Se você ainda não baixou o app do Enem, faça isso já e tenha um ótimo guia às vésperas da primeira prova, marcada para o dia 3 de novembro. O aplicativo é gratuito e ainda disponibiliza conteúdos exclusivos para os participantes do Enem, além do cronograma, vídeo em libras, locais de acesso, entre outros. 

A seguir explicamos como e por que é importante contar com esta ferramenta.

Como funciona o app do Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desenvolveu o app do Enem, que está disponível para download gratuitamente na App Store (iOS) e na Play Store (Android).

Com o app do Enem, os participantes têm acesso ao cronograma do Enem 2019, mural de avisos, edital, vídeo do edital em Libras, notícias, acesso ao programa Hora do Enem, da TV Escola, entre outras informações importantes.

Navegando pelo app do Enem você tem acesso a:

  • Local de prova, com endereço e número da sala;
  • Datas e horários do exame;
  • Opção de língua estrangeira escolhida;
  • Atendimentos específicos e/ou especializados, e recursos de acessibilidade, caso tenham sido aprovados;
  • Resultado – Após o exame, o participante poderá consultar no aplicativo o gabarito e o resultado final, conforme cronograma de divulgação.

Pelo app do Enem, você também pode acessar a uma lista das perguntas mais frequentes que ajudam a esclarecer as principais dúvidas sobre o exame mais esperado do ano.

O app do Enem já foi utilizado nas últimas três edições do Exame e, segundo o diretor de Tecnologia da Informação e Disseminação de Informações Educacionais do Inep, Camilo Mussi, o Inep quer, cada vez mais, ampliar o acesso à informação. Seja ela por meio do portal ou pelo aplicativo.

Falando em tecnologia, nesse outro post aqui do blog falamos sobre os melhores aplicativos para estudar para o Enem, confira!

Guia para você ir para o Enem preparado

Para você que se inscreveu no Enem 2019, conta pra gente como está a reta final da sua preparação? Relembre a seguir as principais informações para ir preparado ao dia da prova:

No primeiro domingo de Exame, no dia 3 de novembro, serão aplicadas as provas de:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia
  • Redação

Já no segundo domingo, no dia 10 de novembro, serão aplicadas as provas de:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia
  • Matemática e suas Tecnologias: Matemática

Sabemos que agora é a hora de revisar todo o conteúdo visto ao longo do ano e para te ajudar, listamos alguns posts aqui do blog que podem te auxiliar.

Língua portuguesa

Geografia

História

Sociologia

Filosofia

Redação

Química

Física

Matemática

Atualidades

O Inep também disponibiliza todas as provas e gabaritos para você estudar e elaborou um vídeo com lembretes importantes. Confira!

Sobre o Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova realizada anualmente pelo Ministério da Educação (MEC) com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao final da educação básica.

O Enem também é utilizado como um mecanismo de seleção para ingresso ao ensino superior, certificado de conclusão do Ensino Médio e para constituir parâmetros para a autoavaliação do participante, com vista à continuidade de sua formação e à sua inserção no mercado de trabalho.

Não é a toa que o Enem é o Exame mais esperado do ano. As notas obtidas no Enem podem ser utilizadas para ingressar no ensino superior e, até mesmo, pode ser uma referência para a sua autoavaliação.

Através do Enem, você pode estudar em uma instituição pública por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), com bolsa parcial ou integral em faculdade particular com o Programa Universidade para Todos (ProUni) ou ainda financiar a sua faculdade por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Além disso, a sua nota do Enem pode ser utilizada para você estudar em Portugal. Já são mais de 40 universidades, institutos politécnicos e escolas superiores têm acordo interinstitucional com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o que garante acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursos de graduação em Portugal.