Como começar a programar: 6 cursos baratos

Você curte sistemas e informática? Se imagina trabalhando com isso? Quem sabe não está na hora de você pensar em como começar a programar. A demanda por desenvolvedores no mercado hoje é muito grande e essa área está em expansão. 

De fato, com o aumento da presença dos sistemas informatizados, mais empregos somem do que aparecem. Programação é uma exceção a essa regra. Isso porque você vai trabalhar justamente no desenvolvimento delas. Dessa forma, começar a programar pode ser um caminho promissor.

A seguir, mostraremos alguns direcionamentos que podem guiar você por onde começar e qual é o básico da programação.

Leia mais: Qual a diferença entre curso técnico e tecnólogo?

O que é programação?

Primeiramente, você precisa saber que programar é uma ação planejada para dar instrução a alguma coisa. Ela, porém, tem que fazer tudo de um modo bem específico, para cumprir sua função. Dessa forma, é necessário um profissional responsável por “escrever” a instrução. Este profissional é o programador.

O detalhe é que programação não envolve diretamente pessoas. São códigos e linguagens de computador que comandam diversas máquinas, dispositivos eletrônicos ou móveis.

A importância de saber como programar

A tecnologia da informação é cada vez mais necessária no mundo atual. Sem ela, de fato, a nossa relação com as máquinas seria outra. E, conforme fica mais acessível, emprega mais programadores.

Programação está em quase tudo aquilo que nos cerca de eletrônico. Seja na televisão, ar condicionado, geladeira e na nossa rotina em geral. Para cada coisa que seu celular ou computador faz, um ou mais programadores trabalharam.

Por isso, o papel do programador hoje é central. De simples telefonistas até os avanços mais recentes na inteligência artificial: tudo isso precisa de programador. Empolgante, né? Então vamos dar uma olhada em opções de cursos para se iniciar nesse mundo.

Como começar a programar?

Para começar a programar é muito importante você definir uma linguagem de programação. Elas são responsáveis pelos diferentes tipos de programas e pelo tipo de comando que o sistema deverá obedecer.

Primeiramente é importante que você saiba que o fundamental para a programação é a lógica. Desse modo, talvez seja interessante você começar a estudá-la.

Estudar lógica pode ser mais simples do que parece. Então, vamos desmistificar isso para você. Existem algumas plataformas online de especialização, com recursos didáticos que facilitam muito sua vida.

Assim, é só deixar o medo de lado e procurar informação. Basta você fazer o cadastro e se matricular nos cursos.  Logo após concluir cada curso, você ganhará um certificado. Confira os cursos da Fundação BradescoSenai/ Sesi.

Agora que você tem acesso ao básico para começar programação, é importante definir o tipo de linguagem que deseja trabalhar. Dessa forma, você terá um direcionamento melhor e poderá filtrar com precisão a sua área de atuação.

As principais linguagens de programação

  • Java: essa talvez seja a linguagem mais usada. Vale para todo tipo de aparelho e é muito útil para a criação de aplicativos Android;
  • Python: de fácil aprendizagem, pois um iniciante consegue fazer operações e atualmente é bem popular. Com ela é possível desenvolver websites de forma rápida;
  • HTML: é uma linguagem usada para a construção de páginas na web que acessamos todo dia. Se você deseja ser programador, conhecê-la é preciso;
  • PHP: essa linguagem é utilizada em geral em aplicações da web. É fácil de aprender e manusear. Outra grande vantagem é a sua compatibilidade, pois roda em praticamente todos os sistemas operacionais existentes. Isso torna seu custo acessível;
  • C++: bastante usada para fazer softwares mais pesados e sistemas integrados tipo (CRM) costumer relationship management. Essa sigla é uma grande ferramenta de relacionamento entre servidor e cliente. Assim, ela é muito usada por empresas de todos os nichos e pelos programadores.

Com essas pistas, agora fica mais fácil de você começar a pesquisar mais sobre linguagens de programação e ter uma breve ideia de como começar a programar. Portanto, vamos ao trabalho.

Cursos baratos para começar a programar

Escolher um curso pode ser a porta de entrada para você mergulhar neste universo e se profissionalizar.

Uma opção relevante para ingressar nessa área pode ser um curso online. Esse tipo de curso não exige escolaridade prévia, além disso algumas plataformas oferecem essa modalidade de ensino gratuitamente.

