Você sabe como é o curso de Psicologia?

Você sabe como é o curso de Psicologia?

Você é o tipo de pessoa apaixonada pelo comportamento humano e tem interesse em ajudar as pessoas? Saiba que essas e outras paixões relacionadas ao ser humano são campos de estudo e de atuação da faculdade de Psicologia. Por meio da observação, um psicólogo é capaz de analisar sentimentos e atitudes para auxiliar o paciente a identificar a causa de problemas. A faculdade de Psicologia é considerada uma das mais procuradas em universidades. Mas antes de você decidir pelo curso, que tal entender melhor como é o curso de Psicologia e identificar se você tem o perfil ideal?

Levantamento da Catho mostra que a Psicologia foi a carreira com maior alta salarial de 2013. Além disso, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) afirmou que a cobertura dos planos de saúde para sessões psicológicas aumentou e tornou o mercado atrativo para estes profissionais.

Acompanhe as dicas e saiba tudo sobre como construir a sua carreira de psicólogo.

A Psicologia

A Psicologia é o ramo que estuda pessoas ou grupo de pessoas para compreender comportamentos e funções mentais. Sendo assim, o propósito do curso e do profissional que atua nesta área é fazer as pessoas encontrarem seu equilíbrio emocional para o bem da sociedade.

Um psicólogo poderá atuar não apenas como cientista social, mas também como psicólogo comportamental ou cognitivo. Isso porque é responsabilidade deste profissional entender os processos fisiológicos e biológicos que estão implícitos no comportamento e funções cognitivas das pessoas.

Em uma consulta com um psicólogo ele deve explorar a percepção do paciente sobre os fatos e como ele se relaciona. Além disso, trabalha em cima de motivações, da personalidade e do funcionamento do cérebro. Alguns profissionais podem se especializar em outras áreas, como por exemplo, no estudo dos sonhos e do inconsciente.

Embora o psicólogo tenha como base a avaliação e tratamento de psicopatologias (estados psíquicos relacionados ao sofrimento mental), também trabalha dentro de camadas do comportamento. É comum vermos profissionais de psicologia trabalharem com terapia para aconselhamento psicológico e também há quem siga o caminho da pesquisa científica no ambiente acadêmico para entender e compreender melhor os processos mentais.

Como é o curso de Psicologia

Assim como muitos outros cursos a graduação em Psicologia tem a modalidade de licenciatura e bacharelado e pode ter duração média de cinco anos. Em algumas universidades as modalidades são diferenciadas na hora de se inscrever no vestibular.

Mas também é possível encontrar cursos em que os primeiros semestres são voltados para as duas modalidades e só depois de concluir essa etapa você escolhe qual carreira seguir.

O curso de Psicologia tem modalidade presencial e à distância, no entanto os cursos EAD dessa modalidade ainda não são reconhecidos pelo MEC.

O estudante que escolher licenciatura poderá atuar como professor ou orientador educacional. Como estamos acostumados a encontrar em escolas de ensino médio e fundamental, o orientador educacional desenvolve metodologias pedagógicas.

Na modalidade bacharelado o aluno será qualificado ao longo do curso para ser psicólogo e trabalhar com atendimento. Prevenir e tratar doenças mentais, distúrbios emocionais e de personalidade são exemplos da principal atuação do profissional.

Conclusão do curso

Durante o curso de psicologia o estudante aprende sobre etapas da nossa vida como infância, adolescência e velhice. Tudo isso para entender como nos relacionamos e como lidamos com nossos sentimentos. As disciplinas do curso abordam diferentes áreas como: psicologia clínica, social educacional e organizacional.

Sendo assim, o psicólogo é capaz de diagnosticar em seus pacientes características de doenças ou distúrbios mentais. Para prevenir e tratar estas patologias, vai usar técnicas e processos psicológicos.

A maioria das universidades exige a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Além disso, o estágio supervisionado é obrigatório para a conclusão do curso, e deve ser na área da psicologia, especificamente.

Grade Curricular

A grade curricular do curso de Psicologia vai depender da modalidade, licenciatura ou bacharelado e pode mudar a cada instituição. Mas as principais disciplinas da faculdade de Psicologia costumar ser:

  • Análise do Comportamento;
  • Avaliação Psicológica;
  • Bases Biológicas do Comportamento;
  • Ciências Humanas e Sociais;
  • Código de Ética do Psicólogo;
  • Dinâmica dos Grupos e Relações Humanas;
  • Direitos Humanos;
  • Estatística Descritiva;
  • Filosofia;
  • Fundamentos de Neuroanatomia;
  • História da Psicologia;
  • Neurociência Básica;
  • Orientação Profissional;
  • Pesquisa em Psicologia;
  • Políticas Públicas de Saúde;
  • Processos Psicológicos Básicos;
  • Psicodiagnóstico;
  • Psicologia Clínica;
  • Psicologia da Aprendizagem e Memória;
  • Psicologia da Motivação e Emoção;
  • Psicologia da Percepção;
  • Psicologia da Personalidade;
  • Psicologia da Saúde e Hospitalar;
  • Psicologia de Pessoas com Necessidades Especiais;
  • Psicologia do Desenvolvimento – Adolescência, Adulto e Envelhecimento;
  • Psicologia do Desenvolvimento – Infância;
  • Psicologia Escolar e Educacional;
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho;
  • Psicologia Social;
  • Psicopatologia;
  • Técnicas de Exame Psicológico;
  • Técnicas de Observação e Registro de Comportamento;
  • Teorias e Sistemas Psicológicos;
  • Teorias Existenciais-Humanistas;
  • Teorias Psicodinâmicas.

Então, ao final do curso o profissional terá aptidão para:

  • Atender pacientes para  tratar de problemas emocionais;
  • Preparar atletas para participar de competições.
  • Ajudar alunos com problemas de aprendizagem;
  • Orientar pais e professores;
  • Atuar em processos de seleção de funcionários;
  • Aplicar testes vocacionais e orientação sobre carreira;
  • Acompanhar pacientes em tratamento e seus familiares;
  • Acompanhar processos jurídicos de adoção, guarda de filhos, etc.

Como é a especialização do curso de psicologia

A Psicologia oferece diferentes áreas de atuação e de especialização. Normalmente associamos o psicólogo a rotina de atendimento clínico, no entanto essa não é a única opção. Áreas como por exemplo marketing e recursos humanos, têm demandado cada vez mais psicólogos.

Com opções para o campo de atuação, o psicólogo pode buscar uma especialização nas seguintes áreas:

  • Marketing;
  • Neuromarketing;
  • Neuropsicologia;
  • Orientação Vocacional e Profissional;
  • Pesquisa Acadêmica e Docência;
  • Psicologia Clínica;
  • Psicologia do Trânsito;
  • Psicologia Educacional;
  • Psicologia Esportiva;
  • Psicologia Hospitalar;
  • Psicologia Jurídica;
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho;
  • Psicologia Social;
  • Psicopedagogia.

Outros mercados têm oferecido oportunidades para quem fez o curso de Psicologia, como por exemplo tecnologia e telecomunicações. A análise do comportamento de colaboradores e consumidores tem sido o combustível do mercado, e para isso as empresas têm contado com a expertise do psicólogo nesse sentido.

Atividades que normalmente eles contribuem incluem a criação de novos produtos, desenvolvimento de sistemas operacionais, aprimoramento da comunicação, entre outras.

Como é o mercado na área da psicologia

O mercado exige o diploma do psicólogo e além disso, o registro controlado e fornecido pelo Conselho Federal de Psicologia pode ser exigido. 

As especializações não são exigência no mercado, mas podem ser necessárias para que um profissional aprofunde algum conhecimento específico. O domínio de técnicas e procedimentos para aprofundamento teórico trará resultados melhores durante a atuação do profissional.

A psicologia escolar e educacional é um mercado bastante valorizado nos dias de hoje, no qual estudantes e alunos precisam do acompanhamento próximo de um psicólogo para se desenvolverem mais rapidamente.

Além disso, a área da saúde e hospitalar, jurídica e até esportiva também oferece oportunidades para os profissionais da Psicologia. No decorrer do curso, você ouvirá falar de muitas dessas áreas de atuação e poderá entender melhor como cada uma funciona para escolher onde quer atuar.

O Conselho Regional de Psicologia de São Paulo traz uma lista de especialidades regulamentadas que podem te ajudar a descobrir qual é a melhor opção para você.

Veja abaixo algumas empresas onde o psicólogo pode trabalhar:

  • Clínicas;
  • Hospitais;
  • Escolas e Universidades;
  • Agências de recrutamento de profissionais;
  • Clubes esportivos;
  • Centros de Reabilitação;
  • Empresas de tecnologia e telecomunicações.

Psiquiatria x Psicologia

Muita gente confunde essas duas profissões. Então, para você não ter nenhuma dúvida, destacamos de forma simples as principais diferenças entre elas:

Psiquiatra: precisa ser graduado em Medicina e se especializar em Psiquiatria. Atende pacientes e prescreve medicação. A faculdade de Medicina tem duração média de 6 anos e a residência para especialização com duração de 3 anos.

Psicólogo: formado em Psicologia e atende pacientes usando diálogos e técnicas de terapias variadas. O curso pode durar em média 5 anos.

Quem pretende seguir carreira em Psicologia em primeiro lugar precisa gostar muito de se relacionar e querer ajudar pessoas. Um psicólogo precisa estudar bastante e por isso tem que ter gosto pela leitura e boa capacidade de interpretação. Saber ouvir e ter uma ética profissional muito grande também é imprescindível.

Cada unidade federativa da psicologia aplica um piso para o psicólogo, por exemplo, em São Paulo, é de R$ 2.861 e em Santa Catarina, segundo o Sindicato dos Psicólogos de Santa Catarina (SinPsi-SC) o piso sugerido é de seis salários mínimos para jornada de 30 horas semanais. No Mato Grosso do Sul, o piso é de R$ 3.253.

Mesmo com a definição do piso pelos sindicatos é possível que algumas empresas não atendam a recomendação e paguem valores inferiores. Por isso o salário pode variar bastante, principalmente de acordo com a qualificação do profissional e local de trabalho

De acordo com o site da Catho a remuneração média para o psicólogo é de R$ 2.327,41. Veja  alguns cargos que o psicólogo pode atuar e suas médias salariais:

  • Estágio em Psicologia: R$ 919,85
  • Psicólogo Clínico: R$ 2.113
  • Analista de Recursos Humanos: R$ 2.761,89
  • Psicólogo Escolar: R$ 2.012,00
  • Psicólogo Organizacional: R$ 2.175,64
  • Psicólogo Hospitalar: R$ 2.371,00

Já no Sine, Site Nacional de Empregos, a média para iniciante em pequenas empresas é de R$ 1.832 e R$ 7.561 para nível sênior em grandes empresas.

A diretoria na setor de RH tem média de salário em torno de R$ 24.000, 00 enquanto um supervisor de recursos humanos pode ganhar R$ 6.848,00.

A Federação Nacional dos Psicólogos (FENAPSI) disponibiliza uma tabela de honorários para diferentes serviços prestados pelos psicólogos. Em resumo os valores vão de R$ 81 a R$ 448 e podem ser usados como um guia para o profissional definir o melhor valor.

Conseguiu descobrir se a Psicologia é curso certo para você? Não perca mais nenhum conteúdo e continue acompanhando o Vai de Bolsa.