cronograma de estudos enem

Cronograma de estudos para o Enem: o que é e como fazer?

  • Enem
  • 3/maio/21
  • por Shymenne Siqueira

A preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem – vai muito além de estudar algumas matérias e fazer exercícios. Quem quer ter uma boa média no exame deve se planejar estrategicamente, e para isso, nada melhor que um cronograma de estudos para o Enem.

E se você chegou até este artigo é porque com certeza está se preparando ou conhece alguém que está estudando para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, certo? 

Então, continue a leitura, pois aqui você encontrará diversas informações sobre a importância de ter um cronograma de estudos para o Enem e como  montar o seu. Vamos lá?

Para que serve um cronograma de estudos?

O cronograma de estudos é uma ferramenta que vai te auxiliar a organizar sua rotina, com horários e atividades pré-definidas, levando em consideração suas necessidades de aprendizado.

Ou seja, nada mais é do que uma maneira de organizar a rotina do estudante para que ele consiga aprender todo o conteúdo que precisa para realizar uma prova, ou no caso deste artigo, as provas do Enem.

Um ponto muito importante sobre isso é que um cronograma de estudos deve ser personalizado. Afinal de contas, as necessidades de um estudante que vai concorrer a uma vaga no curso de Engenharia Civil é bem diferente daquela que busca uma vaga em um curso de História, por exemplo.

O cronograma funciona como uma bússola, que vai orientar esse estudante a respeito do que é essencial para que ela atinja o seu objetivo.

Benefícios de um cronograma de estudos 

De forma bastante resumida, podemos dizer que esse tipo de cronograma é um guia para auxiliar o estudante a:

  • Organizar os seus horários;
  • Definir melhor as suas prioridades;
  • Realizar uma melhor distribuição de conteúdos conforme a grade de horários;
  • Visualizar, de forma simples e prática, os conteúdos que precisa estudar;
  • Criar hábitos mais saudáveis de estudo;
  • Traçar objetivos e metas reais de aprendizagem;
  • Ter mais facilidade para organizar informações e ajustar suas prioridades.

Com base nisso, fica clara a importância de separar um tempo para planejar e montar um cronograma de estudos de acordo com a sua realidade e, é claro, os seus objetivos.

7 passos para montar um cronograma de estudos para o Enem

Como você já sabe, o foco deste artigo é ajudar os estudantes a se prepararem para as provas do Enem. Por isso, agora você vai aprender como montar um cronograma de estudos para o Exame. 

Mas é importante lembrar que, aqui vamos explicar os pontos principais que devem constar em um cronograma de estudos. E você, irá personalizá-lo de acordo com sua rotina e suas necessidades.

Vamos lá?

Passo 1: Defina sua rotina diária

O primeiro passo para montar um cronograma de estudos para o Enem é detalhar em um papel todos os seus compromissos e atividades diárias, principalmente aquelas que você não pode abrir mão.

Dessa forma, você consegue definir com maior facilidade os horários em que você estará disponível para se dedicar aos estudos.

Passo 2: Estabeleça quais são seus objetivos, metas e prioridades

Nesta etapa, você precisará ser bastante criterioso e comprometido. É que neste momento, você deverá entender o que precisa fazer para chegar ao final do período com todas as matérias em dia.

Ou seja, você precisará definir quanto tempo precisará se dedicar aos estudos de cada disciplina e aos exercícios de reforço para chegar preparado no dia da prova do Enem.

Para ficar mais claro, vamos entender melhor o que são objetivos, metas e prioridades

Objetivos

O objetivo é o ponto onde você quer chegar. Sabemos que o seu objetivo principal é conseguir uma boa nota para o Enem, mas para isso, precisará definir alguns objetivos secundários, como por exemplo:

“Dominar os Conhecimentos Algébricos” ou “Entender os principais aspectos de uma redação dissertativa-argumentativa”

Metas

Já a meta é uma forma de quantificar os objetivos traçados. Aqui, podemos usar o segundo exemplo “Entender os principais aspectos de uma redação dissertativa-argumentativa”, que pode ter como meta “Escrever X redações dissertativas-argumentativas até o dia Y”

Uma característica importante de uma meta é que ela precisa estar relacionada a um prazo, pois só assim será possível metrificá-la, e entender se ela foi cumprida ou não.

Prioridade

A prioridade é tudo aquilo que tem maior relevância, que é mais importante para você. Ou seja, quais matérias você precisará dedicar mais tempo de estudo para alcançar o seu objetivo final.

Neste ponto, a personalização é ainda mais importante, afinal de contas, cada curso possui determinadas matérias de mais importância que os outros na prova do Enem.

Passo 3: Organize horários e distribua os conteúdos

Agora que você já conhece sua rotina e sabe quanto tempo tem disponível para se dedicar aos estudos, é preciso organizar os seus horários e distribuir os conteúdos que precisam ser estudados de acordo com suas prioridades, metas e objetivos.

A dica aqui é pesquisar quais os assuntos que mais caem no Enem e  listar os conteúdos que você tem mais dificuldade e precisará dedicar um tempo maior nos estudos para os horários em que você tem maior disposição e se sente mais produtivo.

Aqui, também é importante definir alguns horários para fazer exercícios de reforço com base nas disciplinas estudadas.

Passo 4: Descreva o que você irá estudar

Em seu cronograma de estudos, ao invés de registrar “7h00 às 8h00 – Estudar Matemática”, você deverá definir de forma clara o que você irá estudar. Por exemplo “07h00 às 08h00 – Estudar as funções algébricas do 1o e 2o graus”.

Dessa forma, você tem maior clareza sobre o que é sua obrigação diária e não perde tempo tentando entender o que precisa estudar e quais materiais precisa ter em mãos.

Passo 5: Não se esqueça das revisões

À medida em que você for cumprindo suas metas de estudos e de atividades é importante reservar em seu cronograma um espaço para fazer a revisão de tudo aquilo que aprendeu.

Essas revisões devem ser pontuais e vão ajudar você a se lembrar de alguns pontos importantes de determinadas disciplinas e, até mesmo, a entender melhor alguns aspectos que você ficou em dúvida.

Passo 6: Faça ajustes semanais em seu cronograma

Tenha em mente que você deverá sempre rever o seu cronograma e fazer ajustes necessários conforme mudanças ou imprevistos em sua rotina. A dica aqui é escolher um dia da semana para fazer essa revisão e os ajustes, não deixando passar um longo tempo.

Esse ajuste ajudará você a entender melhor como está o seu ritmo de estudo, quais matérias você precisará se dedicar mais e quais horários você está mais produtivo.

Passo 7: Cuide de sua saúde física e mental

Em seu cronograma de estudos para o Enem é fundamental que você reserve um tempo para cuidar de sua saúde física e mental.

Isso significa ter períodos de lazer, para a prática de atividades físicas e momentos de relaxamento.

Afinal de contas, de nada adianta estudar o máximo possível se o seu corpo e sua mente estiverem esgotados.

[Bônus] Dicas extras para seu cronograma de estudos

Como destacamos, um cronograma de estudos para o Enem deve atender as necessidades de cada estudante. Mas, aqui, vamos dar uma dica que pode ajudar você a dividir melhor o seu tempo de estudo.

Essa dica é de um coordenador pedagógico do colégio Mopi, do Rio de Janeiro, chamado Luiz Rafael da Silva. De acordo com ele, uma boa prática ao montar o quadro de horários de estudo é considerar a seguinte divisão:

  • Durante seus horários disponíveis dedique 60% aos seus estudos e os outros 40% ao ócio criativo e descanso de qualidade.
  • À medida em que for se adaptando, você pode alterar essa conta e dedicar 70% aos  estudos e 30% ao ócio criativo.
  • Já quando estiver bem próximo ao dia do Enem, cerca de 2 semanas antes, a dica é dedicar 50% do seu tempo aos estudos e aproveitar os outros 50% para relaxar.

Agora que você já sabe como montar um cronograma de estudos para o Enem é hora de criar o seu e colocá-lo em prática o quanto antes!

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *