Se você gosta do mundo da beleza e está em dúvida em qual profissão escolher, o curso de estética pode ser uma boa opção. O esteticista trabalha para deixar as pessoas se sentindo melhores consigo mesmas e mais bonitas. Mas como ele faz isso? Que matérias ele estuda no curso de formação? Saiba que tem muita técnica e conhecimento teórico em torno dessa profissão. E entender como é o curso de estética é o primeiro caminho para ingressar na área.

As buscas por saúde e beleza estão presentes em todas as sociedades, independente das condições econômicas do país. Muitas são as pessoas que investem na aparência como forma de aumentar sua auto-estima. Contribuindo para esse mercado temos a profissão do esteticista.

Neste post, vamos falar como é o curso de estética, as disciplinas que se estuda e as oportunidades no mercado de trabalho.

Como é o curso de estética

Quem opta pelo curso de estética pode tanto fazer uma graduação comum e se formar com título em bacharelado, quando fazer um curso tecnólogo. O primeiro tem duração média de 4 anos e o segundo de 3 anos. As duas podem ser feitas tanto presencialmente, semi-presencialmente, quanto à distância. No bacharelado há enfoque mais aprofundado em algumas disciplinas.

Em algumas faculdades do curso de tecnologia há duas opções com viés diferentes. Estas são: Estética e Cosmética, como foco maior nos tratamentos, e Cosmética e Imagem Pessoal, voltado para o Marketing.

Grade curricular do curso de estética

A estrutura curricular do curso de estética envolve matérias sobre nutrição, fisiologia, anatomia e farmacologia. Pegamos como referência o curso tecnólogo de Estética e Cosmética da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em Santa Catarina. Este curso tem duração de 6 semestres, com aulas presenciais no período noturno.

Confira as disciplinas:

  • 1º período: Bases Biológicas; Biossegurança; Anatofisiologia; Cosmetologia Básica; Comunicação, comportamento e interculturalidade e Visagismo em Estética e Cosmética.
  • 2º Período: Estética e Nutrição; Drenagem Linfática; Criatividade e Inovação; Eletroterapia; Cosmetologia Aplicada e Maquiagem.
  • 3º Período: Estética Facial; Eletroterapia Avançada; Empreendedorismo; Fotografia em Estética; Distúrbios Estéticos e Cosmetologia Aplicada.
  • 4º Período: Estética dos Anexos Cutâneos; Técnicas de Massagem; Estética Corporal; Colorimetria Capilar; Estética Facial; Tricologia e Eletiva (disciplina que o estudante pode escolher cursar nos diferentes cursos para personalizar seu currículo).
  • 5º Período: Estética Corporal: Projeto Comunitário de Extensão Universitária; Práticas Integrativas e Complementares; Estética Facial; Corte e Tratamentos Capilares e Deontologia.
  • 6º Período: Sentidos da Vida; Prática Profissional Supervisionada; Trabalho de Iniciação Científica; Procedimentos Pré e Pós-operatório; Gestão de Negócios da Estética e Beleza e Eletiva.
  • Como disciplinas optativas, o estudante tem: língua brasileira de sinais (LIBRAS), History and Cultural Patrimony; Intercultural Communication; Photography; Art Direction; Audio Production; Branding e Digital Marketing.

Áreas de atuação de quem faz o curso de estética

Quem faz o curso de estética tem muitas opções de área de atuação. Algumas delas são:

Massagem ou estética corporal

A massagem corporal pode ser tanto estética quanto relaxante. A massagem é uma terapia muito procurada pelo mais variado tipo de cliente. Seja pela pessoa que precisa relaxar, por quem quer modelar o corpo, grávidas ou pessoas com retenção de líquido. Todos esses buscam na massagem um bem-estar e redução dos estresses do dia-a-dia. O profissional de estética tem um grande campo de atuação nessa área.

Estética facial

É um tipo de tratamento que promove o cuidado com a pele do rosto. O esteticista pode realizar limpezas de pele, peeling, aplicação de técnicas e equipamentos que podem auxiliar em vários tratamentos. Entre eles a acne, suavizar linhas de expressão, eliminar manchas ou prevenção do envelhecimento da pele.

Podologia

Podologia é ciência é dedicada a diagnosticar, prevenir, estudar, investigar e tratar as patologias dos pés. O esteticista pode atuar nessas atividades, além de tratar da parte estética, removendo calosidades, rachaduras e cuidando das unhas.

Depilação

Além da conhecida depilação com cera quente, hoje em dia existem outros métodos de depilação que duram mais tempo como a luz pulsada e o laser. O esteticista pode atuar em qualquer uma delas.

Eletroestética

Essa área da estética utiliza tecnologia avançada. São equipamentos que prometem os mais variados resultados: redução de gordura corporal ou celulite; diminuição de linhas de expressão ou manchas; entre outros recursos. Alguns dos aparelhos usados são: Manthus, Radiofrequência, luz intensa pulsada, eletroporação, ultrassom, laser, peeling de cristal e microcorrentes.

SPAterapia

Alia muitas das atividades anteriores no corpo e rosto das pacientes. Algumas dessas são: ofurô, escalda-pés, sauna, piscina, fangoterapia, talassoterapia, gesso e terapia com pedras quentes.

Maquiagem

Além da maquiagem do dia-a-dia, o esteticista pode trabalhar com maquiagens mais elaboradas, como as maquiagens de eventos, casamentos, formaturas, além de cinema e televisão.

Visagismo

Visagismo é conjunto de técnicas usadas para valorizar a beleza de um rosto pela concepção harmônica entre a maquiagem e o penteado. O estetista pode atuar nessa área criando para o cliente uma imagem que se adeque a sua personalidade, levando em conta a profissão e o estilo de vida.

Estética Pré e Pós-Cirúrgica

Na estética pré-cirúrgica, o esteticista trabalha junto ao paciente que fará uma uma cirurgia plástica, informando a ele se sua pele e organismo estão preparados para o procedimento. Já no pós, ele trabalha na reabilitação do processo cirúrgico. Pode trabalhar na melhora da oxigenação e circulação, hidratação e nutrição da pele, cicatrização e diminuição da dor.

Terapia Capilar

É um serviço oferecido geralmente em centros de estética e salões de beleza. O terapeuta capilar estuda o couro cabeludo das pessoas e realiza tratamentos, evitando ou tratando doenças.

Consultoria

O profissional de estética pode utilizar os conhecimentos adquiridos no curso, prestando serviços de consultoria. Essas consultorias podem ser para marcas de cosméticos, salões de beleza ou lojas que comercializam produtos de beleza. Também pode prestar consultoria diretamente ao cliente, definindo o melhor tratamento que ele pode fazer.

Mercado de trabalho para quem faz curso de estética

O mercado de trabalho pra quem cursa estética está em constante crescimento principalmente pelos constantes avanços da tecnologia que diversificam os tipos de tratamentos estéticos.

O profissional em estética tem possibilidade de trabalho em inúmeros locais. Alguns deles: salões de beleza; centros de estética; clínicas; academias; SPAs; resorts; indústrias; centros médicos e hotéis. A área acadêmica também é uma possibilidade, trabalhando com pesquisas ou docência.

Quanto ganha quem atua na área da estética

Não existe um piso salarial único para o profissional da área de estética. Ele é definido de acordo com a região e campo de atuação. A tabela do Sindicato dos Empregadores em Empresas e Autônomos em Estética e Cosmetologia do Estado de São Paulo (Sindestética), por exemplo, apresenta os seguintes valores:

  • Micropigmentador, Tatuador: R$ 1.160
  • Auxiliar de estética: R$ 1.165
  • Cabeleireiros, depiladores, maquiadores, manicures: R$ 1.288
  • Esteticistas e massoterapeutas: R$ 1.290
  • Esteticista Cosmetólogo e/ou dermaticista especialista: R$ 1.580
  • Podólogo: R$ 1.417
  • Demais empregados: R$ 1.151

Segundo o Guia de Profissões e Salários da Catho, no Brasil, a média salarial de um esteticista é de R$ 1.116. Já de acordo com o Site Nacional de Empregos (Sine), a remuneração média de esteticistas vai de R$ 1.579 a R$ 3.979, dependendo da experiência profissional e porte da empresa que está contratando.

Já quem trabalha de forma autônoma ou como freelancer tem maiores chances de conseguir um salário mais atrativo. Os ganhos podem chegar a R$ 3.500 e, por vezes, superar os R$ 10.000.

Qual o perfil de quem faz curso de estética

Se você é gosta do mundo da beleza e do bem-estar tem grandes chances de gostar do curso de estética. Seu trabalho será deixar as pessoas mais bonitas, se sentindo bem consigo mesmas e isso pode ser bem gratificante.

É importante que você seja uma pessoa educada, sensível, cuidadosa e responsável. Que goste de estar com pessoas e de tratá-las bem. Além dos clientes, você também terá que lidar com o mais variado tipo de pessoas no ambiente que você trabalha.

Se identificou com o curso? Também se sente bem deixando as outras pessoas bonitas? Saiba mais sobre esse e outros assuntos acompanhando nosso blog.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui