É sabido que os acontecimentos do Brasil e do mundo, dos últimos meses, costumam aparecer nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e também nos vestibulares. Por esse motivo, fique ligado! As atualidades de 2019 podem cair no Enem, e não somente nas questões de Linguagens e Ciências Humanas.

Isso porque o exame tem a característica da interdisciplinaridade. Sendo assim, questões de atualidades podem aparecer em qualquer parte da prova.

Portanto, fique atento ao noticiário. E para ajudar você a ficar por dentro dos principais assuntos da atualidade no Brasil e no mundo, o Blog Vai de Bolsa fez uma lista com os assuntos que podem cair no exame deste ano.

Cenário Internacional

Brexit

O assunto não é de hoje. Em junho de 2016, cerca de 52% dos britânicos votaram pela saída do Reino Unido da União Europeia (UE). Atualmente são 28 países fazendo parte do bloco do continente europeu. Mais de três anos depois, o processo de saída do Reino Unido, conhecido como Brexit, ainda não foi concluído e existem muitas dúvidas acerca da sua viabilidade. O último prazo era final de outubro, porém, ele já foi adiado algumas vezes.

O Brexit é com certeza um assunto de atualidades do ano de 2019 que pode cair no Enem. Para entender mais sobre os acontecimentos do Brexit, acesse aqui. 

Donald Trump e Kim Jong-un

Em 2016, a Coreia do Norte voltou a ameaçar os Estados Unidos com seu programa nuclear, em resposta as sanções impostas pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). Logo no ano seguinte, o país realizou o seu sexto teste nuclear, que foi o mais potente realizado até hoje. A força da bomba seria 16 vezes maior do que a bomba atômica que destruiu Hiroshima.
Em 2018, o líder coreano anuncia que o botão que ativa a bomba nuclear fica em sua mesa, o que seria novamente uma amaça aos Estados Unidos. Mesmo com toda a tensão, em 2019, pela primeira vez na história um presidente dos Estados Unidos pisou em solo norte coreano, e isso pode ser considerado um fato histórico e muito emblemático.
O presidente Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un já haviam se encontrado em outros dois momentos. Segundo Trump, ele se sentiu orgulhoso por ter cruzado esta linha, “É um grande dia para o mundo”, foi o que o presidente disse a Kim Jong-un ao cumprimentá-lo. Já o líder norte-coreano diz que espera que sua relação com Trump ajude a superar os obstáculos entre os dois países. 

Incêndio em Notre-Dame

Aconteceu em 2019 um incêndio que destruiu o telhado da Catedral de Notre-Dame, em Paris. A catedral é um símbolo da história da França e é a maior construção no estilo da arte gótica. O templo foi bastante danificado, porém foi possível salvas suas relíquias e vários tesouros artísticos.

Guerra na Síria

Sob o contexto da “Primavera árabe”, cujo objetivo era derrubar os governos não-democráticos, se iniciou em 2011 a Guerra na Síria. Desde então o governo trava uma luta constante com os rebeldes.

Em 2017, os Estados Unidos realizaram um ataque a Síria, que deixou 15 mortos. O ataque foi contrário ao que o presidente Donald Trump havia prometido em sua campanha.

Atualmente o conflito já provocou a fuga de mais de 30 mil pessoas da região de conflito.

Coletes Amarelos na França

Os Coletes Amarelos é um movimento espontâneo que nasceu na França e já culminou em diversas manifestações. O movimento não tem uma direção bem definida, e se iniciou pelo sua posição contrária ao elevado custo de vida e também pelo aumento do preço do combustível.

Crise da Venezuela

Se você mora no Brasil, provavelmente já ouviu alguém fazendo um comparativo do país com a Venezuela. O país vive uma grande crise econômica que se associa a um regime ditatorial, do atual presidente Nicolás Maduro.

Questão dos refugiados

O mundo está passando por uma crise migratória. Uma das questões de atualidade de 2019 que podem cair no Enem é a relação entre a Venezuela e Brasil e Venezuela e Colômbia, que é o destino da maior parte dos refugiados do país. A Venezuela é hoje o segundo maior país em número de refugiados, perdendo apenas para a Síria.

Além disso, ainda houve uma intensificação da crise migratória nos Estados Unidos e na Europa. Assuntos como a construção de muros, como por exemplo o que separa Israel da Cisjordânia, pode ser abordado no exame.

Cenário Nacional

Rompimento da barragem de Brumadinho

Apenas quatro anos depois do rompimento da barragem de Mariana, aconteceu novamente um desastre no Brasil. O alvo dessa vez foi a cidade de Brumadinho, que também fica em Minas Gerais.

O rompimento da barragem deixou 252 mortos e 18 desaparecidos. É considerado como um dos maiores desastres de rejeitos de minério no Brasil. O rompimento da barragem foi classificado como um desastre industrial, humanitário e ambiental. E ainda o segundo maior desastre industrial do século e o maior acidente de trabalho no Brasil.

Dentre as atualidades de 2019 que podem cair no Enem, com certeza o desastre o Brumadinho é uma opção de assunto.

Fim do horário do verão

O fim do horário de verão foi uma das medidas polêmicas implementadas pelo atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. O horário de verão tem como objetivo economizar energia elétrica, pois atrasa o início da noite, fazendo com que não seja necessário a utilização de luz artificial.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, o Brasil economizou cerca de R$ 4 bilhões desde 2010 por adotar o horário de verão. De 2010 a 2014 a economia gerada foi de R$ 835 milhões para os consumidores.

Bolsonaro defende que nos próximos anos será analisada a possibilidade da volta do horário de verão.

Decreto sobre posse de armas

Mais uma entre as atualidades de 2019 que podem cair no Enem é o decreto de posse de armas. Durante toda a campanha eleitoral de Jair Bolsonaro, era possível encontrá-lo falando sobre a posse de armas. Bolsonaro sempre alegou que o cidadão tem direito de exercer sua defesa pessoal.

Sendo assim, já na presidência, Bolsonaro preparou projetos de lei que ampliassem ou flexibilizassem o porte de armas. O presidente não conseguiu apoio necessário para aprovar os projetos. Mas conseguiu aumentar o direto ao porte de arma para algumas categorias profissionais. Dessa forma, caminhoneiros, advogados e jornalistas cobrindo notícias policiais e efetivos de segurança passam a ter direito ao porte.

Também foi ampliada a quantidade de munições que podem ser compradas e alguns modelos de armas, que antes só podiam ser usadas pelas Forças Armadas, passaram a ser acessíveis a quem tem autorização para possuir armas.

Fique sempre atualizado!

Agora você já conhece as principais atualidades de 2019 que podem cair no Enem. Saiba mais sobre o Enem acessando o Blog vai de Bolsa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui