Estudar a distância tem sido a opção viável a muita gente para obter o diploma de um curso superior. Isso porque a modalidade Ead tem vantagens atraentes, como a flexibilidade de horários e o custo mais baixo. No entanto, se ainda assim o valor da mensalidade não cabe no seu orçamento, não se preocupe. Há alternativas que podem garantir o seu sonho do ensino superior, como uma bolsa de estudos para Ead. Neste post, vamos mostrar como e onde conseguir uma.

Em suma, é possível obter bolsa de estudo Ead assim como em cursos presenciais. Geralmente, essa é uma dúvida muito comum dos estudantes, por ainda não conhecerem a fundo a modalidade a distância. Há instituições de ensino superior de muita qualidade que oferecem bolsa de estudo para Ead, como a Estácio e a FMU, por exemplo. Essas duas faculdades oferecem muitas opções de cursos.

Você já deve saber, mais uma das maneiras de conseguir uma vaga de curso de graduação é pela nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mas tem um problema: o Sisu, sistema do Ministério da Educação (MEC) que oferta milhares de cursos, não oferece vagas na modalidade Ead. No entanto, pode comemorar: é possível obter uma bolsa de estudo para Ead por meio do Prouni, que também utiliza a nota do Enem.

Vamos explicar todas as possibilidades nesse post. Confira!

Leia também: Baixe grátis o nosso e-book Guia para conquistar o primeiro emprego

Bolsa de estudo para Ead: fique atento ao Prouni

Como falamos mais acima, você pode utilizar a sua nota do Enem para participar do Programa Universidade para Todos (Prouni), do Governo Federal. Em resumo, nesse programa você pode obter bolsas de 50% a 100% da mensalidade. As maiores instituições de ensino superior particulares do Brasil participam do programa, como a Estácio e a FMU. E o melhor: também é válido para cursos a distância.

Portanto, se você está de olho em uma bolsa de estudo para Ead, precisa conhecer em detalhes como funciona o Prouni. Depois disso, pesquise se a sua faculdade favorita está dentro do programa e oferta cursos a distância também. E é claro, não deixe de fazer as provas do Enem e estudar bastante!

Tipos de bolsas

O Prouni oferece dois tipos de bolsas de estudos, tanto para cursos Ead como para presencial. São as bolsas integrais e parciais:

  • Integral: o estudante recebe 100% de bolsa no seu curso de graduação em uma faculdade particular. Nesse caso, o principal pré-requisito é ter renda familiar per capita abaixo de 1,5 salário mínimo
  • Parcial: o estudante ganha 50% de desconto na mensalidade do curso a sua escolha. Para participar, é preciso ter renda familiar per capita acima de 1,5 salário mínimo e abaixo de 3 salários mínimos.

Lista de pré-requisitos para obter a bolsa de estudo para Ead

Depois de escolher o tipo de bolsa (integral ou parcial), é necessário também se encaixar em outras condições para participar do Prouni. Confira todos eles:

  • Ter realizado a última edição do Enem, ou seja, o exame deve ter sido realizado no ano anterior ao processo. Enquanto que, para vagas remanescentes, o exame deverá ter sido realizado após 2010;
  • Nota mínima de 450 pontos de média no Enem;
  • Não ter zerado a redação do Enem;
  • Assim como ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou com bolsa integral em escolas particulares.

Pessoas que cumpram os requisitos abaixo também podem participar do programa:

  • Pessoas que possuam algum tipo de deficiência;
  • Professores da rede pública de ensino básico em exercício, que estejam incluídos no quadro permanente da instituição e que esteja concorrendo a uma vaga em curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

Bolsas a nível estadual e municipal

Se você não tem o perfil para participar do Prouni mas ainda precisa de uma bolsa, outra alternativa é ficar de olho em editais estaduais e municipais. Muitas vezes, governos dos Estados e as prefeituras oferecem oportunidades de bolsas em universidades, tanto presenciais como Ead. Essa oferta vai depender muito do Estado e da cidade onde você mora.

Nesse caso, vale uma pesquisa nos sites dos governos estaduais e municipais para verificar os benefícios e como participar. Tente acessar os sites das secretarias de Educação, por exemplo.

Faculdades oferecem bolsa de estudo para Ead

Outra alternativa para obter bolsa de estudo para Ead é verificar o site das faculdades. Muitas instituições de ensino oferecem programas próprios de bolsas para estudantes com dificuldades financeiras. Inclusive, bolsas para cursos a distância.

Programa Move Mais da FMU

A FMU, por exemplo, oferece o programa Move Mais, que distribui bolsas de até 100% para cursos presenciais e semipresenciais. O candidato consegue a bolsa depois de passar por uma avaliação do perfil e do desempenho no vestibular.

É possível participar do programa também com as notas do Enem, a exemplo do Prouni. Nesse caso, você precisa obter um desempenho mínimo de 200 pontos na média das provas. Para fazer a inscrição, basta acessar o site da instituição. São cerca de 10 mil vagas. Os primeiros 50 colocados ganham bolsa integral.

Par – Parcelamento Estácio

Na mesma linha das bolsas, há também os financiamentos, que vamos detalhar mais abaixo. Mas vamos já citar um programa interessante da Estácio, o Par – Parcelamento Estácio, voltado a quem tem dificuldade para pagar as mensalidades.

Para se inscrever, basta ter feito o vestibular da instituição ou o Enem. O Par é um benefício da Estácio que permite iniciar a graduação pagando apenas 30% da mensalidade nos dois primeiros períodos e parcelando o restante. Assim, o estudante ganha o dobro de tempo para pagar a graduação. Além disso, não há juros ou necessidade de apresentar fiador.

Leia também: Financiamento estudantil: saiba como funciona

Financiamentos também são opção

Você está procurando bolsa para curso Ead, mas o financiamento também pode ser uma excelente opção. Nesse caso, a lógica é a seguinte: as mensalidades são pagas pelo Governo Federal (Fies, vamos falar mais a frente), pela própria faculdade ou por um banco. O aluno só começa a pagar a conta após estar formado. Ou seja, possivelmente já estará empregado ou com uma renda fixa.

Conheça abaixo três opções de financiamento disponíveis no mercado:

PraValer Crédito Universitário

O PraValer é considerado o maior programa de crédito privado para faculdades do Brasil. Pode chegar a até 100% do valor das mensalidades do seu curso em uma faculdade privada. Procure no site ou entre em contato com a instituição que você pretende ingressar para se informar sobre essa possibilidade.

Nessa modalidade, a contratação é semestral. Ou seja, cada semestre você paga, no mínimo, em um ano. Se fizer isso em todos os semestres de um curso de quatro anos, terá oito anos para pagar o total das mensalidades. O procedimento é feito totalmente online e não é necessário ter conta em banco.

Agências bancárias

Outra opção de financiamento universitário é procurar instituições bancárias que ofereçam essas linhas de crédito. As taxas de juros e prazos de pagamento são definidos conforme o perfil do estudante e o valor das mensalidades. A contratação é feita diretamente no banco.

Fies

Para finalizar, não podemos deixar de falar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O Fies nada mais é do que o principal programa de financiamento estudantil do país, vinculado ao Governo Federal. Se você procura uma bolsa de estudos para Ead, precisa conhecer a opção do Fies. Isso porque para participar você também dependerá da sua nota do Enem.

O valor financiado pode chegar a 100% das mensalidades. A serem pagas só após o término do curso a juro zero ou muito próximo a isso. Portanto, vale a pena estar atento nessa opção. Para participar, é preciso ter obtido 450 pontos na média geral das provas do Enem e não ter zerado na redação.

Achou sua bolsa de estudos para Ead?

Como você pode ver, há várias possibilidades de bolsa de estudos para Ead, assim como para cursos presenciais. Verifique qual a que melhor se adapta com o seu perfil e não perca essa chance. A bolsa ou o financiamento pode ser o caminho certo para obter o diploma de curso superior.

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsa de estudos para ead, mercado de trabalho e dicas no blog Vai de Bolsa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui