Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!
Biomedicina o que faz

Biomedicina: o que faz e como é o dia a dia na carreira

A carreira em Biomedicina é relativamente nova no Brasil, mas tem atraído cada vez mais pessoas que gostam de biologia, química e tudo relacionado à saúde. O biomédico trabalha na área de doenças. Já o médico atua diretamente com os pacientes. É comum fazer confusão entre as duas profissões, mas vamos explicar sobre a biomedicina e o que faz quem escolhe seguir essa profissão.

Sabia que graças à Biomedicina várias doenças e epidemias foram controladas no mundo? Acima de tudo, evitando a morte de milhões de pessoas. Além disso, como biomédico você vai trabalhar na causa das doenças, descoberta de curas, formulação de medicamentos e vacinas.

Se você pensa em seguir carreira na área, esse conteúdo do Vai de Bolsa é para você! Fique por dentro da graduação de Biomedicina, mercado de trabalho, salário e muito mais.

Leia também: Biomedicina ou Farmácia? Qual a diferença entre os dois cursos?

Bolsa de Estudos
👉 A 1ª mensalidade da sua graduação a partir de R$ 59? Só a Anhanguera para oferecer um Vale Educação com esse desconto.

O que é Biomedicina?

Em primeiro lugar, a Biomedicina é uma área da saúde que estuda os microrganismos e a dinâmica de células e tecidos. Ou seja, o biomédico cria substâncias e procedimentos para prevenir e tratar doenças. No Brasil, a profissão de biomédico é recente. Para se ter ideia, o primeiro curso superior foi criado em 1966, sendo que o primeiro curso de Medicina surgiu muito tempo antes, em 1808!

Todavia, a profissão de biomédico foi regulamentada em 1983. O seu dia a dia profissional acontece, principalmente, em laboratórios. Acima de tudo, o seu objetivo principal é unir conhecimentos biológicos e médicos para buscar curas, ajudar em diagnósticos e tratamentos mais efetivos.

Biomedicina: o que faz o profissional?

Em primeiro lugar, uma das principais áreas de atuação do biomédico é a de análises clínicas. Ou seja, você fica responsável por fazer análise de sangue, urina e tecidos com o intuito de detectar possíveis doenças e fazer diagnósticos. Além disso, é possível trabalhar em hospitais, laboratórios, clínicas, indústrias, entre outras instituições públicas e privadas.

O Conselho Federal de Biomedicina reconhece hoje, no país, 33 especialidades. Por consequência, a Biomedicina e o que faz o profissional da área é bem amplo. Assim como as oportunidades no mercado de trabalho. Por exemplo, a indústria farmacêutica e a área de docência e pesquisas também oferecem excelentes oportunidades.

Você pode atuar ainda na área de estética, com a aplicação de botox, ou trabalhar como geneticista e com reprodução humana em clínicas de fertilização. Da mesma forma, a Biomedicina te possibilita também abrir o seu próprio negócio ou atuar como profissional liberal.

Confira mais algumas áreas de atuação para quem se forma em Biomedicina:

  • Análises ambientais;
  • Diagnóstico por imagem;
  • Indústria alimentícia;
  • Citologia oncótica no diagnóstico de câncer;
  • Banco de sangue;
  • Perícia Criminal;
  • Parasitologia;
  • Imunologia;
  • Acupuntura;
  • Toxicologia.

Remuneração da profissão

De acordo com o site Salario.com e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, a média salarial para um biomédico no Brasil fica em torno de R$ 2.742,31, para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. No entanto, a remuneração do profissional da área pode variar de R$ 2.500 a R$ 5.346,03, segundo dados apurados em 2021.

Por outro lado, quanto você vai ganhar como biomédico vai depender muito sua experiência profissional, da área escolhida para atuar, assim como a região do país.

Leia também: Cursos da área da saúde: 11 opções para ir além da Medicina

Qual a diferença entre Biomedicina e Medicina?

É importante deixar claro que a Biomedicina é diferente de Medicina. O médico atende o paciente. Já o biomédico trabalha na causa das doenças. Podemos dizer que o biomédico atua nos “bastidores”. Enquanto isso, os médicos estão na linha de frente, atendendo os pacientes.

Certamente, a Biomedicina desempenha um papel essencial na nossa sociedade. Isso porque é por meio dela que são realizados estudos científicos e tecnológicos de toda indústria farmacêutica, até a concepção de vacinas, medicamentos e de cosméticos.

Como é a graduação na área

Agora que você já aprendeu sobre a Biomedicina e o que faz, vamos falar do curso superior. É bom que você saiba que essa graduação é, naturalmente, direcionada para a área da saúde. Portanto, é legal você gostar de biologia e química, por exemplo.

O curso de Biomedicina é regulamentado pelo MEC (Ministério da Educação) e tem duração média de quatro anos, na modalidade bacharelado. Você também encontra o curso nas modalidades presencial e a distância. Entre as disciplinas do curso superior, podemos destacar algumas delas:

  • Anatomia;
  • Embriologia;
  • Genética;
  • Imunologia;
  • Biofísica;
  • Biologia Molecular;
  • Citologia;
  • Microbiologia;
  • Psicologia;
  • Radiobiologia;
  • Toxicologia;
  • Química geral;
  • Parasitologia;
  • Patologia Geral e Experimental.

Além disso, também existem opções de cursos técnicos em Biomedicina. Mas, claro, que com uma duração menor e, por consequência, remunerações inferiores aos dos formados no curso superior.

Leia mais: Qual a diferença entre nutricionista e nutrólogo? Entenda já!

Agora é com você decidir seguir a carreira de Biomedicina. Se curtiu o conteúdo, aproveita para compartilhar com os amigos. Não deixe de continuar nos acompanhando por aqui no blog Vai de Bolsa para saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades da área. Até a próxima!

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *