curso de Medicina Veterinária

Curso de Medicina Veterinária e mercado: saiba tudo

Gosta de animais e pretende fazer um curso de Medicina Veterinária? Embora a paixão pelos bichinhos seja um bom motivo, existem várias razões para seguir a carreira.

Isso porque a medicina veterinária é um mercado que só cresce. Os cuidados cada vez maiores com os pets geram uma demanda na área clínica. Porém, não para por aí: cada vez mais precisa-se de veterinários na produção de produtos destinados aos animais.

Neste texto aqui, vamos explicar tudo sobre o curso, o mercado e a profissão da medicina veterinária.

Leia mais: Medicina: quanto sacrifício é necessário para realizar um sonho?

Como é o curso de Medicina Veterinária?

Para atuar como veterinário, você precisa ter um curso de nível superior na área. Ele é ofertado na modalidade de bacharelado e tem duração média de 5 anos. O curso pode ser integral (dois turnos) ou em um turno só. Isso varia conforme a instituição.

É um curso na área da saúde, então espere bastante aulas práticas, às vezes em um hospital universitário, se a faculdade tiver um.

O atendimento é feito pelos próprios alunos, com supervisão dos professores. Em geral, estes hospitais realizam pequenas cirurgias, exames e consultas.

Você gosta de estudar química e biologia? Essa é uma pergunta importante, pois você vai encontrar muitas matérias que exigem esses conhecimentos.

O começo do curso é cheio de matérias básicas. Afinal, você precisa ter a base para disciplinas mais práticas e próximas da área de atuação.

No último semestre, é necessária a realização do estágio obrigatório ou estágio supervisionado. Ele serve como uma experiência prática, para testar os conhecimentos adquiridos no curso.

Além disso, você vai precisar fazer o famoso Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Ele pode servir como um cartão de visita para a pós-graduação, caso você queira fazer pesquisa.

Embora a grade curricular varie conforme a faculdade, algumas coisas são comuns. Então, separamos algumas disciplinas que você com certeza vai encontrar:

  • Anatomia;
  • Animais Silvestres;
  • Biologia;
  • Direito;
  • Fisiologia;
  • Histologia;
  • Nutrição Animal;
  • Patologia;
  • Produção Animal;
  • Meio Ambiente;
  • Toxicologia.

Curso de Medicina Veterinária à Distância

O curso de Medicina Veterinária é oferecido nas modalidades presencial e EaD. Esta última é cada vez mais procurada por duas razões: praticidade e economia.

As mensalidades de cursos de Medicina Veterinária online tendem a ser menores do que as presenciais. Além disso, estudar em casa poupa muito tempo com o deslocamento.

Porém, nem todas as instituições de Ensino à Distância oferecem os mesmos padrões de qualidade. Professores e recursos didáticos bons são um requisito importante para uma boa formação. Neste texto aqui damos algumas dicas sobre essa escolha tão importante.

Mercado de trabalho para o curso de Medicina Veterinária

Qual a imagem que vem na sua cabeça quando se fala em medicina veterinária? Para a maioria das pessoas, é a de uma clínica ou Pet Shop. E não está errado, pois o cuidado com os bichos de estimação anda em alta.

Em grandes cidades, o mercado das áreas clínicas e cirúrgicas tende a ser um pouco saturado. Esse problema pode ser contornado buscando uma especialização.

Dentro da área clínica, destacamos o cuidado com os gatos. Esses pets estão na moda. Práticos e fáceis de cuidar, eles se ajustam aos apartamentos sem muito stress. Com a verticalização urbana, a tendência é aumentar.

No entanto, é preciso dizer que há outros caminhos possíveis. Pense nos produtos de um Pet Shop, por exemplo: alguém precisa desenvolver e testar. Cosméticos, produtos de higiene e remédios. Todos precisam levar em conta a saúde dos animais e, dessa forma, ajudam a empregar veterinários.

Além disso, os animais cumprem diferentes funções. Você já ouviu falar na gripe aviária e suína? Então, a indústria de alimentos também precisa se preocupar com a saúde animal. O médico veterinário é a pessoa certa para isso.

O Brasil é um dos principais exportadores de carnes de todos os tipos no mundo. Isso significa uma demanda gigante de veterinários no campo.

Igualmente, a melhoria genética de espécies é uma área de atuação. Isto é: selecionar os animais, por várias gerações, para servir aos propósitos humanos. Criar raças de cachorro mais fofas, galinhas mais carnudas.

Você, também, pode trabalhar com a pesquisa. Na pós-graduação, o veterinário pode trabalhar para expandir o conhecimento humano. Encontrar a cura e vacinas para doenças, por exemplo.

Setor público

Por fim, um setor que não pode ser esquecido: o público. Embora não sejam vagas fáceis de conseguir, elas em geral pagam mais do que a média e têm o bônus da estabilidade. Se você tem interesse em trabalhar com animais silvestres, então talvez os órgãos ambientais sejam a melhor alternativa.

Os órgãos que costumam ter mais oportunidades desse tipo são:

  • Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa);
  • Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA);
  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama);
  • Exército Brasileiro.

O perfil de um Médico Veterinário

Em primeiro lugar, gostar de animais. Afinal, você vai trabalhar muito com eles, em qualquer área que você faça carreira. Porém, como vamos mostrar, não é só isso.

Como é comum nas áreas da saúde, você vai ter contato com coisas consideradas “nojentas”. Cirurgias, animais doentes, entre outras coisas que podem não ser fáceis de ver. Então é preciso ter certa tolerância.

Também é preciso estar atento aos detalhes. Um ser vivo pode ser frágil e você não quer matar o bichinho de alguém. Na área da pesquisa, é ainda mais importante, pois pequenos detalhes podem alterar partes importantes de um estudo.

É também necessário certo preparo emocional. Bichos e pessoas em situação delicada demandam acolhimento. Da mesma forma, você vai encontrar situações em que a melhor opção é sacrificar. Isso pode ser difícil de fazer.

Por outro lado, jogo de cintura para lidar com contato social. Isto é: criar um ambiente confortável em situações chatas, como o cachorro da família doente. Ou seja: tem que ser forte, sem deixar de ter empatia.

A profissão é regulamentada. Dessa forma, além do curso de Medicina Veterinária, é preciso conseguir um registro junto ao Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) da sua localidade.

Salário

Uma questão que não pode faltar quando se escolhe uma profissão é o salário. No caso da veterinária, varia bastante conforme a área de atuação.

Para se ter uma ideia, segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o médico veterinário pode atuar em mais de 88 áreas, todas pautadas pela regulação da profissão.

Essa regulamentação profissional garante, no entanto, uma remuneração mínima de acordo com a jornada.

Assim, temos os valores abaixo:

  • 6 horas: 6 salários mínimos;
  • 7 horas: 7,25 salários mínimos;
  • 8 horas: 8,5 salários mínimos.

Esses valores podem variar para baixo, principalmente no começo da carreira. Isso porque pode ser que sua carteira não seja assinada com o cargo de Médico Veterinário.

Em termos de média salarial, em 2021, o portal Salários apontava um valor em torno de R$ 3.939. O salário máximo é de cerca de R$ 9.037.

Especializações

Com um mercado de trabalho cada vez mais dinâmico, é preciso procurar sempre se destacar. Procurar uma especialização pode ser a porta para um melhor salário e mais vagas.

Muitas áreas de atuação irão exigir que, além da graduação, você se especialize em algo. Estes cargos são, em geral, os que pagam melhor.

Por isso, separamos algumas das opções para você dar uma olhada:

  • Medicina Veterinária Clínica: lida com hospitais e clínicas veterinárias. Como dissemos anteriormente, este é um setor um pouco cheio e, dessa forma, demanda mais formação para se destacar;
  • Veterinária Industrial: forma especialistas nas indústrias de produtos com origem animal ou direcionados para animais;
  • Medicina Veterinária Ambiental: atua na conservação de espécies silvestres;
  • Controle e Tecnologia para Populações Animais: trabalha com a manipulação genética de populações animais.

Leia mais: Como é o curso de Enfermagem: guia completo da profissão

Próximos passos

Em resumo, a medicina veterinária é uma área que pode conciliar o amor aos animais com a vontade de ganhar dinheiro. De fato, há muitas oportunidades, entre a área ambiental, clínica, Pet Shops e indústria.

Agora que você conhece o curso de Medicina Veterinária, pode começar a pensar no próximo passo. Isto é: escolher a instituição certa para você. Essa escolha pode ser difícil, pois são muitas as opções. Contudo, nós estamos aqui para ajudar você.

Se o curso de Medicina Veterinária não te agradou, não se preocupe! Aqui no blog temos diversos posts que podem te ajudar nos estudos e na carreira.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *