Como encontrar a carreira profissional que é a sua cara

0
1

Muita gente entra na faculdade com pouca noção do que quer fazer no futuro. A maioria se interessa apenas por algumas matérias do curso, mas não pensa além disso. Por isso, acabam se esquecendo de planejar algo muito mais amplo: a carreira profissional. Neste artigo, vamos falar sobre a importância de escolher uma carreira que faça sentido para você, além de dar dicas para descobrir qual se encaixa melhor no seu perfil.

Um dos primeiros passos, por exemplo, é escolher a faculdade que mais se encaixa com o seu perfil e objetivos. Há também casos que se enquadram em transição de carreira. Ou seja, quando o profissional decide trocar de área de atuação mesmo com alguma bagagem acumulada de experiência.

Continue lendo e entenda tudo isso!

Qual a diferença entre profissão e carreira profissional?

Quando temos 16 ou 17 anos, somos muito pressionados para escolher uma profissão. Afinal, a maioria dos adolescentes está nos últimos anos do Ensino Médio nessa época e logo vai entrar na universidade. O problema é que a diferença entre profissão e carreira profissional não fica muito clara neste momento. E a maioria opta apenas pelo curso que acha mais interessante. 

O ideal é pensar de maneira mais ampla, projetando já a carreira que você pode ter. Assim, fica mais fácil ter noção se isso é realmente o que você quer fazer. Não conseguiu entender a diferença? Então veja um exemplo: em vez de decidir se tornar jornalista, por exemplo, você pode chegar à conclusão que quer ser narrador de jogos de futebol.

O caminho, neste caso, é cursar jornalismo e trabalhar na área esportiva. A faculdade e a profissão, portanto, deixam de ser um fim mas uma parte do caminho para uma vida mais realizada. 

Por que escolher uma carreira profissional?

É claro que, no meio do caminho, muita coisa pode mudar. Você vai descobrir novas áreas e se interessar por temas que nunca imaginou. Mesmo assim, ter um objetivo torna o processo mais prazeroso e dá sentido à vida quando tudo está complicado.

Isso significa que escolher uma carreira profissional é muito importante para os jovens que ainda vão encontrar muitos desafios. Ou então para quem está se sentindo perdido no emprego que escolheu. 

Nesses momentos, a tendência é que você fique desanimado e desmotivado. Então ter uma trajetória em mente pode ser fundamental.

Além disso, escolher uma carreira ajuda o futuro profissional a adquirir outros conhecimentos além da graduação e se preparar para encarar mercados cada vez mais concorridos. 

Continuando no exemplo anterior, se alguém quer se tornar narrador, então vai focar em estudar mais sobre futebol, aprender sobre as regras do esporte e sobre as técnicas necessárias para narrar uma partida. Assim, vai ter diferenciais importantes na hora de partir para o mercado de trabalho.  

Como decidir pela carreira ideal

Diante de tudo isso, você pode estar pensando: “se escolher uma profissão já é difícil, imagine uma carreira”. Mas não se preocupe. Para a maioria das pessoas, na verdade, o processo é inverso. Afinal, a carreira pode ter muito mais a ver com coisas que você gosta e habilidades que você já tem. 

Por exemplo: quando você pensa em um jornalista, pode imaginar muitos profissionais diferentes. Mas quando falamos em um narrador de futebol que trabalha na televisão, você logo consegue visualizar as tarefas do cotidiano deste emprego, certo?

Isso acontece porque estamos focando na carreira e não na profissão de maneira genérica.

Imagine o futuro

Então, na hora de escolher a carreira profissional que é a sua cara, tente pensar em como você se vê em alguns anos. Faça um exercício de imaginação de 5, 10 e até 20 anos. 

Como falamos antes, isso não significa que você vai fazer a mesma coisa por todo esse tempo. Mas pensar dessa forma, ajuda a identificar seus sonhos e, a partir deles, ver qual carreira se encaixa. 

Faça testes vocacionais

Para quem está completamente perdido, o teste vocacional pode ser o primeiro passo na direção da escolha de uma carreira profissional. Essas avaliações vão levar em conta suas aptidões, seus hobbies e suas habilidades para tentar descobrir com quais áreas você tem mais afinidade.

Mas lembre-se, a maioria deles dá como resultado apenas algumas profissões ou cursos de graduação e não sugestões de carreira. 

Cabe a você pesquisar mais depois e saber quais são as trajetórias possíveis dentro dos cursos indicados, para vislumbrar melhor as suas possibilidades e tomar uma decisão mais confiante.

Pesquise sobre as habilidades necessárias

Ao procurar por uma carreira, muita gente se deixa guiar apenas pelo currículo do curso. Mas a verdade é que as matérias da graduação não podem ser o principal fator a fazer você desistir de uma possível vocação. 

Obviamente, essa é uma das questões importantes a se avaliar. Mas não pode ser a única. 

Você não deveria estudar Engenharia Química apenas porque gosta de química na escola, por exemplo. Pois as matérias da faculdade são totalmente diferentes do Ensino Médio. Além disso, as habilidades exigidas de um engenheiro são bastante particulares e é nisso que você precisa prestar atenção. 

Para isso, leia bastante sobre as carreiras possíveis e veja quais atuações dentro daquele segmento são mais relevantes para você. Depois, analise o que é preciso para seguir naquele caminho e veja se suas capacidades se adequam às necessárias. 

Conheça profissionais da área

Se for possível, busque contato com outros profissionais que já atuam na carreira que você deseja seguir. Pergunte para eles detalhes sobre as atividades do dia a dia e questione a si mesmo (“eu gostaria de fazer isso?”).

Também busque saber como foi a trajetória profissional deles e quais foram as dificuldades que enfrentaram. Por fim, tente entender o que é preciso para se capacitar na área. 

Faça cursos rápidos

Dependendo da carreira que você pretende seguir, pode começar a se preparar com alguns cursos livres relacionados à área na qual quer atuar. Assim, fica mais fácil ter uma noção do que você vai ter que estudar para trabalhar naquele segmento e quais dificuldades vai enfrentar.

Hoje em dia, muitas universidades oferecem cursos de extensão gratuitos em seus campi. Mas se essa opção for inviável, vale procurar também cursos EAD com certificado online. Assim, você tira a dúvida e ainda ganha algo para colocar no currículo!

Não tenha medo de mudar

Muita gente tem medo de escolher a carreira profissional porque acredita que só tem uma chance de acertar. Porém, como nós já falamos, você ainda pode descobrir muitas outras coisas que gosta de fazer durante a vida. E está tudo bem nisso. 

O mundo do trabalho está mudando e, cada vez mais, as pessoas tendem a ter diversas profissões ao longo da vida. Todas elas vão agregar diferentes conhecimentos à sua carreira e incrementar seu currículo para torná-lo um profissional único. Portanto, não há problema em mudar de ideia no meio do caminho. 

Inclusive, se você está passando por esse momento de dúvida agora mesmo, confira nosso artigo sobre recolocação profissional e saiba como fazer essa transição!

Acompanhe mais informações sobre cursos, capacitações, mercado de trabalho e dicas no blog Vai de Bolsa.