Como ser escritor de livros? Saiba tudo sobre a carreira

1
3

A profissão do escritor é uma das mais antigas do mundo e pode ser considerada uma prática milenar. Desde a antiguidade escritores registravam assuntos relacionados ao seu cotidiano em pergaminhos, ou então em pedras, como acontecia no Egito. Hoje em dia a escrita é muito mais acessível, sendo mais fácil criar hábitos de leitura e escrita. Nesse sentido, você sempre quis saber como ser um escritor de livros? Vamos contar como neste post.

Na verdade, muitas pessoas ficam na dúvida sobre qual curso devem fazer na faculdade para se tornarem escritores. A resposta é simples: não é necessário ter uma formação específica para se tornar um escritor de livros. E não necessariamente ter o curso de letras. Até porque, não é só de literatura que escritores vivem. Você pode se tornar um escritor, e escrever sobre assuntos relacionados à sua área de atuação, como direito, administração, engenharia, entre outros. 

Em suma, quer saber como se tornar um escritor de livros? Então acompanhe o artigo e confira nossas dicas.

Leia mais: Conheça 13 profissões para quem gosta de escrever

Melhores cursos

Muitas pessoas ficam na dúvida sobre qual curso devem fazer na faculdade para se tornarem escritores. A resposta é simples: não é necessário ter uma formação específica para se tornar um escritor de livros. Até porque, não é só de literatura que escritores vivem.

Você pode se tornar um escritor, e escrever sobre assuntos relacionados à sua área de atuação, como direito, administração, engenharia, entre outros. 

Mas, se você gosta de escrever, e quer fazer um curso que tenha algo relacionado, você pode optar por Letras ou Jornalismo. Ambos os cursos possuem uma grande carga de teoria e te ajudarão na saga de como ser um bom escritor de livros. 

Conheça um pouco mais sobre os cursos abaixo:

Jornalismo

É extremamente comum encontrarmos escritores que são jornalistas. Isso porque, durante o curso de Jornalismo o estudante aprende diversas técnicas e formatos de escrita. Além disso, jornalistas são muito versáteis e aprendem a escrever sobre quaisquer temas, o que é muito interessante para quem quer se tornar um escritor de livros. 

O bacharelado de jornalismo tem a duração média de quatro anos. Durante o curso, o estudante aprende a ter uma visão crítica sobre fatos que ocorrem na sociedade, com o objetivo de informar a população. O jornalista pode utilizar diversos meios de comunicação, como impressos, televisivos ou digitais. 

Durante o curso o estudante vai encontrar matérias teóricas e também muita prática. Conhecimentos sobre fotografia, internet, diversos formatos de textos, comunicação e expressão são amplamente vistos durante o curso. 

Leia mais: Melhores faculdades de jornalismo do Brasil: saiba quais são

Letras

O curso de letras, que pode ser encontrado na modalidade bacharelado ou licenciatura, possui uma grade curricular com disciplinas relacionadas à gramática, produção textual, literatura, entre outros. Este curso, com certeza vai auxiliar as pessoas que querem escrever melhor, e conhecer mais sobre os gêneros textuais e literários. 

Os profissionais de Letras podem trabalhar com produção e edição de texto, revisão, tradução e também com ensino. É possível encontrar também cursos com o foco em outros idiomas, como Letras em Língua Portuguesa e Literatura, Língua e literatura Inglesa e Língua e Literatura Espanhola. 

Mas não se engane. Não basta apenas ser formado em letras para tornar-se escritor. O caminho de como ser escritor de livros depende muito mais de você, do que de sua formação.

Dicas de como ser um escritor

A escritora Clara Savelli compartilhou algumas dicas sobre como ser escritor de livros no Blog da Intrínseca. Confira abaixo um apanhado das dicas de Clara.

1 – Tenha paciência e seja persistente

A primeira dica de Clara é: seja uma pessoa paciente, afinal, o sucesso não acontece de repente. Além disso, também é necessário persistir, mesmo quando você desanimar e sentir que não vale a pena. 

Isso porque, você não se tornará um ótimo escritor da noite para o dia. Também não se tornará um ótimo escritor se parar no meio do caminho. Assim como em todas as profissões, existe uma estrada a ser percorrida, até alcançar o que você almeja profissionalmente. 

2 – Leia muito, todo tipo de livro

Segundo Clara, é muito importante ler – e muito – todo tipo de livro. Desde literatura, até mesmo livros técnicos. Existem muitos livros que abordam dicas literárias e que podem te ajudar, e muito, nesse percurso de com ser um escritor de livros. ]

Livros que falam mais sobre a jornada do herói e relatos de autores consolidados, revelando mais sobre o seu processo de escrita, são uma ótima pedida. 

3 – Não guarde o seu trabalho na gaveta

Para que seu trabalho seja notado, você precisa mostrá-lo ao mundo. Organize os seus textos, entenda qual é o melhor local para divulgá-lo e então, faça-o! Muitos escritores compartilham seus textos ou trechos em suas redes sociais. Dessa forma, você engaja o seu público e já começa a chamar mais atenção. 

4 – Faça cursos e participe de eventos literários

Como em qualquer outra profissão, é importante se manter atualizado. Faça cursos – presenciais ou online – sobre escrita criativa, ou qualquer assunto relacionado a escrita. Nestes cursos, além de se aprimorar e conhecer mais técnicas, você também estará em contato com profissionais da área e com o mercado de trabalho. 

Além de marcar presença em cursos, participe também de eventos literários. Nestes eventos, você consegue bater um papo com escritores, e entender mais sobre o mercado. Fazer networking e trocar figurinhas é muito importante. Se não existem eventos literários na sua cidade, que tal criar um?

Faça uma parceria com alguma livraria ou com a biblioteca da sua cidade. Pode ser uma boa experiência. 

5 – Converse com outros escritores

Conversar com outros escritores, em diferentes momentos de carreira, podem te ajudar e muito! Provavelmente, algum escritor já passou pelo momento que você está passando agora, e pode te ajudar a conhecer melhor o “caminho das pedras”. 

Deixe a vergonha de lado, e mande uma mensagem para seu escritor favorito. Escolha alguma dúvida que você possui e faça a pergunta. Se ele não responder, tenha paciência e mande a pergunta para outro escritor. É provável que alguém irá te responder. 

6 –  Escreva muito!

Uma outra dica super valiosa de Clara é: escreva muito e escreva sempre! Criar o hábito de escrever é muito importante para quem quer ser um escritor. Escrever muito te trará prática e irá melhorar a forma como você escreve.

Então, não tenha preguiça. Tenha seu objetivo em mente, e escreva de forma constante. Somente a prática te fará um bom escritor. 

7 Nunca esqueça o que te fez começar a escrever

A última dica de Clara, e não mais importante é: nunca esqueça o que te fez começar a escrever. Quando você desanimar, ou achar que não vale mais a pena, lembre-se do motivo que o fez começar. Se o seu motivo é fama, dinheiro ou sucesso – talvez você deva repensá-lo.

Mas se o seu objetivo é fazer o que você ama, então respire fundo e entenda que as fases ruins passam. Seu momento vai chegar.

Com essas dicas, você já tem tudo para começar a escrever. Continue acompanhando o Blog Vai de Bolsa e não perca nenhum conteúdo.