O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já é reconhecido por todos os estudantes e pela maioria de faculdades do Brasil – saiba aqui como se inscrever. No entanto, o que poucos sabem é que nota da prova também é aceita em instituições portuguesas. Um exemplo é o Enem na Universidade de Coimbra. O exame é aceito na instituição de ensino superior. Porém, a nota de corte e os requisitos para acesso são outros.

Achou interessante essa possibilidade? Antes de tudo é importante saber que a Universidade de Coimbra foi reconhecida em 2013 como um Patrimônio Mundial pela Unesco. Sendo assim, ela é considerada uma ótima opção para os estudantes que buscam uma graduação, por exemplo.

NO entanto, para entrar lá não é fácil. O Enem na Universidade de Coimbra só é aceito com notas a partir de 600. Além disso, você não pode ter nacionalidade portuguesa para aderir a essa modalidade. Quer saber um pouco mais? Acompanhe nesse post e descubra também outras instituições portuguesas que aceitam a sua nota do Enem.

Leia também: Como conseguir bolsas de estudo no exterior

O Enem na universidade de Coimbra: uma parceria

De acordo com o site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem ser usados nos processos seletivos de aproximadamente 40 universidades, institutos politécnicos e escolas superiores no país vizinho.

O termo de parceria também foi assinado com a Universidade de Coimbra. No entanto, é importante saber que, assim como a universidade de Coimbra, as outras também têm suas próprias regras para aceitar ou não os candidatos. A boa notícia é que o Enem na Universidade de Coimbra foi a primeira experiência em Portugal. Depois disso, as outras instituições abriram as portas para os brasileiros. Então, é possível afirmar que o projeto foi positivo.

No entanto, é preciso pagar para ter acesso ao ensino superior nessa instituição. Para você ter uma ideia, o valor anual de um curso superior na Universidade de Coimbra é de 7 mil euros. O preço é alto, mas pode ser parcelado em aproximadamente 10 parcelas.

Saiba qual deve ser a sua nota do Enem

Agora você já sabe que dá para usar o Enem na Universidade de Coimbra. No entanto, como adiantamos acima, o processo não é tão simples. Primeiro, porque você precisa de uma nota mínima para fazer a sua candidatura.

Vale destacar que a nota de corte mínima é de 120 valores na escala portuguesa de 0-200, que equivale a 600 na escala do Enem. No entanto, para os cursos de mestrado integrado em Medicina Dentária e Engenharia Química as notas são diferentes. Sendo 140 valores, o que vale a 700 na escala Enem e 130 valores, o que vale a 650 na escala Enem, respectivamente.

Qual curso escolher?

As opções são inúmeras. Existem vários cursos que são acessíveis pelo Enem na Universidade de Coimbra. No entanto, as vagas são limitadas. Se você tem realmente interesse e quer saber se a sua profissão está inclusa na lista, preste atenção:

  • Arqueologia
  • Administração Público-Privada
  • Ciências Bioanalíticas
  • Ciência da Informação
  • Direito
  • Farmácia Biomédica
  • Estudos Artísticos
  • Antropologia
  • Economia
  • Estudos Clássicos
  • Biologia
  • Gestão
  • Estudos Europeus
  • Bioquímica
  • Relações Internacionais
  • Filosofia
  • Design e Multimédia
  • Sociologia
  • Geografia
  • Engenharia e Gestão Industrial
  • Ciências da Educação
  • História
  • Engenharia Informática
  • Serviço Social
  • História da Arte
  • Física
  • Ciências do Desporto
  • Jornalismo e Comunicação
  • Geologia
  • Química Medicinal
  • Línguas Modernas
  • Matemática
  • Química
  • Português
  • Turismo, Território e Patrimônio

No entanto, além de escolher o seu curso e cumprir a nota mínima na prova do Enem, existem outros requisitos.

Requisitos para usar o Enem na universidade de Coimbra

A primeira questão é identificar se você realizou a prova do Enem no mesmo ano da inscrição na universidade. Se preencher esse requisito, pode avançar na sua inscrição. Caso isso não tenha acontecido, ainda é possível usar a nota do Enem de até 3 anos antes da sua inscrição. Isso também facilita bastante a sua vida de um futuro estudante internacional.

Além disso, você precisa ter em mãos o diploma do ensino médio no ato da inscrição. Ele é fundamental para que você possa avançar para a próxima etapa de seleção da Universidade de Coimbra.

Saiba ainda que não basta ter uma nota no Enem superior a 600. Alguns cursos específicos têm notas de corte diferentes. Fique atento! O peso dessa nota pode ser verificado na tabela fornecida pela universidade, disponível no site da instituição.

Além de tudo isso, você só pode usar o Enem na Universidade de Coimbra se não tiver nacionalidade portuguesa. Caso contrário, terá que fazer o vestibular normalmente e concorrer com os outros estudantes do país.

O passo a passo para a sua candidatura

Se lendo todo esse conteúdo você decidiu avançar e usar o Enem na universidade de Coimbra, siga então os próximos passos. Eles são fundamentais para que a sua candidatura seja aceita e para passar para as próximas fases de classificação. Primeiro, é preciso criar um registro no site da universidade. Basta preencher todos os campos solicitados.

Depois, você precisa proceder com a candidatura no mesmo link do registro. O site é totalmente intuitivo. Então, basta seguir o passo a passo. Por fim, você precisará fazer o pagamento da taxa ao final da sua candidatura. Reserve um dinheiro para iniciar os seus estudos no exterior.

Outras instituições portuguesas aceitam a nota do Enem

Além de usar o Enem na Universidade de Coimbra, você pode optar por estudar em outra universidade do país vizinho. Nós já comentamos aqui que aproximadamente 40 instituições aderiram ao programa. Sendo assim, suas possibilidades aumentaram. Separamos aqui uma lista completa para você saber onde pode procurar a melhor oportunidade de estudos para você. Confira algumas delas:

  • Universidade de Coimbra (UC)
  • Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria)
  • Universidade de Aveiro (UA)
  • Instituto Politécnico da Guarda (IPG)
  • Universidade de Lisboa (ULisboa)
  • Instituto Politécnico de Viseu (IPV)
  • Universidade do Minho
  • Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu)
  • Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Universidade Lusófona)
  • Instituto Politécnico de Setúbal (IPS)
  • Universidade Portucalense (UPT)
  • Instituto Universitário da Maia (Ismai)
  • Universidade Católica Portuguesa (UCP)
  • Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)
  • Instituto Leonardo da Vinci (ILV)
  • Escola Superior de Saúde do Alcoitão (Essa)
  • Universidade Lusíada – Norte
  • Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC)
  • Universidade Europeia
  • Instituto Universitário de Lisboa (Iscte-IUL)
  • Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa (ESSNorteCVP)
  • Universidade Autônoma de Lisboa (UAL)
  • Instituto Politécnico da Lusofonia (Ipluso)

Saiba mais

Gostou das dicas de como usar o Enem na Universidade de Coimbra e em outras instituições do país vizinho? Temos ainda mais conteúdo esperando por você no blog Vai de Bolsa. Tudo o que você precisa saber para se preparar para o Enem, você encontra no nosso portal. Afinal, como você viu, também é preciso garantir uma boa nota para ter mais chances de conquistar uma ótima vaga na instituição escolhida.

Como melhorar o desempenho no Enem

Uma boa dica nós já vamos adiantar aqui mesmo, mas você pode ver o conteúdo completo na nossa página. Dá para usar vários aplicativos de celular para melhorar os estudos para o Enem. Muitos são gratuitos e oferecem materiais de diferentes disciplinas. Dá até para encontrar simulados, apostilas e exercícios específicos para cada matéria que cai no Enem. Assim, você revisa o conteúdo, consegue uma boa nota e se dá ainda melhor na hora de fazer uma seleção em uma universidade Portuguesa.

Venha com a gente e construa uma carreira de sucesso! Nós temos os melhores artigos para apoiar você nessa etapa da vida profissional.

Não conseguiu acessar uma universidade portuguesa? Outra opção é validar o seu diploma em uma instituição estrangeira. Confira como no Blog Vai de Bolsa.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui