curso de biomedicina

Curso de Biomedicina: conheça essa formação e o mercado!

Se você tem alguma afinidade com ciências biológicas e saúde, e está disposto a fazer um curso nessa área, mas que seja diferente de medicina, talvez o Curso de Biomedicina atenda suas expectativas.

Assim, para entender um pouco mais sobre como o curso de biomedicina pode contribuir profissionalmente para sua carreira, acompanhe este post.

Composto por disciplinas diversas, atuação em várias áreas e o mercado de trabalho bastante promissor atrai muitos estudantes. Entenda também a diferença entre o curso de medicina e biomedicina.

Boa leitura.

Leia também: Como construir uma ótima carreira na saúde sem fazer medicina?

O que é biomedicina?

Biomedicina é o ramo da saúde que estuda o microrganismo e a dinâmica de células e tecidos com objetivo de criar substâncias e procedimentos que tratam e previnem patologias.

Com isso, o profissional biomédico tem suas atividades desenvolvidas, quase que por completo, dentro de um laboratório.

Como é o curso de biomedicina

O curso de biomedicina é completamente voltado para a área da saúde, com duração de 4 anos, em média.

A graduação é na modalidade de ensino bacharelado, ou seja, ao se graduar você estará apto para atuar no mercado de trabalho.

Apesar de ser uma graduação relativamente nova na área da saúde é uma atividade em expansão, o que faz ser uma carreira bastante promissora.

Cabe ressaltar que o curso é voltado para pesquisa com a finalidade de estudar microrganismos causadores de doenças, elaborar vacinas e interpretar exames de análises clínicas.

Para isso, o curso deve conter no seu programa de disciplinas e matérias da área de ciências exatas, ciências biológicas e da área de saúde. Vejamos a seguir!

As disciplinas do curso de Biomedicina

Veja algumas disciplinas que são ministradas no curso de biomedicina:

  • Anatomia;
  • Biofísica;
  • Biologia Molecular;
  • Citologia;
  • Embriologia;
  • Ética e legislação;
  • Genética;
  • Imunologia;
  • Introdução à ecologia;
  • Microbiologia;
  • Psicologia;
  • Química geral;
  • Sociologia.

Apesar da exigência das disciplinas obrigatórias, é importante ressaltar que pode haver diferenças entre as grades curriculares entre as instituições de ensino.

Vale lembrar, ainda, que o curso de biomedicina é regulamentado pelo MEC (Ministério da Educação). Isso quer dizer que o seu diploma será válido em todo o território nacional.

Além disso, existem algumas universidades com oferta de curso técnico em biomedicina. Assim, o aluno adquire conhecimentos básicos necessários para a atuação direta no mercado de trabalho.

Diante isso, muito alunos aderem a essa opção, por serem cursos com pouca carga horária, bom retorno financeiro e boa aceitabilidade no mercado de trabalho. Porém, a graduação superior ainda é a opção mais completa.

Além da oferta de cursos presenciais, também existe a modalidade a distância. Vamos conhecer um pouco mais!

Curso na modalidade a distância

O curso de educação a distância está em expansão atualmente por trazer maior flexibilidade e autonomia ao aluno, que consegue conciliar aulas com outro afazeres.

A educação a distância (EaD) é uma modalidade de ensino na qual o aluno assiste as aulas sem ter contato físico com o professor. Mas no caso da curso a distância de biomedicina as aulas presenciais se tornam obrigatórias, pelo fato de terem disciplinas em laboratórios.

Por essa razão, os alunos do curso de biomedicina a distância devem comparecer ao campus algumas vezes por semana para as atividades práticas. Então, muitos optam pelo modelo tradicional, o curso presencial.

Contudo, um dos pontos positivos presentes no EaD é a facilidade de acesso às aulas teóricas. Basta ter acesso à internet em qualquer dispositivo, seja um computador, um tablet ou um celular.

Outro ponto bastante atrativo é a facilidade de ter aulas com professores renomados, especialistas no assunto, sem que haja custo de deslocamento.

Além disso, os alunos também evitam perder muito tempo com deslocamento e se bem planejado conseguem otimizar seu tempo e focar nos estudos.

Leia também: Qual a melhor plataforma de cursos online? Confira aqui

O perfil do profissional que cursa biomedicina

Uma das premissas básicas para gostar dessa profissão é a curiosidade. Pois é ela que move e instiga o profissional a buscar resultados através das pesquisas.

Aliada a essa curiosidade deve vir a paixão por ler, estudar e querer desenvolver um novo conhecimento, através das pesquisas. Assim, aliada cada nova descoberta estão as horas de dedicação.

Outra característica do biomédico é a capacidade de organização, sistematização e análises para obtenção de resultados.

Além disso, deve possuir alma inquieta e uma mente aberta para buscar novas tecnologias e aperfeiçoar procedimentos. Contudo, trabalhar com pesquisa exige ter espírito de equipe.

Portanto, se você possui essas características, certamente fazer um curso e se especializar na área de biomedicina pode uma boa opção e trazer bons frutos na carreira profissional.

Mercado de trabalho

A principal área de atuação de um profissional em biomedicina é nos laboratórios de análises clínicas, ou seja, atuar na análise laboratorial.

Além disso, o biomédico pode atuar na área de pesquisa, como falado anteriormente.

Assim, o mercado de trabalho está em ascensão e relevante para o desenvolvimento da ciência. Ao modo que a pesquisa, bastante abrangente, possibilita o desenvolvimento de novas vacinas, remédios, tratamentos para combate e prevenção de enfermidades.

Caso não tenha se interessado por nenhuma dessas áreas, não tem problema! O profissional de biomedicina também pode desenvolver um trabalho de investigação dentro da área da jurídica na atuação como perito forense.

Para isso, precisará passar por processo seletivo para fazer parte do quadro de biomédicos do Instituto Médico Legal do seu Estado.

Percebeu as diferentes possibilidades de atuação do profissional de biomedicina? Contudo, tem outra área em crescimento, a de estética. Assim, o profissional dessa área atua na aplicação de botox e outros procedimentos estéticos, como preenchimento a laser.

Portanto, é uma área onde faltam profissionais qualificados e também pode ser muito promissora. Nesse ramo, há a possibilidade de ser um profissional liberal, o que interessa muitos estudantes.

Biomedicina x Medicina, qual a diferença?

Embora os nomes sejam bastantes parecidos, a área de atuação entre um biomédico e um médico são bem diferentes. Ao se graduar em biomedicina, não quer dizer que você poderá sair por aí medicando e consultando as pessoas.

Enquanto um médico age no diagnóstico e no tratamento de doenças, podendo ou não fazer intervenções cirúrgicas, presta um trabalho prático na cura de doenças, enquanto o biomédico age nos “bastidores”.

Assim, o profissional de biomedicina estuda e investiga as possíveis causas doenças, estando apto a realizar pesquisa na área da saúde, em busca de novos medicamentos e desenvolvimento de vacinas.

Sendo assim, ele atua na parte das pesquisas das doenças humanas, além da interpretação de exames laboratoriais clínicos e procedimentos estéticos de baixa complexidade.

Além disso, o biomédico desempenha um papel importante no avanço das pesquisas científicas e tecnológicas da indústria farmacêutica e cosméticos através dos resultados obtidos das pesquisas laboratoriais.

Qual o salário de um biomédico?

Como o mercado é bastante diversificado, a questão salarial irá depender muito do ramo de atuação. Assim, a média salarial para um biomédico fica em torno de R$ 2.742,31 para jornada de trabalho de 40h, segundo o site salario.com.

Mas pode-se tomar por base a faixa salarial que vai de R$ 2.500 a R$ 5.346,03, para o ano 2021.

E aí? Se interessou pelo curso de biomedicina? Agora que você sabe o quão promissora e diversificada é essa área fica mais fácil optar por fazer uma graduação.

Um profissional dessa área pode atuar nos mais diversificados campos da saúde e ainda prestar um serviço muito nobre para o avanço da ciência e pesquisa científica.

Leia também: Cursos da área da saúde: 11 opções para ir além da Medicina.

Biomedicina: um curso novo e bastante promissor

Agora já sabemos como funciona um curso superior de biomedicina, as diversidades da área de atuação e a grande necessidade de profissionais qualificados para atuarem no campo da pesquisa, das análises laboratoriais e no setor de cosméticos.

Embora seja uma graduação relativamente nova, o mercado encontra-se em forte ascensão e com grandes oportunidades de trabalho, inclusive, no campo da estética.

Com isso, se houver dedicação e interesse, as oportunidades não faltarão, caso venha a se tornar um biomédico.

Se você gostou desse assunto e deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *