Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!

Como se tornar um dublador? Conheça essa profissão incrível!

O dublador é um profissional essencial no meio audiovisual. Isso porque é ele quem dá a voz a personagens de animação, filmes, séries, programas de TV e publicidade. O conteúdo dublado é muito importante, pois torna a cultura mais acessível a todos, principalmente para pessoas sem alfabetização. Sem a dublagem, os conteúdos estrangeiros estariam disponíveis apenas para quem domina o idioma ou sabe ler.

Saiba mais sobre a profissão de ator de dublagem e como virar um dublador profissional.

Como ser um dublador profissional

Engana-se quem acredita que para ser um dublador profissional é preciso ter uma voz bonita. Ou então, apenas gostar muito da profissão.

Para se trabalhar como dublador, mais importante do que ter uma voz bonita, é ter uma dicção bem clara. Ou seja, saber pronunciar muito bem as palavras para que todos compreendam o que está sendo dito. Segundo Mabel Cezar, sócia da Sociedade Brasileiro de Dublagem, em entrevista ao Uol, “não adianta nada a pessoa ter voz incrível, mas não saber interpretar o personagem. É sua qualidade de ator de dublagem que fará de você um excelente dublador. Mas é preciso ter uma excelente dicção. A fala deve ser perfeitamente entendida”.

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

Além disso, o dublador precisa ter o DRT, que é o registro de ator. Segundo o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo (Sated-SP) para conseguir o registro profissional de ator ou atriz, é preciso cursar uma faculdade ou escola técnica de Artes Cênicas ou Teatro.

Caso o ator não tenha cursado uma faculdade ou curso técnico, ele deverá comprovar junto ao sindicato do seu Estado, que já possui cursos livres e atua na área. Dessa forma, será emitido um atestado de capacitação para que ele possa dar entrada no pedido do registro profissional no Ministério do Trabalho.

tim-controle-banner

Qual formação devo ter para trabalhar como dublador?

Para se trabalhar como dublador, é necessário que você tenha uma formação em Artes Cênicas ou Teatro. Com o diploma e o registro de ator ou atriz em mãos, você já pode atuar como dublador. Depois disso, se desejar, o profissional pode recorrer a especializações e cursos específicos para a área.

As especializações e cursos de dublagem possuem conteúdos como: técnicas de dublagem, postura diante do microfone, técnicas de sincronismo labial, amenização de sotaque e regionalismo, respiração, dicção e domínio da voz. Além disso, muitos cursos trazem conteúdos de interpretação em dramaturgia, desenhos, entre outros.

É possível encontrar cursos específicos para dubladores nos sindicatos da carreira, por exemplo no Sindicato do Rio de Janeiro e de São Paulo.  

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

O que faz um bom dublador?

Segundo Wendel Bezerra, ator que interpreta o personagem Bob Esponja, o dublador “usa a voz para interpretar um personagem em outra língua”, por isso é extremamente necessário que o dublador seja um bom ator.

O dublador precisa ter uma grande vocação artística, pois é ele quem dará voz aos personagens de filmes, séries ou animações. Sendo assim, ele precisa saber interpretar, ser um bom ator e transmitir os sentimentos e emoções do personagem em sua voz.

Além disso, o dublador também precisa adaptar o conteúdo do texto, para o idioma desejado, com fluidez, sempre pensando no sincronismo da fala com o vídeo. Afinal, a boca do personagem deve aparentar que está falando o idioma que está sendo dublado, para que o resultado seja uma boa dublagem.

O ator de dublagem deve estar em constante contato com cinema, teatro, deve ler muito e ouvir programas de rádio. Toda essa bagagem cultural o ajudará a ser um profissional melhor.

Também existem dublagens que são feitas para a própria língua, sem conversão de idiomas. Essas dublagens costumam ser de animações, ou então corretivas. As corretivas são usadas quando o áudio original precisa ser melhorado, ou está com problemas e precisa ser regravado.

As dublagens que possuem conversão de idiomas, por exemplo um conteúdo em inglês que será dublado em português, costumam ser traduzidas por um tradutor, e só então depois, são passadas para o dublador.

Muitas vezes, o dublador só tem contato com o conteúdo do texto quando chega no estúdio de gravação. Sendo assim, o profissional dessa área deve ser bem maleável, e se adaptar a situação.

Quanto ganha um dublador?

Alguns dubladores famosos, por exemplo a Cameron Diaz, chegam a ganhar cachês altos por projeto. Em Shrek 2, por exemplo, Diaz recebeu 5 milhões de dólares. Porém, esta realidade está bem distante para um ator brasileiro.

Dubladores podem trabalhar como contratados em um estúdio de dublagem, ou então como autônomos. O piso da profissão pode variar de Estado para Estado, mas costuma ser de cerca de R$55,00 por hora de trabalho.

Em São Paulo por exemplo, a hora de trabalho é de R$125,83, segundo a convenção coletiva de trabalho de dubladores. “Muita gente desiste de ser dublador por causa do salário, pois ele depende das horas de dublagem trabalhadas no mês. Por isso, o dublador nunca sabe, de fato, quanto vai ganhar no final do mês”, diz Mabel.

O mercado também é bem restrito, e costuma ganhar por hora de trabalho.

Um ponto importante é que são consideradas horas trabalhadas, apenas as horas de dublagem e não o tempo corrido. Com uma boa carga horária de trabalho e com 10 anos de experiência, é possível ganhar entre R$ 12 mil e 14 mil por mês, acumulando também a função de diretor de dublagem.

Vale a pena fazer curso de dublador?

Um ponto importante é que o trabalho do dublador muitas vezes não é tão bem reconhecido. Isso até mesmo dentro do meio audiovisual.
Muitas vezes o estúdio troca a voz do dublador, sem antes comunicar o dublador. Também é muito raro um profissional conseguir receber direitos de exibição em seus trabalhos.

Conheça os principais dubladores brasileiros

1. Garcia Júnio

Garcia já deu voz a inúmeros personagens, como por exemplo Pica-Pau, He-Man, Simba do Rei Leão, MacGyver e Han Solo do Star Wars. É considerado hoje uma das principais vozes do Brasil.

2. Waldyr Sant’anna

Este profissional dublou vozes icônicas, como por exemplo o Homer de Os Simpsos. Além disso, também dublou inúmeros filmes do Eddie Murphy, nos anos 80.

3. Marisa Leal

Deu voz a diversos personagens dos clássicos da Sessão da Tarde, como por exemplo a Toula de Casamento Grego. Além disso, participou de séries icônicas, como Família Dinossauro, onde dublava o Baby. Também deu voz a várias animações, como por exemplo no filme A Pequena Sereia, onde dublou Ariel.

4. Cecília Lemes

Cecília foi a segunda, e mais marcante, dubladora da Chiquinha, do Chaves. Dublou também filmes com Anne Hathaway, Julianne Moore e Meryl Streep.

5. Wendel Bezerra

Um dos maiores dubladores da atualidade, Wendel Bezerra dublou personagens como Bob Esponja e Goku do Dragon Ball. Além disso, também dublou Robert Pattinson em Crepúsculo, Leonardo diCaprio em o Homem da Máscara de Ferro e outros personagens animados.

Agora você já conhece um pouco mais sobre a profissão de dublador. Conheça mais sobre outras profissões, como os melhores cursos para quem é criativo, no Blog Vai de Bolsa. 

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *