áreas da enfermagem

Áreas da enfermagem: veja onde esse profissional pode atuar

Se antes os enfermeiros eram conhecidos por serem auxiliares dos médicos em hospitais, hoje essa profissão é muito mais valorizada e com abrangência muito maior. Mas você conhece todas as áreas da enfermagem?

Em resumo, o enfermeiro é responsável por manter e promover o bem-estar das pessoas, em qualquer lugar que elas estejam. Dessa forma, para cumprir sua função, são inúmeras as maneiras e áreas que ele pode atuar.

Se você ficou interessado nas áreas que os enfermeiros podem atuar, continue acompanhando esse texto.

Leia também: Um técnico em enfermagem é considerado um enfermeiro?

Enfermagem em números

De acordo com dados do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, são atualmente 3,5 milhões de trabalhadores da área da saúde. Sendo que 50% deles são profissionais da área da enfermagem, como técnicos, auxiliares e enfermeiros.

No entanto, apenas 23% dos profissionais que atuam na enfermagem tem uma graduação, o que faz com que os salários sejam um pouco menores.

Só para exemplificar, os salários citados têm como referência o site salario.com.br, que por sua vez, tem como base os dados oficiais do Novo CAGED, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, eSocial e Empregador Web.

Principais áreas da enfermagem

Em 2018, o COFEN, Conselho Federal de Enfermagem, aprovou, por meio da resolução nº 577, a lista de especialidades dos profissionais Enfermeiros.

Dessa forma, as linhas de atuação foram distribuídas em 3 grandes áreas:

Áreas da Enfermagem: Área I

A Área I agrupa as linhas de atuação nas linhas de saúde coletiva, saúde da criança e do adolescente, saúde do adulto, saúde do idoso e urgências e emergências. Do mesmo modo, a saúde do adulto abrange a saúde de homem e a saúde da mulher.

Algumas atuações da área I de enfermagem são:

Enfermagem Home Care

Os atendimentos domiciliares têm crescido muito, o que, antes de mais nada, acaba aumentando a demanda de profissionais da área. Dessa forma, muitas clínicas particulares e planos de saúde já disponibilizam esse tipo de serviço.

Os profissionais que atuam nessa área precisam de formação especializada. Técnicos de Enfermagem encontram espaço desde que tenham acesso a esse tipo de qualificação.

A faixa salarial do auxiliar de enfermagem em Home Care fica entre R$ 1.619,45 e R$ 3.197,62.

Enfermagem em Obstetrícia

Quem atua nessa área trabalha auxiliando nascimentos e acompanhando os médicos desde o início do trabalho de parto até o nascimento do bebê. Os profissionais que atuam nessa área podem também acompanhar gestantes e lactantes, inclusive no pós-parto.

Atualmente, com a autorização do Ministério da Saúde, o enfermeiro obstetra pode conduzir partos desde estes sejam de forma natural. Dessa maneira, quando há necessidade de intervenção cirúrgica, a equipe médica deve ser acionada para atendimento de emergência.

Para atuar nessa área, é necessário ter curso superior em enfermagem e fazer um curso de especialização e o salário varia entre R$ 3.781,83 e o teto salarial de R$ 7.766,01.

Enfermagem em Nefrologia

O enfermeiro nefrologista atua em hospitais e clinicas especialistas em problemas renais. Pode atuar também em clínicas de hemodiálise ou ainda na residência de pacientes que têm complicações nos rins.

Técnicos em enfermagem podem atuar na área de hemodiálise desde que façam uma especialização na área. O salário desse profissional varia entre R$ 3.061,18 e R$ 6.169,91.

Enfermagem em Terapia Intensiva

O enfermeiro que trabalha em uma UTI – Unidade de Terapia Intensiva – exerce um trabalho de assistência a pacientes graves. Dessa forma, é necessário uma série de conhecimentos técnicos e científicos. O salário desse profissional fica entre R$ 3.000 e R$ 6.204,71.

Enfermeiro Pediatra

Também chamado de Enfermeiro Puericultor e Pediátrico, ele é responsável por atender crianças portadoras de doenças graves, auxiliando nos tratamentos.

Cabe ao profissional assegurar o atendimento à criança em todas as suas fases. Esse atendimento é feito através de procedimentos técnicos e de segurança em todas as etapas das consultas e internação hospitalar.

A faixa salarial desse profissional fica entre R$ 2.523,48 e R$ 4.804,19.

Enfermagem em Centro Cirúrgico

O enfermeiro que trabalha no centro cirúrgico, vai atuar em cirurgias de pequeno e grande porte, auxiliando o médico responsável.

Ele é responsável pelo cuidado integrado do paciente antes, durante e depois da cirurgia, zelando também pela recuperação da pessoa.

São 3 as etapas do preparo do paciente: a realização de exames pré-cirúrgicos, o preparo na véspera do procedimento e o prepara na data da intervenção. Além disso, ele também monitora as condições do paciente no pós-cirúrgico.

A faixa salarial do Enfermeiro de Centro Cirúrgico fica entre R$ 2.800 e R$ 6.056,24.

Enfermeiro do trabalho

O enfermeiro do trabalho atua gerando ações preventivas aos acidentes de trabalho, criando condições de segurança e periculosidade do ambiente de trabalho.

Também atua em programas de proteção à saúde dentro de empresas, sendo responsável pela prevenção de doenças. O salário do enfermeiro do trabalho varia entre R$ 3.083,85 e R$ 6.341,97.

Outras áreas da enfermagem relativas à Área I: cardiologia, dermatológica, estética, farmacologia, endocrinologia, hematologia, saúde coletiva, saúde do idoso e oncologia.

Leia também: Enfermagem do trabalho: o que é e como trabalhar na área

Áreas da Enfermagem: Área II

A Área II envolve as profissões relacionadas à gestão.

Gerente de enfermagem

Esse profissional faz a gestão de recursos humanos, de materiais, das finanças e da gestão física. Existem diversos cursos específicos para formação nessa área e o salário varia de R$ 4.800 a R$ 16.861,74.

Coordenador de enfermagem

O profissional de enfermagem que atua como coordenador, orienta e supervisiona as atividades do setor. Dessa forma, as normas e sistemas de trabalho são sua responsabilidade, bem como revisar e elaborar projetos.

Trabalha normalmente em clínicas e hospitais e o salário é similar ao de gerente de enfermagem.

Enfermagem em Auditoria

O profissional que atua em Enfermagem de Auditoria pode atuar dentro das instituições como auditor interno ou em um órgão independente, realizando auditoria externa. Pode atuar no setor público, avaliando o uso adequado dos recursos do SUS, Sistema Único de Saúde.

Verifica contas, documentos, relatórios, prontuários e faz avaliações de qualidade de atendimento.

É um campo que está em alta devido à necessidade de reduzir custos. Além disso, é necessária uma especialização na área. O salário do Enfermeiro Auditor varia entre R$ 3.628,91 e R$ 7.603,66.

Outras áreas da enfermagem relativas à Área II: direito sanitário, economia da saúde e administração hospitalar.

Áreas da Enfermagem: Área III

A Área III envolve as profissões relacionadas ao ensino e à pesquisa.

Professor em Enfermagem

O profissional de enfermagem pode atuar em sala de aula formando novos profissionais da área. Ele pode atuar tanto em cursos técnicos e, caso tenha feito uma pós-graduação ele poderá atuar como professor universitário.

A faixa salarial de um professor de Técnicas de Enfermagem, por exemplo, fica entre R$ 3.005,1 e o teto de R$ 19.311,85.

Pesquisa em Enfermagem

Para que o serviço de qualquer área esteja sempre em condições de qualidade adequadas, é necessário que seja sempre investido em pesquisa.

Dessa forma, a pesquisa é um método de aprendizagem de grande importância já que contribui para a melhoria contínua da Enfermagem e todos os seus setores.

As pesquisas podem ser realizadas em diversas áreas, como análise de centro cirúrgico, enfermagem clínica, saúde pública, gestão de serviços, tecnologia e informação e muitos outros.

Um pesquisador em Saúde Coletiva Júnior, por exemplo ganha entre R$ 4.746,46 e R$ 7.476,62.

Outras áreas da enfermagem relativas à Área III: bioética, metodologia do ensino superior e metodologia da pesquisa científica.

Leia também: Pós-graduações mais procuradas em enfermagem: saiba quais são

Você já conhecia todas essas áreas da enfermagem? Qual delas você achou mais interessante? Conta pra gente se você trabalha ou já desejou trabalhar em alguma delas.

E se quiser continuar acessando conteúdo de qualidade sobre mercado de trabalho, bolsas, cursos, ensino e carreira, continue acompanhando o blog Vai de Bolsa.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *