Como é o curso de Serviço Social: saiba tudo sobre essa área

Como é o curso de Serviço Social: saiba tudo sobre essa área

Cuidar da sociedade. Em um sentido amplo, esse é o papel do assistente social. Então, se você se identifica com pessoas e gosta de apoiar e resolver conflitos, pode estar na profissão certa. Por essa razão, um bom caminho para começar é sabendo como é o curso de Serviço Social. Lá, você aprenderá ferramentas sobre legislação, políticas públicas e técnicas profissionais para colocar tudo isso em prática.

Portanto, assim como o curso de Enfermagem, por exemplo, o curso de Serviço Social dá subsídios para o profissional atuar diretamente no cuidado de pessoas e na resolução de conflitos.

Para ser um assistente social, você precisa encarar uma graduação. Ela dura pelo menos quatro anos e é considerada um bacharelado. Você estudará nesse período matérias como sociologia, teoria política, filosofa e economia. Depois de formado, para conseguir atuar no mercado de trabalho, você precisará estar inscrito no Conselho Regional de Serviço Social (Cress) da sua região.

Quer saber ainda mais sobre como é o curso de Serviço Social? Leia esse conteúdo até o final.

O que faz um assistente social após o curso de Serviço Social?

Quem se forma em Serviço Social pode ser chamado de assistente social. O dicionário descreve a profissão de assistente social da seguinte maneira: tem caráter interventivo e tem como base os instrumentos e métodos multidisciplinares das ciências sociais. A proposta sempre é analisar e propor soluções para todas as questões sociais das comunidades.

Ficou um pouco mais claro para você? Sabendo como é o curso de Serviço Social e, principalmente, o mercado de trabalho, dá para compreender ainda melhor essa profissão. O assistente social é o responsável por promover o desenvolvimento da sociedade. Mas isso tem um contexto. Ele considera todos os problemas dentro de um conjunto de desigualdades de um grupo. A partir daí, propõe soluções através de intervenções em pontos-chave para que os conflitos sejam resolvidos.

Mas como isso acontece? Levando em consideração como é o curso de serviço social hoje, o futuro assistente social aprende a identificar todos os aparatos sociais e públicos para combater esses problemas. Então, por meio do acesso da população a bens e serviços e da colocação das pessoas em outros canais de representação popular, o assistente social fortalece os movimentos sociais e diminui a desigualdade.

O aprendizado em sala de aula no curso de Serviço Social

Para ficar um pouco mais claro sobre como é o curso de Serviço Social, nós separamos um vídeo que explica a rotina do profissional!

É fácil perceber que com a formação em bacharelado você receberá ferramentas para compreender a realidade social. Nesse contexto, conseguirá então ainda mais ferramentas e conseguirá visualizar e, depois, aplicar políticas públicas para soluções dos casos encontrados.

Como vimos no vídeo, existem aulas teóricas e também aulas práticas. Tudo depende da grade de disciplina do curso e da faculdade que você escolher. Então, antes de fazer a sua inscrição, avalie as disciplinas oferecidas. Aqui, faremos uma lista completa do que você encontrará na faculdade Estácio, por exemplo.

Disciplinas do curso de Serviço Social:

  • Filosofia e ética
  • Fundamentos das ciências sociais
  • História dos povos indígenas e afro-descendentes
  • Língua portuguesa
  • Planejamento de carreira e sucesso profissional
  • Antropologia cultural
  • Economia política
  • Filosofia da ciência
  • Introdução a questão social
  • Introdução ao serviço social
  • Acumulação capitalista e questão social
  • Ética profissional
  • Fundamentos hist. Teó. Met. Do serviço social I
  • Política social I
  • Psicologia geral I
  • Fund. Hist. Teor. Metod. Do serviço social II
  • Legislação social I
  • Metodologia científica
  • Orientações para a prática profissional
  • Política social II
  • Estágio supervisionado do serviço social I
  • Legislação social II
  • Pesquisa em serviço social I
  • Processo de trabalho em serviço social I
  • Estágio supervisionado do serv. Social II
  • Formação sócio-econômica e polít. Da sociedade brasileira
  • Pensamento político
  • Pesquisa em serviço social II
  • Processo de trabalho em serviço social II
  • Comunicação e expressão da escrita
  • Estágio supervisionado do serviço social III
  • Fundamentos da estatística
  • Pesquisa em serviço social III
  • Seminário em serviço social
  • Administração e planejamento em serviço social
  • Tópicos especiais em serviço social
  • Trabalho conclusão de curso – serviço social

Avaliando com calma como é o curso de Serviço Social, dá para perceber que muitas disciplinas vão apoiar você no entendimento dos serviços públicos. Além disso, vale a pena você saber que existe um estágio obrigatório para conclusão da graduação de assistente social.

Isso significa que você deve reservar tempo na agenda para trabalhar em um local dentro da área. Além disso, significa que você fica ainda mais preparado para o mercado de trabalho. Principalmente porque conseguirá avaliar e entender melhor como os assistentes sociais mais experientes atuam na resolução dos problemas.

Entenda a rotina de um assistente social

Você já sabe como é o curso de Serviço Social. Agora, precisa saber um pouco melhor como será a sua rotina na profissão. Entenda que você será o responsável por executar as políticas públicas e os programas sociais voltados para o bem-estar coletivo. A sua missão será a e garantir a integração das pessoas em um grupo social.

A partir daí, você terá então que se relacionar com os governos em nível federal, estadual e municipal. Sendo assim, estão incluídas nesse processo entender as diferentes políticas sociais. Aqui, estamos considerando os contextos de: habitação, educação, justiça, segurança pública, política agrária e meio ambiente.

Você atuará como um consultor. Então, em um primeiro momento vai ter que ouvir, acolher e entender as reclamações da população atendida. Depois, terá então que responder às demandas dos usuários dos serviços prestados. Assim, precisará ter capacidade técnica e intelectual para garantir e disponibilizar o acesso aos direitos assegurados na Constituição Federal de 1988 e na legislação complementar.

Saiba, que aprenderá também instrumentos profissionais como entrevistas, análises sociais, relatórios, levantamento de recursos, encaminhamentos, visitas domiciliares, dinâmicas de grupo, pareceres sociais e contatos institucionais. Tudo isso vai apoiar você na identificação e resolução dos problemas sociais.

O perfil de um assistente social

Um bom assistente social deve desenvolver algumas habilidades, entre elas, a comunicação. Você precisa ter a capacidade de se expressar de forma oral e escrita. Tem que desenvolver habilidades de articulação política para conseguir dar os encaminhamentos técnico-operacionais. Além disso, precisa ter uma sensibilidade na abordagem e tratamento com as pessoas. Por fim, ainda precisa ter conhecimento teórico e a capacidade para mobilizar entidades, organizações e a própria sociedade.

Todas essas habilidades juntas, mais a formação acadêmica, vão apoiar você na carreira. Assim, você terá todos os subsídios necessários para identificar e resolver os problemas sociais que forem apresentados.

Vale destacar também que você terá atuações nessas áreas principais:

  • Educação
  • Saúde
  • Gênero
  • Família
  • Trabalho
  • Habitação
  • Assistência
  • Lazer
  • Reabilitação
  • Sistemas penitenciários
  • Previdência social

O mercado de trabalho após o curso de Serviço Social

No curso de serviço social você terá uma formação abrangente. Isso significa que o mercado de trabalho também se amplia. No entanto, vale saber que existe oportunidade em áreas de pesquisa em instituições de ensino superior. Normalmente, essas vagas vão dar a oportunidade de você desenvolver uma metodologia para identificar problemas sociais.

Além disso, existem vagas de trabalho em hospitais, unidades básicas de saúde e centro de especialidades. Sendo assim, além do contexto social, você vai atuar bastante na identificação e resolução de casos envolvendo a saúde das pessoas.

Mas também dá para trabalhar em centro de referência de assistência social, órgãos públicos, escolas, ONGs e entidades assistenciais.

Conheça a média salarial

Um Assistente Social ganha em média R$ 2.717,24 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 32 horas semanais, de acordo com pesquisa do CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego.

A faixa salarial do Assistente Social fica entre R$ 2.000,00 (média do piso salarial 2019 de acordos, convenções e dissídios), e o teto salarial de R$ 4.106,38, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT.

No entanto, como em muitas profissões, é importante saber que o salário pode variar. Ele muda de acordo com a oferta e procura. Então, em cidades menores e com menos estruturas, a sua remuneração pode ser ainda menor. Vale considerar, principalmente, os concursos públicos. Eles costumam pagar bem para os profissionais da área.

Serviço Social para ajudar a sociedade

Ser um assistente social é uma função nobre em benefício de toda a sociedade. Se você gostou do curso de Serviço Social, é um bom início para começar a pensar em uma carreira na área.

Acompanhe mais orientações sobre cursos, capacitações e mercado de trabalho no Blog Vai de Bolsa.