Após concluir o curso, você ainda ganha um certificado online. Veja neste outro artigo do Vai de Bolsa algumas plataformas que oferecem cursos de programação grátis.

Portanto, começar na área pode ser mais simples do que parece. Isso porque investimento inicial é acessível e o retorno pode ser grande. Certamente, você colherá bons frutos na área da programação.

Separamos seis plataformas que podem ajudar você a aprender o básico da programação sem desembolsar muito. Todas elas garantem certificado online. Confira abaixo.

1. Udemy

A plataforma Udemy pode ser uma boa opção para ingressar no mundo da programação. Ela conta com cursos de diversas áreas do conhecimento, inclusive de Desenvolvimento, Tecnologia da Informação (TI) e Softwares. Confira o link do site aqui.

A plataforma frequentemente divulga promoções de cursos, portanto fique atento. Para se cadastrar é bem simples, basta você ir no campo de “cadastro” e preencher seu dados. Logo após, escolha o curso de sua preferência.

Uma dica: antes de comprar algum curso online, verifique no tópico de descrição quais serão as disciplinas trabalhadas, o que você aprenderá e os requisitos para cursar.

2. IPED- Instituto Politécnico de Ensino à Distância

A plataforma Iped promove a educação à distância de forma muito democrática. Ela oferece cursos pagos e gratuitos. Dentre as diversas áreas de especializações, o campo da programação é bem amplo.

Os cursos têm valores acessíveis e abarcam as principais linguagens de programação, por isso não é difícil encontrar o que você procura como especialização por lá.

3. Learncafe

A plataforma Learncafe tem um amplo banco de cursos nas mais diversas áreas. Lá você encontrará cursos para aprender o básico da programação com preços acessíveis. O curso de Lógica da Programação para Iniciantes é gratuito. Confira aqui o link do portal.

Certamente, você encontrará alguma possibilidade dentro da área da programação que cabe no seu bolso.

4. Programa de Cursos Integrados do Coursera

Se você se interessa por programação para Android, então aqui é o seu lugar. Isso porque eles têm uma plataforma para iniciantes aprenderem. Há, porém, um problema: o áudio em inglês, com legenda.

O material do curso como um todo é grátis, mas você vai precisar pagar para obter o certificado.

5. Allura cursos

Plataforma online com diversos cursos de tecnologia, muitos deles na área da comunicação. Com 1266 cursos, é uma das mais completas. Porém, esses cursos não são vendidos de forma avulsa, você precisa fazer uma assinatura. Isso encarece um pouco, embora com a compensação do grande número de cursos.

6. JDEV treinamento

Plataforma com cursos diversos e preço acessível. O acesso ao curso é vitalício, isto é: uma vez comprado, você vai poder revê-lo. Outra vantagem é a variedade de cursos, do inicial ao avançado.

Agora que mostramos algumas opções de cursos de como começar a programar, você vai poder ter uma base para entrar em uma graduação. Dessa forma, não cairá de paraquedas nas primeiras disciplinas da Faculdade de Ciências da Computação.

É preciso saber programação antes de entrar na graduação?

Certamente, como qualquer escolha na vida, a experiência conta muito. No entanto, você não precisa necessariamente saber programação antes de entrar para uma faculdade. Porém, você vai estar um passo à frente, se souber.

Tenha claro em mente que você vai precisar estudar mais para adquirir a experiência e vencer as disciplinas se quiser ir para uma graduação a área. Nesse caso, não se esqueça de que gostar da matéria é importante.

Não é preciso ser gênio da matemática para avançar no curso. Mas em contrapartida é necessário tolerar essa disciplina, estudar lógica e gostar das ciências exatas.

Leia mais: 10 cursos para quem gosta de tecnologia

Próximos passos

Se o seu objetivo é seguir adiante no ramo da programação talvez seja interessante buscar um maior aprofundamento teórico na universidade.

Ao finalizar o curso de Ciências da Computação você terá um diploma que permitirá que você siga adiante em uma carreira acadêmica se for do seu interesse. Dessa forma, você poderá buscar outros meios de aprender e ensinar sobre essa área.

Algumas instituições, como a Universidade Estácio de Sá oferecem graduação na modalidade bacharelado, com aulas presenciais e a distância.

Agora que abrimos o leque de possibilidades sobre o básico de como começar a programar, o resto é com você. Se gostou de ler sobre esse conteúdo e tem interesse de ler mais sobre educação, acesse o blog Vai de Bolsa.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *