Ensino Médio Técnico: o que é e como funciona?

0
24

O ensino médio técnico pode ser uma boa opção para ingressar no mercado de maneira mais rápida. Caso você desconheça sobre essa modalidade de ensino, saiba que ela já existe há um certo tempo no Brasil e é responsável por garantir a formação tanto no ensino médio e técnico aos alunos de forma concomitante ou paralela.

Se você deseja saber mais sobre o curso médio técnico, esse texto lhe será útil. Aqui você encontrará informações relevantes para entender como funciona essa modalidade de ensino.

O que é o ensino médio técnico?

Antes de mais nada, é importante deixar mais claro como funciona essa forma de ensino.

Ele é reconhecido também como curso técnico integrado. Isso quer dizer que a instituição de ensino oferece ao aluno uma formação profissional articulada ao ensino médio.

Dessa forma, ele cursa as disciplinas do ensino médio normalmente, conforme o currículo das outras instituições. A única diferença é que ele também irá cursar as disciplinas específicas da formação técnica que escolher.

Sendo assim, ao concluir essas etapas de formação, o aluno terá em mãos o diploma de conclusão do ensino médio e o certificado de conclusão do curso técnico. Portanto, essa pode ser uma forma de ingressar mais rápido no mercado de trabalho e adquirir uma experiência profissional mais cedo.

Como se inscrever em curso técnico integrado

A maneira de ingressar em um curso técnico é bem simples, mas pode variar de acordo com cada instituição, algumas exigem que o aluno esteja cursando o segundo ano do médio, por exemplo.

Em outras, o aluno deverá ter o ensino fundamental completo ou concluí-lo até a data da matrícula. Após atender os pré-requisito básicos, você precisa verificar qual instituição de ensino é viável ou oferece o curso que deseja.

Existem cursos técnicos federais, desse modo, você pode verificar qual instituição federal existe na sua cidade. Para isso, confira o portal do MEC (Ministério da Educação) e saiba qual é o local mais próximo da sua residência. Confira o link aqui.

Saiba que algumas instituições elaboram um processo seletivo para ingressar nos cursos.  Para concorrer a uma vaga, basta fazer a inscrição e pagar a taxa estipulada. Também é possível requerer a isenção do pagamento no ato de inscrição, para isso, o candidato deverá comprovar a renda.

Após essa etapa, o candidato deverá aguardar a validação da isenção, que será notificada em uma data estipulada pela instituição. Caso o candidato tenha seu pedido indeferido, ele deverá efetuar o pagamento da inscrição em uma data limite que também é determinada pela instituição.

As modalidades do curso técnico

Um curso técnico pode ser feito de três formas: integrado, concomitante e subsequente.

A forma integrada substitui parcialmente o ensino médio, sendo feita assim que concluir o primeiro ano. Ao final do curso será dado o diploma e o certificado. Essa é uma maneira mais rápida de concluir os estudos.

A forma concomitante é aquela que você faz paralela ao ensino médio. Dessa forma você faz o ensino médio em um turno e o técnico em outro.

A forma subsequente é aquela que você faz ao concluir o ensino médio, podendo dedicar-se exclusivamente ao curso profissionalizante.

Cada uma dessas modalidades têm benefícios, um pode ser se formar mais rápido e outro seria a possibilidade de fazer um estágio.

Quais instituições oferecem ensino médio técnico e como funciona o ingresso

Veja a seguir algumas instituições que oferecem curso técnico:

IFSC

Para o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), por exemplo, o processo seletivo consiste em uma prova com 20 questões, sendo dez de Língua Portuguesa e dez de Matemática. Você pode conferir os cursos disponíveis nesse link.

Senac

No Senac, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, basta fazer a matrícula, mas para isso deve cumprir o pré-requisito básico, que é estar cursando o ensino médio. Veja a lista de cursos disponíveis nesse link.

Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV)

A instituição EPSJV fica no Rio de Janeiro e oferece cursos técnicos voltados para a área da saúde, com duração de quatro anos. São três habilitações técnicas para essa área:

  • Análises Clínicas;
  • Biotecnologia;
  • Gerência de Saúde.

A forma de ingresso para essa instituição é feita por meio de prova e sorteio público.

O exame consiste em uma prova de múltipla escolha, com 28 questões ao todo. Sendo 14 de Língua Portuguesa e 14 de Matemática. A escola tem esse método de ingresso por acreditar que a educação deva ser democrática, portanto, busca reduzir a desigualdade através dessa prática de seleção.

Vale lembrar que o sorteio é precedido por um exame e o aluno deve acertar o mínimo estipulado pela instituição, que é uma média de cinquenta por cento. Você pode conferir mais a respeito dessa instituição nesse link.

Senai  

A instituição de ensino Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) também oferece curso médio técnico para os alunos. Essa é uma das maiores redes de educação privada do país. Para se matricular no ensino médio integrado, o aluno só precisa cumprir o pré-requisito básico: estar cursando o segundo ano do ensino médio na instituição ou fora dela e ter uma idade mínima de doze anos.

Essa instituição não cobra exame de processo seletivo. Para ingressar em algum curso, basta pagar a taxa de matrícula e as mensalidades no decorrer da formação. Após a conclusão do terceiro ano, o aluno ganha o diploma de conclusão do ensino médio e a certificação do ensino profissionalizante. Confira mais sobre o Senai nesse link.

Como funciona a grade curricular do ensino médio técnico

Essa é uma questão que vai variar muito e dependerá de cada instituição. Cada uma tem um componente curricular diferente da outra.

Quem estuda em uma instituição federal e cursa o ensino médio integrado, por exemplo, terá mais facilidade para gerenciar a logística. Pois o curso técnico, provavelmente será no mesmo prédio ou em uma região muito próxima.

Quais as vantagens de cursar o ensino médio técnico?

Cursar essa modalidade de ensino pode ter alguns benefícios em relação ao ensino médio tradicional. Veja a seguir algumas vantagens:

Certificado profissional

A principal vantagem é de você sair com um certificado de um curso profissional, isso certamente trará grandes benefícios ao currículo. Com certeza, isso contará pontos na hora de uma contratação futura.

Maturidade

Ao cursar essa modalidade de ensino trará mais maturidade a você, principalmente nas questões sobre cumprir prazos, agregar estudos e ter responsabilidade com um ofício.

Estágio

Fazer um curso médio técnico pode ajudar você a conseguir um estágio, dessa forma você poderá estabelecer um vínculo com uma empresa e, quem sabe, ingressar no mercado de trabalho mais cedo.

Ficar a um passo da graduação

Estudar de forma integral faz com que você esteja sempre imerso nos estudos, dessa forma, você não perderá o ritmo e terá mais facilidade para realizar uma prova de vestibular e Enem.

Mais conhecimento sobre áreas de atuação

O ensino médio técnico pode trazer mais experiência para você. Desse modo, você terá mais conhecimento de mercado e quais as possíveis área de atuação. Isso, certamente, ajudará você na hora de ingressar no ensino superior.

Aprender uma profissão sem prejudicar os estudos

Essa também pode ser uma ótima vantagem ao fazer o ensino médio técnico. Pois ao fazê-lo de forma integral, você estará estudando para uma profissão concomitantemente ao ensino médio, sem trazer prejuízo algum aos estudos, pois o currículo do ensino médio é mesclado ao ensino técnico.

Agora que você sabe mais sobre o ensino médio técnico, ficou mais fácil de saber se essa modalidade de ensino se encaixa no seu perfil. Para isso, não deixe de se informar quais cursos são oferecidos e quais instituições são viáveis para você.

Confira também este artigo onde explicamos em que casos é mais vantajoso fazer um curso técnico e em que situações vale mais a pena fazer uma graduação.

Se você gostou desse assunto e quer saber mais sobre educação, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.