Curso de Fonoaudiologia: tudo o que você precisa saber

Se você gosta de diferentes aspectos da comunicação humana, mais algumas áreas da Linguística, como Fonética e ainda a área da saúde, o curso de Fonoaudiologia pode ser uma bela carreira para investir. Saiba que o profissional em Fonoaudiologia é aquele que cuida, estuda e investiga problemas que estão relacionados a comunicação e linguagem, como a gagueira e dicção ruim, por exemplo. Se você deseja saber mais sobre essa importante área da saúde que cuida da comunicação e da linguagem, não deixe de ler o texto até o final. Nesse sentido, descubra como é o curso de Fonoaudiologia e quais as possíveis áreas de atuação de um fonoaudiólogo.

Como é o curso de Fonoaudiologia

O curso de Fonoaudiologia tem uma duração média de 4 anos de conclusão e funciona na modalidade de bacharelado. Ou seja, é uma graduação de caráter generalista, a qual é exigida que o aluno elabore um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) ao se graduar. A estrutura de disciplinas desse curso é fundamentada pela área das Ciências da Saúde, da Linguística, Biologia, entre outras. Portanto, é uma formação interdisciplinar e que abarca uma grande variedades de áreas, que permitem uma formação bastante sólida.

As disciplinas do curso

Veja a seguir algumas disciplinas que fazem parte do rol de conteúdo ministrado no curso de Fonoaudiologia:
  • Anatomia Geral;
  • Biologia Celular, Tecidual e do Desenvolvimento;
  • Epidemiologia;
  • Introdução à Linguística;
  • Introdução à Fonoaudiologia;
  • Comunicação e Voz;
  • Fisiologia e Biofísica;
  • Genética Aplicada à Fonoaudiologia;
  • Psicologia Social e Saúde;
  • Linguística Aplicada à Fonoaudiologia;
  • LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais);
  • Morfofisiologia do Sistema Estomatognático;
  • Patologia Geral;
  • Otorrinolaringologia Aplicada à Fonoaudiologia;
  • Introdução à Neuropsicologia;
  • Ortodontia Aplicada à Fonoaudiologia;
  • Atuação Fonoaudiológica em Surdez;
  • Aquisição da Linguagem;
  • Som e Audição;
  • Audiologia;
  • Neurologia Aplicada à Fonoaudiologia;
  • Pediatria Aplicada à Fonoaudiologia;
  • Políticas Públicas em Saúde;
  • Laringologia e Voz;
  • Fundamentos de Motricidade Orofacial;
  • Atuação Fonoaudiológica em Fala;
  • Atuação Fonoaudiológica em Linguagem do Adulto e do Idoso;
  • Atuação Fonoaudiológica em Motricidade Orofacial;
  • Atuação Fonoaudiológica em Linguagem na Infância.
Além dessas disciplinas, existem ainda outras que são dedicadas ao estágio. Veja a seguir quais são:
  • Estágio Curricular Obrigatório em Motricidade Orofacial;
  • Estágio Curricular Obrigatório em Linguagem Infantil;
  • Estágio Curricular Obrigatório em Saúde Coletiva;
  • Estágio Curricular Obrigatório em Audiologia;
  • Estágio Curricular Obrigatório em Fonoaudiologia Hospitalar e Disfagia;
  • Estágio Curricular Obrigatório em Linguagem do Adulto;
  • Estágio Curricular Obrigatório em Voz.
Ao fim do curso, é exigido a elaboração do TCC. Feito isso, é correr para o abraço e buscar espaço em uma colocação no mercado. As vantagens de cursar Fonologia é que essa é uma área bastante abrangente. Portanto, existe demanda de trabalho para um fonoaudiólogo e a carreira pode ser bastante promissora.

O perfil de um fonoaudiólogo

Para ter sucesso nessa profissão, é preciso ter paciência e gostar de prestar cuidados ao outro. Além disso, um profissional desse ramo deve ter bastante segurança quanto a competência de seu trabalho, pois muitos problemas relacionados a fala e a comunicação, envolvem a elaboração de um diagnóstico. Desse modo, um fonoaudiólogo é o profissional que lida diretamente com os pacientes e tem como o objetivo resolver os problemas que estão relacionados a linguagem e comunicação. Para isso, é fundamental ter uma bom relacionamento interpessoal e esse profissional deve ter como lema a cordialidade. Muitas vezes um tratamento que envolve a atuação de um fonoaudiólogo pode ser bastante demorado e complexo, portanto, também é primordial ter sensibilidade e paixão pelos estudos com a finalidade de ajudar as pessoas.

A carreira para quem estuda Fonoaudiologia

A carreira para quem estuda nesse curso pode ser bastante interessante. Pois o curso abarca uma grande variedade de áreas como fundamentos de estudo. Um exemplo de estudo interessante é a própria aquisição da linguagem. Essa é uma área de extrema complexidade e auxilia muito no desenvolvimento infantil. Além disso, um fonoaudiólogo consegue identificar problemas de ordens fonológicas ou de alfabetização. Portanto, ele pode ser fundamental em uma educação inclusiva. Além da possibilidade de estudar a aquisição da linguagem, outra área bastante interessante pode ser os estudos que envolvem as articulações do aparelho fonador. Sendo assim, esse profissional estuda diretamente a voz e quais são as causas de problemas que podem afetá-la.

4 áreas chaves para quem estuda Fonoaudiologia

Veja a seguir quatro áreas importantes para atua nessa área:

1- Audiologia

Essa área investiga problemas que estão relacionados a audição ou equilíbrio. Existe um exame muito famoso dessa área que se chama audiometria, ele serve para indicar se o paciente desenvolveu algum grau de surdez ou não. A partir do diagnóstico desse exame, o fonoaudiólogo pode recomendar qual o melhor aparelho para ser usado e possíveis tratamentos que possam resolver os problemas de equilíbrio.

2- Linguagem

Esse é o campo que investiga os distúrbios que podem ocorrer na fala ou escrita. Sim, muitas vezes uma criança pode estar cometendo erros ortográficos que tem origem fonológica. Portanto, é essencial identificar esse problema cedo para que o fonoaudiólogo consiga reverter casos desse tipo sem causar consequências mais complexas durante a alfabetização. Além de ajudar crianças no desenvolvimento da aquisição da linguagem e da escrita, essa área auxilia os adultos também. Muitas vezes alguma lesão, doença ou acidente resultam em sequelas que comprometem a linguagem e a escrita ou a comunicação de maneira geral. Para isso, é necessária a atuação do fonoaudiólogo junto com um fisioterapeuta para tentar amenizar ou até reverter as sequelas.

3- Motricidade Oral

Essa é uma área dedicada ao aperfeiçoamento muscular do rosto e dos músculos do aparelho fonador. O fonoaudiólogo atua no diagnóstico dos problemas relacionados às funções que envolvem respiração, mastigação, sucção, fala e deglutição, que são afetados em diferentes etapas da vida. O objetivo é tratar e adequar o funcionamento correto dos músculos que estão envolvidos nas funções citadas. Esse profissional indica exercícios que buscam harmonizar de forma correta toda a área do rosto e do aparelho fonador, trazendo mais qualidade de vida e comunicação para os pacientes.

4- Voz

É a área que trata especificamente da voz e dos problemas que estão relacionados a ela, como rouquidão, entonação e também dicção. O profissional indica técnicas que podem ser aplicadas através de uma rotina de exercícios para sanar os problemas que estão afetando a comunicação oral. É comum uma pessoa estar enfrentando rouquidão devido a calos localizados nas cordas vocais, por exemplo. Sendo assim, o fonoaudiólogo indica os exercícios que trabalham essa área e soluciona esse problema ao longo de algumas sessões.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para quem fez o curso de Fonoaudiologia pode ser também bastante diversificado. O profissional dessa área pode trabalhar em clínicas especializadas, empresas de telemarketing, hospitais, reabilitação. Além dessas opções, vale lembrar que essa é um graduação de bacharelado que está bastante envolvida na área da educação. Muitas escolas necessitam dos serviços de um fonoaudiólogo para resolver problemas relacionados à alfabetização. Se você gosta da área de investigação, também é possível trabalhar nesse ramo. Existe um segmento de investigação criminal que se chama fonética forense. A forma de trabalhar nessa profissão é através de concursos que são oferecidos pelas instituições públicas. Para isso, é importante que você fique de olho nos editais de concursos.

O salário de um fonoaudiólogo

Vale ressaltar que essa é uma questão bastante relativa, pois vau depender muito do segmento profissional ou empresa que se trabalha, mas de acordo com o site da Catho, a média salarial de quem é formado em Fonoaudiologia é de R$ 2.132. Portanto, esse pode ser um bom salário inicial e ainda pode ser incrementado com uma pós-graduação.

Conclusão

E aí? Se interessou pelo curso de Fonoaudiologia? Se você gosta de uma graduação com conteúdo interdisciplinar, essa pode ser uma ótima opção. Várias áreas das ciências se relacionam com essa formação, portanto, pode ser uma ótima maneira de expandir os horizontes e decidir por caminhos profissionais que levam a diferentes atuações para a carreira de fonoaudiólogo. Para isso, não deixe de buscar mais informações sobre as áreas em potencial e que podem fazer de você um profissional diferenciado. Se você deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.
Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *