Após superar todo o nervosismo para conquistar boas notas no Enem e a classificação no vestibular, os alunos das universidades privadas encontram mais um desafio: pagar as suas mensalidades. Segundo o Mapa do Ensino Superior no Brasil 2017, a média geral do valor das mensalidades dos cursos de ensino superior no País ficou em R$ 898,00 em 2017.

Para muitas famílias, no entanto, esse valor pesa no orçamento. Assim, para que o sonho da graduação não seja adiado, a melhor estratégia do novo universitário é buscar opções de bolsas de estudo para graduação. E se você acha que não vai conseguir uma bolsa porque os programas só aceitam estudantes nota 10 ou em situação de carência socioeconômica, temos uma boa notícia: há iniciativas que não exigem nada disso.

 

Descubra as bolsas de estudo para graduação alternativas

 

Há várias formas de você buscar uma das bolsas de estudo para graduação disponíveis no mercado. Mas, antes de mais nada, é importante conhecer as opções da instituição de ensino em que você deseja estudar ou na qual você já garantiu a sua entrada.

As bolsas concedidas pelas próprias instituições de ensino são chamadas de institucionais. Além das próprias universidades, que beneficiam os estudantes com descontos ou isenção na mensalidade, outras entidades filantrópicas e governamentais também realizam ações para ajudar os alunos da graduação.

Geralmente, as faculdades e universidades disponibilizam em seus sites uma aba com as opções de bolsas de estudo para graduação específicas de cada instituição. Algumas oferecem descontos para atletas, funcionários ou dependentes, bolsas específicas para alguns cursos, bolsas familiares, bolsas de pesquisa, além dos descontos conquistados através de legislações estaduais e federais.

Além disso, uma importante estratégia é se informar com veteranos e também na secretaria das universidades. Assim você consegue descobrir com mais detalhes quais bolsas de estudo para graduação estão disponíveis e como ter direito a uma.

Se você já está atuando no mercado de trabalho, vale a pena se informar sobre as bolsas empresariais. Muitas empresas (principalmente as grandes) têm programas de incentivo à qualificação profissional. Você pode ter acesso a essa informação conversando com o departamento de Recursos Humanos da sua empresa.

 

Fique atento às exigências para conquistar e manter uma das bolsas de estudo para graduação disponíveis

 

Como comentamos inicialmente, nem todas as bolsas de estudo para graduação são destinadas a estudantes baixa renda ou com boas notas. Atualmente, existem diversas alternativas para quem procura um incentivo para fazer uma faculdade, mas todas exigem alguma contrapartida do aluno.

As bolsas de pesquisa, ou Iniciação Científica, por exemplo, pagam uma ajuda de custo aos alunos que dedicam parte de seu tempo à pesquisa acadêmica sob a orientação de um professor pesquisador. A vantagem dessas bolsas é que, além de proporcionarem a ajuda de custo, elas alavancam o currículo do graduando, que ganha experiência e ainda pode validar horas complementares em algumas universidades.

Ainda existem as bolsas de estudo para graduação governamentais, como as conferidas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). Esse programa, além de exigir uma nota mínima no Enem, concede desconto parcial ou integral a estudantes com baixa renda. Porém, a cada novo semestre, o estudante deverá apresentar um comprovante da renda familiar para que a bolsa seja mantida.

Bolsas estaduais geralmente exigem a participação do aluno em projetos sociais ou voluntários da instituição de ensino. Além disso, quase todas as bolsas de estudo para graduação exigem uma porcentagem mínima de frequência e não aceitam reprovação.

Diante dessas informações, o que recomendamos é que, antes de se candidatar a qualquer tipo de auxílio, é bom ficar atento aos requisitos da bolsa desejada e se organizar. As exigências serão cobradas por quem está concedendo a bolsa, então é importante se esforçar para ter um bom rendimento e aproveitamento das aulas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui