegócio brasileiro é um dos mais importantes do mundo. Afinal, o Brasil é o 4º maior produtor de grãos a nível mundial, de acordo com uma pesquisa de 2021, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), do Ministério da Agricultura. Consequentemente, há muito mercado para quem atua no agronegócio e é compreensível questionar o salário do formado em Agronomia.

O agrônomo ou engenheiro agrônomo tem papel central nas granjas, fazendas e lavouras de todo o mundo. Ele melhora a qualidade e produtividade das plantações, participa do cuidado aos rebanhos e está diretamente relacionado ao desenvolvimentos dos produtos agropecuários. Com tantas obrigações, a média salarial do agrônomo ultrapassa o salário mínimo e é um atrativo para muita gente.

Se você gosta da ideia de trabalhar com o agronegócio, talvez a Agronomia seja uma boa opção. O legal é que tem muitas vertentes para atuar e você não fica preso a um emprego só. Com isso, se quiser saber o salário de alguns dos cargos mais importantes dessa indústria, continue lendo o texto!

Leia também: Conheça 10 cursos ligados ao meio ambiente

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

O que faz o engenheiro agrônomo?

Antes de abordar o salário na Agronomia, é importante entender o campo de atuação de quem se forma na área. A atividade mais recorrente ligada ao profissional é aquela com relação às lavouras, fazendas e granjas. Nelas, ele administra propriedades rurais, fazendo o gerenciamento de processos, como a produção de insumos, irrigação do solo e o acompanhamento de rebanhos.

A partir dessa atuação, ele garante a irrigação e adubação das lavouras, a qualidade dos alimentos e ajuda a combater pragas que afetam plantações. Além do mais, ele é o responsável por analisar a qualidade do solo e como o proprietário deve agir para preservá-lo ou recuperá-lo.

Apesar disso, o agrônomo não atua apenas nas fazendas. Empresas de produção de alimentos podem contar com esses profissionais no controle de qualidade ou até mesmo na fiscalização sanitária. Além disso, se escolher a formação, você pode atuar como autônomo, na parte de consultoria, ou até mesmo como professor universitário, seguindo carreira acadêmica.

Tem piso salarial?

A Lei 4.950-A/66, de 1966 estabelece um piso base para profissionais de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Veterinária. De acordo com o código, uma jornada de trabalho de seis horas estabelece até seis salários mínimos para o profissional, de sete horas, 7,25 e de oito horas, 8,5. Isso leva em conta a jornada de trabalho e o salário mínimo vigente.

Entretanto, é bom entender que o pagamento varia muito de acordo com o cargo e cidade onde o profissional atua. Por isso, mesmo considerando o piso salarial, muitas empresas pagam abaixo ou acima dele, a partir da competência ou importância do profissional. Porém, o piso já está bem acima da média brasileira, se considerarmos a situação financeira do país.

Agronomia: salário e atuação

Segundo dados do site Salário, a média de ganho do engenheiro agrônomo ultrapassa os R$ 6 mil, sendo o teto estabelecido em mais de R$ 14 mil. Outra fonte, o Site Nacional de Empregos (SINE), indica que um engenheiro pleno, numa empresa de médio porte, recebe na faixa de R$ 4 mil. Já um Sênior, numa empresa de mesmo porte, acaba recebendo mais de R$ 6 mil.

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Os salários mais altos estão nas maiores empresas e nos cargos mais avançados, segundo a pesquisa do SINE. Um profissional master de uma grande instituição pode chegar a ganhar R$ 9 mil, ao mesmo tempo em que um sênior atinge os R$ 7 mil e um pleno R$ 6 mil. Com essa informação, já dá pra perceber como a base altera, considerando o tamanho da empresa e o grau de importância do profissional.

Um funcionário público, por exemplo, acaba ganhando bem mais devido ao modelo adotado pelas instituições públicas. O salário nesse caso pode chegar aos R$ 10 mil, por exemplo.

Salário na Agronomia por atuação

De acordo com um estudo da consultoria Robert Half, a média salarial para agrônomos com mais de 10 anos de carreira é bem expressiva. O estudo levou em conta os profissionais com atuação no mercado em empresas de grande porte: 

  • Diretor de Supply Chain: R$ 21 mil a R$ 50 mil;
  • Diretor de Operações: R$ 18.500 a R$ 42 mil;
  • Engenheiro de Aplicação: R$ 6.700 a R$ 18 mil;
  • Engenheiro de Pesquisa e Desenvolvimento: R$ 6.700 a R$ 13.300.

Leia mais: Agronomia: saiba tudo sobre o curso e o mercado de trabalho

Decidiu se vai escolher Agronomia?

Quando vamos definir uma carreira, as dúvidas aparecem e ficamos até nervosos só de pensar nessa escolha. Uma forma de ficar mais tranquilo é escolher algo que bata com temas que gostamos. Se você se interessa pela produção de alimentos, gosta da ideia de análise de solo ou tem interesse pelo trabalho relacionado ao agronegócio, a Agronomia é uma excelente escolha.

Com o nosso guia, você pôde ver o salário da Agronomia e como ele está acima da média. Agora é sua vez de definir se ele combina com o seu perfil e com as suas vontades e desejos. Gostou do texto? Ele te ajudou? Tem muito mais no site do Vai de Bolsa. Dê uma olhada!

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *