É muito provável que você conheça pelo menos um advogado. Sabe o motivo? O Brasil é o terceiro país do mundo em número de profissionais formados em Direito. Por isso, a concorrência é grande, mas a área tem suas vantagens. A profissão se reinventou nos últimos anos e ganhou novas áreas de atuação. Para você entender como é o curso de Direito, precisa saber que o seu dever, enquanto profissional, será zelar pela manutenção e integridade de bens e direitos, preservando interesses individuais e coletivos. Parece fácil?

Para isso, serão pelo menos cinco anos de graduação, uma lista extensa de disciplinas, muitos livros para ler, alguns códigos e leis para decorar e, ao final, uma prova tão importante que pode limitar sua área de atuação caso não consiga uma nota classificatória. Estamos falando da tão temida prova da OAB. Neste texto você vai entender um pouco melhor porque muitas pessoas escolhem essa profissão, como é o curso de Direito, o mercado de trabalho e as novas possibilidades de crescer na carreira.

Como é o curso de Direito

Escolher uma faculdade de Direito não será tarefa fácil. O Brasil tem mais cursos do que China, Estados Unidos e todas as nações da Europa, só para você ter uma ideia do desafio. Durante os 10 semestres de estudos, você aprenderá a fazer a sistematização de processos para alcance das normas constitucionais. Veja algumas das disciplinas:

  • História do Direito Brasileiro;
  • Introdução ao Estudo do Direito;
  • Língua Portuguesa;
  • Psicologia aplicada ao Direito;
  • Criminologia ;
  • Direito Agrário;
  • Direito Civil;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Contratual Bancário;
  • Direito da Informática;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito do Petróleo, Gás e Energia   ;
  • Direito e Bioética;
  • Direito Imobiliário;
  • Direito Indígena;
  • Direito Penal Econômico;
  • Direito Penal;
  • Direito Previdenciário;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Processual do Trabalho;
  • Direitos Autorais e Propriedade Industrial;

Com uma lista bem resumida já deu para perceber que existem muitas matérias e com áreas bem específicas. Se você queria saber como é o curso de Direito, entenda que a rotina, ao menos da universidade de Direito, não será uma constante. Além disso, para se especializar na área, ganhar mais credibilidade no mercado de trabalho e conseguir oferecer serviços específicos, o ideal é fazer uma especialização. Afinal, como você viu, a graduação vai abrir muitas possibilidades de atuação. Sendo assim, estar mais preparado e dominar melhor os conteúdos vão ser boas ferramentas para conquistar mais espaço e sucesso na carreira.

Saiba como é o curso de Direito em áreas especializadas

Para sair na frente dos concorrentes, a dica é fazer uma especialização. Áreas mais recentes do curso de Direito, como o Direito Ambiental e o Direito da Tecnologia da Informação estão em alta. Veja:

Direito Ambiental

Nessa especialização você vai aprender novos conceitos teóricos e a sedimentação de conhecimentos pré-concebidos, permitindo uma visão multidisciplinar relativa ao meio ambiente.

Algumas disciplinas

  • Gestão e controle ambiental;
  • Gestão de resíduos sólidos;
  • Aspectos administrativos;
  • Contextualização histórico-evolutiva da proteção ao meio ambiente;
  • Linhas fundamentais de divisão do direito ambiental;
  • Conceito constitucional de meio ambiente;
  • Ações constitucionais;
  • Processo ambiental, instrumentos de judicialização

Direito da Tecnologia da Informação

Nessa área do Direito você vai conseguir analisar problemas jurídicos vinculados à tecnologia da informação, abordando tanto os institutos jurídicos tradicionais, como também os institutos jurídicos novos.

Disciplinas

  • Evolução tecnológica e proteção dos bancos de dados;
  • Casos práticos simulados;
  • Casos práticos reais;
  • Desenvolvimento de software;
  • Caso simulado epimetheus versus metheus;
  • Licenças de software livre;
  • Direito e desenvolvimento tecnológico

Mercado de trabalho

Agora que você já entendeu como é o curso de Direito, é importante saber porque essa área é tão procurada. Essa resposta pode estar no mercado de trabalho, que é cada vez mais promissor e costuma pagar bons salários, se comparado com outras áreas.

No entanto, para não ter problemas na carreira e disputar vagas em qualquer segmento do mercado de trabalho, saiba que você precisará fazer o Exame da Ordem (OAB). Ele é indispensável para atuação em quase todas as vagas de emprego. Então, se você achou que já sabia tudo de como é o curso de Direito, entenda que precisará estudar um pouco mais para conseguir uma boa nota nesse exame.

Depois disso, você poderá trabalhar no setor público, privado, como prestador de serviços ou como professor. Um advogado ganha em média R$ 4.668,40 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. No entanto, o teto salarial pode ser de R$ 7.055,03, levando em conta profissionais contratados com carteira assinada em regime CLT.

Conheça algumas das áreas de atuação

Advocacia Penal: você vai poder defender todos os tipos de casos, alegar legítima defesa, direito à ampla defesa, preparar e apresentar a defesa ou acusação em ações referentes a crimes ou contravenções contra pessoas físicas ou jurídicas.

Tributário: tudo relacionado ao dinheiro, como impostos e taxas que uma pessoa ou empresa deve pagar.

Trabalhista: intermediação entre funcionários e chefes, além de atuação em sindicatos e previdência social.

Direito digital: analisar as questões jurídicas ligadas ao uso da informática e às relações entre usuários, agentes e fornecedores, como provedores de internet, empresas de softwares, bancos e lojas virtuais.

Delegacia de Polícia: atua como delegado e chefia investigações, elabora inquéritos policiais, além de emitir documentos públicos.

Ministério Público: cuida de causas como direitos da criança e do adolescente, da família, causas sociais, ambientais e direitos do consumidor num cenário nacional.

Áreas em crescimento no Direito

Se você já está pensando em se diferenciar da multidão, pode escolher entre as áreas que começaram a ganhar mais visibilidade há pouco tempo. No entanto, saiba que ainda não é possível prever todas as vertentes de como é o curso de Direito dessas novas áreas. Então, pesquise bastante antes de fazer uma inscrição.

Um levantamento das empresas de recrutamento Michael Page, Page Personnel, Robert Half e Catho traz as profissões com maior possibilidade de demanda a partir de análises de mercado e tendências de contratações das empresas para o próximo ano.

Entre elas, estão:

Advogado contencioso legal

É um profissional que cuida de toda a esfera judiciária ou arbitral com o intuito de solucionar um conflito. Para isso, precisa ter longa experiência e capacidade estratégica e de gestão. Trata-se de um profissional que atua mais comumente em escritórios de advocacia, mas que também pode ter importante função em empresas. O salário costuma ser atrativo, de até R$ 25 mil.

Segundo a pesquisa, o motivo para alta dessa área é que, como consequência de um momento de crise, a tendência de aumentar a quantidade de litígios é evidente. Neste contexto, há maior demanda pelo judiciário, o que resulta em muito trabalho para profissionais da esfera contenciosa.

Advogado de compliance

É quem institui normas de governança, define limites lícitos para conduta de profissionais e para procedimentos da empresa, aplica normas instituídas por matriz, fiscaliza operações políticas, fiscais ou morais de assuntos relacionados à empresa, além de dar cursos e treinamentos para ensinar e disseminar o tema internamente.

O salário pode ser de até R$ 70 mil. O motivo para alta, segundo a pesquisa, é em razão das investigações políticas e fiscais ocorridas nos últimos anos no Brasil. Assim, as empresas estão se preparando para um novo cenário de governança mais rígida.

Quer saber mais sobre outras carreiras, mercado de trabalho e vestibular? Então, acesse o blog  Vai de Bolsa e aproveite para verificar quais são as novas possibilidades do mercado de trabalho. Garanta uma carreira de sucesso!