Se você pensa que um curso de arquitetura forma apenas quem quer ser arquiteto, saiba que isso não é verdade. Além de exercer a função de arquiteto, quem é graduado nesse curso pode trabalhar em atividades variadas. Quem é formado em arquitetura está apto a trabalhar com o desenvolvimento, planejamento, organização e construção de projetos de espaços interiores ou exteriores. Portanto, a abrangência dessa área é muito grande.

Em suma, o objetivo de um profissional de arquitetura é buscar conforto e funcionalidade, mas sem perder a estética. Em outras palavras, fazer com que muitas obras sejam também atrativas para os olhos.

O curso de arquitetura possibilita muitas opções de carreira para os formados. Principalmente, em instituições de qualidade, como Estácio e FMU. Por essa razão, nesse post, vamos detalhar melhor as áreas de atuação do arquiteto.

Além disso, esse texto servirá para você conhecer mais sobre as potencialidades desse curso e também pode ser útil se você busca alguma recolocação profissional, mas ainda não pesquisou qual é a possibilidade mais interessante para o seu perfil.

Leia também: Baixe grátis o nosso e-book Guia para conquistar o primeiro emprego

Onde pode trabalhar que fez o curso de arquitetura

Se você tem interesse em saber quais as possíveis áreas de atuação para quem fez um curso de arquitetura veio ao lugar certo. Nem sempre quem se forma em um determinado curso está fadado a exercer a mesma atividade que é comum a todos. Saiba que é preciso expandir os horizontes e buscar um trabalho que se encaixe no seu perfil, dentro da área que se formou.

Com um mercado de trabalho cada vez mais dinâmico, é preciso pensar fora da caixa na maioria das vezes. Pois, nem sempre aquilo que está dentro do convencional agrada a todos. Sendo assim, o risco de você se tornar um profissional frustrado pode ser grande.

Além de todo o dinamismo do mercado, é preciso ter alguns planos alternativos para tentar driblar a concorrência acirrada e assim garantir o ingresso no mercado de trabalho. Veja a seguir algumas áreas que você poderá exercer ao se formar em um curso de arquitetura.

1- Urbanismo

Essa é uma das principais áreas de atuação da arquitetura. Através dessa prática, o arquiteto deverá projetar soluções viáveis para trazer maior conforto e estética para os centros urbanos. Essa é a parte da arquitetura que projeta conjuntos e centros habitacionais. Portanto, pode ser uma área bastante aquecida se você tem interesse em exercer esse tipo de atividade.

Essa é uma área diretamente ligada ao plano diretor de uma cidade e o arquiteto que atua no urbanismo é o principal responsável por viabilizar todo o zoneamento de uma área urbana. Sendo assim, existe a possibilidade de trabalho em cargos públicos ou empresas privadas, que prestam esse tipo de serviço.

2-Paisagismo e ambientes

Talvez essa seja a segunda área mais conhecida para quem é formado em um curso de arquitetura. O paisagista é aquele que atua na elaboração de projetos que garantam uma melhor apresentação através da otimização de espaços. O seu trabalho consiste na concepção de espaços abertos, como jardins, praças e quintais, por exemplo.

Se você tem interesse em trabalhar nesse tipo de atividade, essa pode ser uma área bastante promissora dentro da arquitetura. Pois um ambiente planejado por um arquiteto torna-se muito mais agradável de se estar. E esse profissional utiliza todos os recursos estéticos, preocupando-se com a composição de uma paisagem mais atraente.

3- Restauração

Se você tem afinidade com história e patrimônio, essa pode ser uma área que se encaixa direitinho no seu perfil. A atividade nessa área consiste em restaurar prédios e edifícios históricos ou não, que estão se deteriorando. O trabalho de um arquiteto nesse ramo é de extrema minúcia e habilidade técnica.

É através desse tipo de trabalho que é possível notar algumas construções históricas ainda com cara de nova. Pois o trabalho a ser realizado nesse contexto é o de manter e preservar a fachada original da época em que a obra foi construída.

4- Tecnologia da construção

Se você é alguém que tem afinidade com gestão financeira, essa é a sua praia. Essa área consiste em otimizar o tempo de construção de uma determinada obra e orçar todo o material necessário para a construir. O responsável por essa atividade acompanha e gerencia tudo aquilo que é referente a obra que está sendo executada.

Portanto, a gestão financeira é uma atividade que é essencial para o término da empreitada e se você é bom nessa área, você estará economizando tempo e dinheiro para quem contratar seus serviços. Pois uma das maiores dores de cabeça que pode ocorrer é quando uma construção foge do orçamento e por isso se torna fundamental uma boa administração de recursos.

5- Comunicação visual

Essa área é para quem tem o interesse em trabalhar no campo da comunicação. Quem pensa que é somente quem é graduado em marketing ou em jornalismo pode atuar nessa atividade, está enganado. Naquilo que se refere às atividades urbanas, o arquiteto trabalha com todas as questões visuais, evitando que o campo de visão das pessoas fique poluído.

A atividade nessa área consiste na colocação de placas e outros sinais visuais sem que causem interferência na paisagem urbana, de modo que fiquem em harmonia com os grandes centros, sem que afete a comunicação, permitindo visualizar qualquer sinal com clareza.

6- Luminotécnica

Essa é a área que cuida especificamente da iluminação. É através de projetos desse campo que os ambientes tem uma iluminação adequada, sem afetar a visão das pessoas.

Projetos que cuidam dessa questão tornam o ambiente muito mais aconchegante e funcional. Quem trabalha nessa área pode atuar em eventos e até mesmo na parte de interiores e exteriores.

7- Pesquisa científica e tecnológica

Se você tem interesse em seguir para a área acadêmica, saiba que também é possível. A pesquisa é o que permite os avanços tecnológicos para melhorias em futuros projetos. Dessa forma, o arquiteto fica engajado em pesquisas que fazem co que se entenda melhor qual o propósito da arquitetura na vida das pessoas e como ela pode impactar positivamente na vida de cada um.

Portanto, esse pode ser uma área bastante promissora e também pode permitir que você faça uma pós-graduação. Ao fazer isso, você poderá se dedicar para uma carreira acadêmica, chegando ao mestrado e doutorado.

8- Projetos de sistema viário urbano

Essa é uma área exclusivamente do arquiteto. É somente ele que pode trabalhar com esse tipo de projeto. Sendo assim, se você tem o objetivo na carreira de melhorar a mobilidade das grandes cidades, essa pode ser uma área bastante promissora.

Pois todos que moram em um grande centro sofrem com o afogamento do tráfego. Ao elaborar um projeto funcional e viável, saiba que a qualidade de vida e o tempo de deslocamento das pessoas será melhor.

9- Projeto de recuperação paisagística

Essa também é uma área específica de quem é formado no curso de arquitetura. Ela também funciona como a a´rea de restauração, porém é aplicada ao paisagismo. É comum grandes centros com esses espaços externos deteriorados. E é aí que entra em ação o restaurador para manter o espaço com as mesmas origens da fundação.

Esse trabalho funciona de forma conjunta com os órgão públicos, pois são eles que viabilizam as obras e captam recursos para a execução. Sendo assim é possível trabalhar tanto no setor público, quanto no setor privado, na parte de prestação de serviços.

10- Desenho mobiliário

Se você tem uma queda pelo design, saiba que é possível elaborar projetos mobiliários. Isso serve tanto para a arquitetura de interior, quanto de exterior. Essa é uma área bastante promissora e também pode ser um caminho para que você possa fundar uma empresa ou uma marca.

Portanto, se você tem uma mente criativa para essa área, vá em frente que essa é a sua praia. As formas de trabalhar nesse tipo de variedade também podem ser bastante variadas, inclusive trabalhar em casa, ou em horários alternativos, caso você tenha disposição para isso.

Leia também: E-book grátis mostra quais as carreiras em alta na área do design

Conclusão

Agora que você sabe mais sobre as possíveis áreas de atuação de quem é formado em um curso de arquitetura. Certamente ficou mais fácil de perceber que um diploma de ensino superior na vida de uma pessoa não restringe a apenas uma atividade possível. Mas sim em um horizonte amplo de possibilidades para se atuar.

Nesse caminho, é muito importante também a escolha de instituições de ensino de qualidade, como Estácio e FMU.

Se você gostou desse assunto e deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui