Ciências Naturais: saiba tudo sobre o curso e o mercado de trabalho

Ciências Naturais: saiba tudo sobre o curso e o mercado de trabalho

Se você tem um perfil analista e disposição para ensinar outras pessoas, já está no caminho certo. Agora, se você também gosta de entender e pesquisar sobre o meio ambiente, o curso de Ciências Naturais pode ser uma boa carreira profissional. É uma área que predomina a atuação como professor. No entanto, há oportunidades também em Organizações Não-Governamentais (Ongs) e laboratórios de pesquisa. Vamos detalhar mais sobre as Ciências Naturais nesse post.

Para começar, são pelo menos quatro anos de estudos em uma faculdade que vai oferecer para você o diploma de Ciências Naturais com habilitação em Licenciatura.

Confira!

Sobre as Ciências Naturais

Antes de avançar e entender melhor como é o curso de Ciências Naturais e também o mercado de trabalho, é importante você entender melhor essa área. Ela é bastante complexa e muito ampla. É preciso entender que ao escolher essa área de atuação você será preparado para ter uma visão global sobre a área de ciências e do meio ambiente.

Leia mais: Conheça 10 cursos ligados ao meio ambiente

Sendo assim, você se torna um especialista no assunto. Por isso, também pode sempre dar aulas sobre o tema. Estamos falando aqui que se você estudar sobre Ciências Naturais vai entender muito mais sobre todas as leis e regras em que o nosso mundo. É algo bastante importante considerando os avanços da sociedade.

Agora, se você também está preocupado sobre a empregabilidade logo depois de concluir a sua graduação em Ciências Naturais, sem problemas. Saiba que aconteceu uma reformulação da Base Nacional Comum Curricular (NBCC) que impactou diretamente a profissão. Sendo assim, o ensino no Brasil foi dividido por grandes áreas do conhecimento, entre elas a de Ciências da Natureza.

Isso significa que existem mais vagas para as pessoas que atuam nessa área. No entanto, não se engane com o salário. Afinal, ele costuma ser um pouco baixo para um profissional do ensino superior, mas sobre isso, vamos falar mais para frente desse texto.

Curso de Ciências Naturais

Para compreender todos os temas que falamos até aqui, você precisa passar por uma faculdade que ofereça o curso. Nesse caso, é preciso escolher uma instituição de ensino que ofereça a formação em Ciências Naturais.

É bem importante você estar preparado para matérias de exatas. Isso mesmo, o curso de Ciências Naturais também insere na rotina disciplinas como Matemática, Física, Biologia e Química. Além de matérias mais específicas sobre a profissão e as atividades do dia a dia. Nesse caso, estamos falando sobre os conceitos de Meio Ambiente, Geociências e Biodiversidade.

Para ficar um pouco mais claro, separamos aqui as principais disciplinas que você vai encontrar no curso de Ciências Naturais, veja:

  • Agentes Exógenos do Relevo
  • Educação Ambiental
  • Fenômenos Naturais
  • Filosofia das Ciências Naturais
  • Prática de Ensino de Ciências
  • Probabilidade e Estatística
  • Relação Ciências, Tecnologia e Sociedade (CTS), entre outras disciplinas

Vale saber ainda que no caso do curso de Ciências Naturais você poderá, ao final da graduação, escolher uma área de especialização. Sendo assim, essa faculdade oferece para você a oportunidade de direcionar o seu conhecimento e, consequentemente, a sua atuação no mercado de trabalho.

Lembrando que as principais vagas estão nas escolas, já que o seu diploma será de licenciatura.

Mercado de trabalho para o profissional das Ciências Naturais

Agora que você entendeu muito bem como é a área das Ciências Naturais e também o que você vai ver no curso, vamos para as oportunidades profissionais. Como já mencionamos, sua principal tarefa será a de ministrar aulas para os ensinos fundamental e médio nas disciplinas de Ciências e Meio Ambiente.

Essa será a principal demanda que você vai encontrar no mercado. Sendo assim, se você gosta de ensinar outras pessoas, se deu bem. Caso contrário, é bem importante você rever a sua formação.

Aliás, como já mencionamos, você também tem a oportunidade, durante a formação em Ciências Naturais, de escolher uma área de especialização. Isso significa que você poderá dar aula como um professor de Matemática, Física, Química ou Biologia, por exemplo. Serão mais oportunidades profissionais para você garantir a empregabilidade.

Ainda dá para você trabalhar em ONGs, museus e centros de ciência. Em todos esses casos, você poderá atuar na parte administrativa e também conceitual, já que você conhecerá a fundo a área das Ciências Naturais.

Outra opção é a de trabalhar em editoras escrevendo e revisando livros e materiais didáticos. Só que para isso, você precisa gostar bastante da escrita e dos estudos. Afinal, precisará se capacitar para dar conta das demandas.

Também é possível confeccionar alguns planos de conscientização ambiental e muito mais. Para ficar um pouco mais claro, separamos aqui algumas atividades:

Administração

É possível trabalhar na supervisão de algumas escolas. Isso inclui o projeto pedagógico, mas também a parte de logística como alimentação e transporte, por exemplo.

Consultoria

Já que você terá um diploma de licenciatura, pode produzir materiais didáticos para o ensino de ciências em escolas e editoras.

ONGs

Você pode ser o responsável por planejar e implantar projetos de conscientização ambiental. Além disso, se gostar de ensinar pessoas, pode dar aulas nas comunidades de atuação a ONG.

Salário

Vamos para a etapa que mais chama a atenção das pessoas que se interessam pela área das Ciências Naturais: o salário.

Ele não é dos melhores, principalmente considerando profissionais com formação superior. Só para ter uma ideia, um professor de Ciências Exatas e Naturais do ensino fundamental ganha em média R$ 2.268,51 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 24 horas semanais, de acordo com pesquisa do salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED.

Só que esse valor pode variar entre R$ 2.070,44 (média do piso salarial 2019 de acordos, convenções coletivas e dissídios), R$ 1.803,50 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 3.428,23, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT de todo o Brasil.

Veja que nessas cotações nós sempre levamos em consideração o profissional de Ciências Naturais que tem a carteira assinada. Além disso, estamos considerando a atuação como professor. No entanto, se você prefere buscar mais oportunidades, dá para começar a sua pesquisa por São Paulo. Essa é a região que mais contrata profissional.

Oportunidades no serviço público

Além disso, tem a possibilidade de você atuar como funcionário público. Nesse caso, é preciso passar por uma prova. Só que o salário costuma ser até 2% menor do que a média salarial do setor privado. Sendo assim, tirando a estabilidade profissional, não costuma ser uma boa opção.

Para você ter uma ideia, o salário de Professor de Ciências Exatas e Naturais do Ensino Fundamental concursado é de R$ 2.213,68 para uma jornada de 27 horas semanais.

Bonificações

Saiba que existem algumas bonificações que podem auxiliar no incremento desse salário. Tem o de insalubridade, que costuma render R$ 3,82 por hora trabalhada. E também tem o adicional de periculosidade para o cargo de professor de Ciências Exatas e Naturais do Ensino Fundamental com base no salário médio seria de R$ 680,55 mensais (30%).

Já o adicional por insalubridade é dividido por graus. A 1ª de 10% teria um valor de cerca de R$ 226,85, a 2ª de 20% seria de cerca de R$ 453,70 e a 3ª de 40% chegaria a um valor mensal de R$ 907,40.

Gostou da área de Ciências Naturais?

Além dessas dicas sobre as Ciências Naturais temos muitas outras informações esperando para você no blog Vai de Bolsa. São conteúdos exclusivos e com várias possibilidades. Você pode buscar mais informações sobre o mercado de trabalho e também muitas dicas para conseguir o primeiro emprego.

Temos orientações para montagem de currículo, preparação para um entrevista de emprego e até alguns conteúdos que você acha na internet para ajudar nessa missão. Se preferir, também dá para investir ainda mais na sua formação. Temos dicas sobre faculdades, cursos técnicos e especializações.