Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!

Cursos técnicos: vale a pena seguir essa formação?

Os cursos técnicos se tornaram a escolha de muitos estudantes que buscavam uma formação rápida e que garante boas oportunidades de emprego. Nesse sentido, para quem procura entrar no mercado de trabalho de maneira mais imediata, o curso técnico é uma boa opção de formação em comparação ao bacharelado e ao tecnólogo, por exemplo. Por muitos anos, quem terminava o ensino médio logo buscava uma vaga em uma faculdade de ensino superior. No entanto, hoje em dia, os cursos técnicos também se tornaram uma opção. Mas esse não é o único motivo que tornou os cursos técnicos tão populares. Além da formação em um tempo menor, os cursos técnicos têm custos menores, um bom retorno financeiro, e o melhor: excelente aceitação no mercado de trabalho. Conheça agora as especificidades dos cursos técnicos, as modalidades oferecidas e quais as perspectivas no mercado. Boa leitura!

O que são cursos técnicos?

Os cursos técnicos são uma categoria especial do sistema de ensino brasileiro. Diferente de uma faculdade, o curso técnico tem como objetivo formar profissionais para o mercado de trabalho de maneira mais imediata. E é por isso que os cursos técnicos tem um foco maior nas atividades práticas, muitos deles, inclusive, são 100% práticos. Alguns especialistas consideram que os cursos técnicos são uma formação que está entre o ensino médio e o ensino superior. Conheça os principais tipos de cursos técnicos e quais deles se encaixa melhor a sua necessidade.

Tipos de cursos técnicos

1. Curso técnico integrado

O curso técnico na modalidade integrado é uma combinação do Ensino Médio e do Ensino Técnico-Profissionalizante. Isso significa que a formação técnica pode ser feita após o primeiro ano do ensino médio, ou assim que o aluno conclui o ensino fundamental. Sendo assim, quando o aluno se forma ele terá uma certificação de conclusão do Ensino Médio e também da formação técnica escolhida.

2. Curso técnico externo ou concomitante

Nesta modalidade de curso técnico, a formação do aluno acontece ao mesmo tempo em que ele cursa o ensino médio. Porém, em períodos de estudo e em instituições diferentes. O aluno pode iniciar a formação técnica após o primeiro ano do ensino médio e após a conclusão, receberá ambos os certificados.

3. Curso técnico profissionalizante ou subsequente

A formação em curso técnico profissionalizante acontece após o aluno ter concluído o ensino médio. Mais rápido que um curso de graduação, o curso técnico prepara o aluno para o mercado de trabalho e tem cada vez mais aceitação. Ao concluir o curso técnico profissionalizante, o aluno recebe o certificado de técnico em nível médio.

Principais áreas de cursos técnicos

Os cursos técnicos são regulamentados pelo Ministério da Educação (MEC) e hoje já são mais de 130, divididos em 13 áreas. São elas:
  • Ambiente e Saúde
  • Controle e Processos Industriais
  • Desenvolvimento Educacional e Social
  • Gestão e Negócios
  • Informação e Comunicação
  • Infraestrutura
  • Militar
  • Produção Alimentícia; Cultural e Design; Industrial
  • Recursos Naturais
  • Segurança
  • Turismo, Hospitalidade e Lazer

Benefícios de se fazer cursos técnicos

Os cursos técnicos se tornaram um excelente caminho para quem busca desenvolver uma carreira profissional. E não é por menos! Os cursos técnicos possuem uma série de benefícios,  e que atendem a pessoas com as mais diversas necessidades. Conheça 7 benefícios de se fazer um curso técnico:

1. Preparação rápida para ingresso no mercado de trabalho

A formação em um curso técnico pode ter duração de meses. Isso significa que, em pouco tempo, o aluno estará capacitado para entrar no mercado de trabalho.

2. Baixo investimento e excelente custo benefício

Um curso técnico pode ter mensalidade até 4 vezes mais baratas que uma formação superior, o que o torna ainda mais acessível a população.

3. Educação baseada em uma série de atividades práticas

Em um curso técnico o aluno tem a oportunidade de vivenciar na prática as principais atividades que sua formação exige. Isso faz com que esse aluno tenha uma boa  preparação para encarar logo de uma vez o mercado de trabalho.

4. O curso técnico não exige estágio obrigatório para formação

Diferente de determinadas graduações, o estágio não é obrigatório para a conclusão de um curso técnico. Até porque, durante a formação, o aluno já conhece na prática a realidade da profissão que escolheu.

5. Oportunidade de ingresso em órgãos públicos através de concursos

A formação técnica tem sido bastante buscada por órgãos públicos. Com isso, o número de vagas específicas para essa formação tem aumentado constantemente em concursos públicos.

6. Habilitação para especialização profissional em pós-graduação;

Alguns cursos técnicos capacitam o profissional a buscar por especialização em pós-graduação. Afinal de contas, essa formação é avaliada nos mesmos termos de graduações superiores ou tecnológicas.

7. Excelente aceitação no mercado de trabalho e boas oportunidades de emprego.

A procura por profissionais com formação operacional não para de crescer. Isso significa que esses profissionais possuem excelentes oportunidades no mercado de trabalho.

Quais as diferenças entre um curso técnico e um tecnólogo?

Os cursos técnicos e tecnológicos possuem o mesmo objetivo: qualificar os alunos para o mercado de trabalho, com o ensino voltado para a prática e com recortes específicos. A grande diferença entre os dois é que enquanto o curso técnico é uma formação de nível médio, o curso tecnológico é uma formação superior, também chamada de graduação tecnológica. Além disso, enquanto a formação em um curso técnico pode ter uma duração de apenas alguns meses, o curso tecnólogo tem duração média de 2 a 3 anos. O impacto disso é que a formação técnica prepara o profissional para atividades operacionais, e o curso tecnológico habilita o aluno para assumir cargos de gestão.

Cursos técnicos com melhores salários

Mas com tantas vantagens, será que os cursos técnicos realmente possuem uma boa média salarial? Para descobrir isso, convido você a conferir os 10 cursos técnicos com melhores salários no Brasil. A pesquisa foi realizada pelo site Guia da Carreira. Confira:
  • Programação, Jogos Digitais ou Rede de Computadores – R$ 12 mil
  • Logística – R$ 9.000
  • Recursos Humanos – R$ 8.700
  • Seguros – R$ 7.000
  • Contabilidade – R$ 6.500
  • Marketing – R$ 6.500
  • Segurança do Trabalho – R$ 5.000
  • Mecânica – R$ 4.600
  • Enfermagem – R$ 4.500
  • Estética – R$ 3.800

Áreas com boas oportunidades para cursos técnicos

Outros cursos técnicos são bastante requisitados no mercado e oferecem boas oportunidades de emprego. São os cursos técnicos de:
  • Meio Ambiente;
  • Desenvolvedor Mobile;
  • Comércio Exterior;
  • Geoprocessamento;
  • Eletrotécnica;
  • Segurança do Trabalho;
  • Construção Civil; entre outros.

Comece a pensar desde já em cursos técnicos

Como já enfatizamos, uma formação técnica é hoje uma grande oportunidade para quem busca um emprego. É que além de possibilitarem uma formação profissional bem mais rápida, esse tipo de curso supre uma carência enorme de trabalhadores de determinadas áreas. Se você está cursando o ensino médio e já está pensando em seu futuro profissional, conheça mais sobre os cursos técnicos e as áreas que possam interessar a você. Essa é a oportunidade que você terá de vivenciar na prática atividades do seu interesse. E mesmo que você já tenha se formado no ensino médio, fazer um curso técnico poderá ser a oportunidade que você precisa para conseguir um bom emprego. Conheça mais sobre outras formações profissionais no blog do Vai de Bolsa e descubra inúmeras possibilidades para que você tenha um futuro de sucesso!
Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *