curso para corretor de imóveis

Curso para corretor de imóveis: como entrar na carreira!

Você sabia que a profissão de corretor de imóveis é regulamentada e exige curso para corretor de imóveis? Pois é, não basta apenas gostar e entender da área para sair por aí vendendo ou alugando casas e apartamentos novos ou usados.

Essa carreira é regulamentada desde 1978. O profissional precisa obter um registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) para começar a atuar. Para requerer o registro é preciso ter formação específica. Dois requisitos são exigidos:

  • Ter o ensino médio completo; 
  • Ter realizado o Curso de Técnico em Transações imobiliárias (TTI).

A boa notícia é que a profissão de corretor de imóveis está em alta. Há muitos estudantes procurando seguir esta carreira e trabalhadores de outras áreas migrando para este setor em busca, principalmente, de maiores rendimentos. Com estudo, dedicação e paixão pela profissão, você tem a oportunidade de garantir ganhos altos. Mas atenção: esse profissional dificilmente tem um salário fixo.

Além do curso básico, existem outras opções de especializações para os corretores que não querem ser apenas mais um profissional no mercado. Confira!

Saiba mais: Graduação em Negócios Imobiliários na Estácio

Tipos de curso para corretor de imóveis

A formação na área imobiliária é requisito para dar entrada no processo de inscrição no CRECI. Mesmo que você já tenha diploma em outra área, é necessário fazer um curso específico para requerer o registro. Há três tipos de formação que você pode fazer para se tornar um corretor de imóveis: curso técnico, tecnológico ou bacharelado.

Primeiramente, é preciso que você tenha 18 anos e adquirido a certificação de conclusão do ensino médio. Em seguida, deve escolher se prefere iniciar em um curso de TTI (Técnico em Transações Imobiliárias) ou iniciar um curso superior de Tecnológico de Ciências Imobiliárias ou Gestão de Negócios Imobiliários.

Curso para corretor de imóveis de nível técnico (TTI)

O curso Técnico de Transações Imobiliárias (TTI) é concluído em menos tempo e com custos menores. Levando isso em conta, é um dos mais procurados por quem deseja ingressar na profissão. O curso de TTI pode ter duração de 4 a 18 meses, dependendo do seu ritmo de estudo. Existem escolas por todo o Brasil que disponibilizam vagas para cursos inteiramente online, presencial e semi presencial (apenas as provas são aplicadas presencialmente).

O curso é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e integra o grupo de cursos técnicos de nível médio da área de Gestão e Negócios. Ele prepara o profissional para atuar na compra, venda e locação de imóveis. Os estudantes aprendem sobre a documentação necessária em cada tipo de operação, a legislação e parâmetros de uso e ocupação de imóveis.

Instituto Universal Brasileiro disponibiliza todas as opções com os devidos valores e formas de pagamento. Existe também o Ibrep, que é especialista em cursos de formação e especialização de corretores de imóveis. O Senac também pode ser uma boa opção.

Curso Tecnológico de Ciências Imobiliárias ou Gestão de Negócios Imobiliários

Também existe curso para corretor de imóveis que forma tecnólogos. Os cursos tecnológicos garantem um diploma de nível superior. Eles são uma graduação com duração mais curta, de 2 a 4 anos (caso opte pelo bacharelado).

Além de ensinar os estudantes sobre a parte prática e legal da profissão, o currículo vai mais longe que o da formação técnica. Ele conta com disciplinas que preparam os alunos para avaliar o mercado com mais profundidade. Há diversas universidades que oferecem esta formação com reconhecimento do MEC.

Entre as disciplinas estudadas estão:

  • Direito e Legislação;
  • Administração e Contabilidade;
  • Noções de arquitetura;
  • Matemática Financeira;
  • Administração de Imóveis e Locação;
  • Parcelamento do Solo Urbano e Suas Diversas Forma;
  • Sistema Registral e Notarial.

Assim como o curso técnico, os cursos de ensino superior dão ao candidato a opção de ingressar de forma presencial ou à distância. O custo, entretanto, é um pouco mais elevado que o curso técnico. Importante: antes de escolher a instituição, certifique-se de que ela está devidamente regulamentada. Você pode acessar o site do Ministério de Educação e Cultura para isso.

Algumas universidades que oferecem os cursos tecnológicos são a Estácio e a Pitágoras.

Curso para corretor de imóveis – Bacharelado

Existe uma única opção de curso superior de grau bacharelado em Ciências Imobiliárias no país. Ele é presencial e dura quatro anos e meio. O currículo é bastante completo e multidisciplinar. Os alunos estudam muito sobre Gestão, mas têm contato também com disciplinas como História, Psicologia e Sociologia. O curso é oferecido pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que é pública e gratuita.

Estágio durante o curso para corretor de imóveis

Como na maioria dos cursos técnicos ou universitários, antes da sua conclusão e recebimento do certificado, você deve fazer algumas horas de estágio. Antes de mais nada, solicite ao CRECI do seu estado o registro do estágio. Essa solicitação pode ser feita online, no site do CRECI do seu estado.

Geralmente são necessárias 130 horas de estágio. Para receber seu certificado, você deve apresentar o relatório do ‘corretor responsável’, devidamente assinado e confirmando o cumprimento da carga horária.

Como todo início de jornada profissional, os ganhos iniciais são menores. Um estagiário geralmente ganha de R$ 800 a R$ 1.300. Os valores podem variar de região para região e de acordo com o nicho de atuação da imobiliária.

O ideal é que você procure uma imobiliária conceituada na sua cidade para iniciar seu estágio, que deverá ter um responsável técnico. O responsável técnico é um corretor já credenciado e que será responsável por te orientar e instruir de forma gratuita.

Outras opções de curso para corretor de imóveis

Além dos cursos acima, existem especializações que podem fazer a diferença na sua carreira de corretor de imóveis. Confira algumas opções.

Curso de avaliação de imóveis

Entender sobre os processos de uma avaliação imobiliária é mais do que essencial para atuar como corretor. A dica é encontrar um curso que aborde como avaliar imóveis residenciais, comerciais e rurais.

 Técnicas de vendas e negociação 

Este curso é de extrema importância para o desenvolvimento de técnicas de vendas e negociação. Ou seja, para quem deseja ser um profissional confiante durante as negociações das transações. Ele ajudará você a entender mais a fundo sobre o comportamento do consumidor, como deixar um cliente satisfeito e como ser um vendedor de alto desempenho, entre outros tópicos.

Marketing imobiliário

Você vai aprender sobre planejamento estratégico de marketing, publicidade, promoção e marketing de sustentação. Também é possível entender melhor sobre captação e fidelização de clientes.

Matemática financeira  

No curso de matemática financeira, você vai aprender mais sobre financiamento, juros, inflação, capitalização, mercado financeiro e sistema de amortização. Além de aplicar os conhecimentos no mercado imobiliário, também pode levá-los para sua vida pessoal.

Consultoria imobiliária 

O corretor de imóveis precisa entender o processo de compra e venda de imóveis do início ao fim, bem como todos os trâmites que envolvem a transação imobiliária. Tudo isso faz dele um profissional completo, capaz de fazer os procedimentos e burocracias relacionadas à transação. Sendo assim, além de corretor, o profissional precisa ser um consultor.

Diferenciais importantes na carreira de corretor de imóveis

A carreira de corretor de imóveis atrai muita gente em função das comissões obtidas nas transações imobiliárias. Entretanto, não é todo mundo que consegue garantir uma renda alta todos os meses. A variação depende das condições do mercado e dos diferenciais que o profissional consegue agregar ao seu trabalho.

É fundamental dominar os aspectos técnicos e a legislação da área. Para se dar bem, o profissional deve ter habilidade em negociação e comunicação. Saber identificar as necessidades do cliente e formar uma boa rede de contatos fazem toda a diferença. Por fim, é preciso paciência e perseverança, visto que os rendimentos variam muito.

Acompanhe mais informações sobre cursos, bolsas, mercado de trabalho e dicas no blog Vai de Bolsa!

  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *