Você sabe o que fazia um dactilógrafo, projecionista de cinema ou ascensorista? Essas profissões praticamente desapareceram e são desconhecidas pelas gerações mais novas. Isso significa que o mercado de trabalho está sempre mudando e evoluindo. Funções são extintas, enquanto outras surgem. Por isso, quem está começando uma carreira agora precisa prestar atenção às tendências quando o assunto é emprego no futuro.

É claro que não basta investir em uma carreira porque ela está na moda ou porque deve ser lucrativa no futuro. Mas listas como essa que montamos podem inspirar quem quer fazer algo bem diferente dos demais. Além de investir em um caminho que tem tudo para crescer e incrementar seu currículo.

Neste post, vamos abordar seis profissões que vão garantir seu emprego no futuro.

Leia mais: Quais são as profissões do futuro?

Como vai ser o emprego no futuro?

Para começar, vamos falar um pouco sobre as mudanças que o mundo do trabalho tem sofrido? Muitas mudanças na forma de trabalhar tem se consolidado nos últimos anos. Experiências de home office, por exemplo, são cada vez mais comuns. Assim como pagamentos por entrega e resultado e não mais por horas trabalhadas. 

Além disso, países como a Suécia são pioneiros ao implementar jornadas de trabalho reduzidas. Isso significa que o tempo que os profissionais passam no serviço tende a reduzir e tudo que puder ser feito à distância, será feito. 

Também muda a forma como as pessoas trocam de carreira, com mais disponibilidade de cursos online e novas funções, que não exigem necessariamente um conhecimento prévio. Afinal, são áreas novas e não existem muitos profissionais por aí com experiência.

E essas mudanças não valem apenas para quem trabalha em escritórios. As redes de varejo, por exemplo, já estão utilizando cada vez mais o autoatendimento e o e-commerce. O que representa uma mudança na função de atendentes, vendedores e outros profissionais de serviços. 

Muitos vão se tornar mais como “consultores”, ao auxiliarem o processo de compra, em vez de convencerem o consumidor a levar um produto. Afinal, com a tecnologia, estamos cada vez mais buscando sobre nossas compras online antes de fechar o negócio. 

Modernidade de tecnologia

Da mesma maneira, a indústria e a construção civil estão cada vez mais modernas, com aplicativos e máquinas que diminuem bastante o trabalho braçal, fazem o controle de insumos e previnem acidentes. 

Mas, é claro, nem todas as mudanças são positivas. O enfraquecimento das relações de trabalho também pode levar a um compromisso mais frágil entre o profissional e o empregador. O que, muitas vezes, representa uma diminuição na segurança e estabilidade do trabalho. 

Porém, se você quer estar preparado para todas essas transformações, vale a pena conhecer as profissões que vão garantir muitas vagas de emprego no futuro. Continue lendo e entenda!

6 profissões que vão garantir seu emprego no futuro

Assim como as funções tradicionais vão passar por mudanças (e tendem a continuar contratando bastante), algumas outras profissões tendem a ter um crescimento acelerado. 

Nas áreas de marketing, engenharia e tecnologia, especialmente, existem muitas possibilidades de emprego no futuro. Mas listamos aqui algumas delas, para que você possa se inspirar e saber mais!

1 – Engenheiro com foco em Agronegócio

A população está sempre crescendo e o agronegócio acompanha esse movimento, produzindo cada vez mais alimento e outros produtos que garantam nosso conforto. Existe, porém, um limite para esse crescimento desenfreado e é preciso investir em tecnologia para garantir um desenvolvimento sustentável.

Por isso, profissionais de engenharia focados em produção agrícola e pecuária tendem a ter boas oportunidades de emprego no futuro.

Para trabalhar com na área, existem algumas faculdades possíveis. As mais comuns são: agronomia, aquicultura, agrimensura, ambiental, florestal, de pesca e biossistemas. 

Nesses cursos, o profissional aprende não só sobre a produção em si, mas especialmente, a desenvolver processos e utilizar a inovação para criar novos sistemas de produção, mais sustentáveis e eficientes. 

2 – Analista de Big Data e Business Intelligence

Com a internet, deixamos dados em todo lugar. E as empresas aproveitam essas informações para mapear tendências de consumo, planejar promoções, prever baixas, entre outros movimentos de mercado. 

Mas quem é o responsável por reunir e analisar essa montanha de informações? O profissional de Big Data e Business Intelligence. 

Geralmente, essa função é exercida por alguém com conhecimentos em estatística e tecnologia, mas também com bastante experiência em negócios e consumo. 

Ele fica responsável por estudar os dados e repassar suas conclusões para os departamentos responsáveis: de marketing, vendas, desenvolvimento, entre outros. 

E para trabalhar na área, o ideal é cursar Sistemas da Informação ou Matemática. Mas graduados em outras áreas, como Marketing, Administração e Economia também podem se especializar nesse segmento e aplicar seus conhecimentos no tratamento de dados complexos. 

3 – Bioinformacionista

A tecnologia em saúde também é uma importante tendência e pode ser uma excelente profissão para quem gosta de biologia e química! 

O bioinformacionista, em especial, trabalha no desenvolvimento de novos medicamentos utilizando os estudos da genética. Ele atua dentro de indústrias farmacêuticas e laboratórios, desenvolvendo novas soluções. 

Para isso, este profissional geralmente tem formação em Farmácia, Medicina, Biomedicina ou Biotecnologia

4 – Designer de inovação

O desenvolvimento de novas soluções para o nosso cotidiano é o foco do designer de inovação. Esse profissional pode atuar nos mais diversos segmentos e foca em pesquisar tendências de mercado, utilizando ferramentas e processos do design. Assim, consegue auxiliar empresas a criarem produtos mais eficazes e focados na experiência do usuário. 

Quem já trabalha na área geralmente tem formação em Design, com especializações em UX Design, Design de Produto ou Inovação.

5 – Gestor de comunidade

E voltando para o marketing, você já deve ter percebido como as marcas estão investindo muito mais em criar comunidades em torno dos seus produtos ou serviços. 

Afinal de contas, nossa forma de consumir mudou bastante. Não confiamos apenas na publicidade, mas no que estão falando sobre aquela empresa nas redes sociais, por exemplo. Também estamos cada vez mais atentos à responsabilidade social das marcas, entre outras questões que vão além do preço ou do marketing tradicional. 

Por isso, quem quer ter uma boa imagem no universo digital precisa investir em ferramentas como o branding e gestão da marca. E um dos profissionais que faz isso é o Gestor de Comunidade, ou Community Manager, como também é chamado. 

Ele fica responsável pelo relacionamento com os consumidores nas redes sociais, acompanha o posicionamento da marca, contribui no gerenciamento de crises e identifica novas oportunidades no segmento. 

Portanto, se você é comunicativo, ágil e muito atento às redes sociais, essa pode ser a profissão que vai garantir seu emprego no futuro! Para trabalhar com isso, o ideal é cursar Marketing, Publicidade ou Relações Públicas. Mas também existem outros profissionais da comunicação na área, como jornalistas. 

6 – Gestor de Resíduos

Já falamos sobre como a sustentabilidade é uma tendência essencial para o futuro do planeta, certo? Isso também significa que cada vez mais os governos estão criando leis para regulamentar a produção de resíduos em estabelecimentos comerciais e indústrias. 

Para auxiliar nesses processos e garantir que as empresas estão de acordo com a legislação, existe a função de Gestor de Resíduos. 

Esse profissional pode ter formação em Engenharia Química, Ambiental ou até Biologia. Ele cuida para que os resíduos sejam acondicionados no local correto, assim como desenvolve os melhores processos logísticos para que tenham o fim adequado. 

E como ficam as profissões tradicionais?

O fato de algumas novas áreas estarem surgindo não significa que as demais vão desaparecer. Na verdade, elas devem se atualizar para acompanhar as transformações e a tecnologia. Por exemplo, a medicina do futuro tende a ser muito mais focada em prevenção. 

Da mesma maneira, as tendências do futuro para as engenharias apontam para cada vez mais campo para as áreas focadas no desenvolvimento tecnológico e menos na produção em si. 

Portanto, se você ainda quer seguir uma carreira mais tradicional, não precisa se desesperar. O importante é acompanhar sempre as tendências do segmento e estar pronto para se adaptar. Afinal, essa habilidade é apontada como uma das mais importantes para quem está entrando no mercado de trabalho agora!

E se você quer saber mais sobre as áreas que vão garantir seu emprego no futuro, confira também nosso artigo sobre outras profissões que vão ter muitas vagas nos próximos anos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui