Você distribuiu alguns currículos e felizmente foi chamado para uma entrevista de emprego. Parabéns! Esse costuma ser o primeiro passo para ingressar no mercado de trabalho e em alguma empresa.

Veja a seguir algumas sugestões para ir bem na entrevista de emprego e como se comportar para não cometer nenhuma gafe ou ficar nervoso em excesso e tornar esse momento especial algo estressante.

Como funciona uma entrevista de emprego

A grosso modo, a entrevista é o método de seleção mais comum de contratação das empresas privadas. O objetivo da entrevista é de o candidato provar que atende aos requisitos exigidos para ocupar a vaga que está disponível.

Dessa forma, a entrevista de emprego nada mais é do que uma sabatina que o candidato é submetido para saber se é o futuro funcionário ideal para ocupar um cargo ofertado por determinada empresa.

Talvez você não saiba, mas na entrevista de emprego, o entrevistador já fornece as pistas que você precisa saber se a vaga que você almeja ocupar é também adequada para você. Por isso, é o momento de ele saber mais sobre você, mas também de você pedir informações pertinentes sobre condições de trabalho, faixa salarial, etc, para ver se a vaga realmente te interessa.

Portanto, a entrevista de emprego é uma via de mão dupla. Ao fornecer informações, você também poderá colher referências positivas ou negativas da empresa através de um bom diálogo com os avaliadores. Isso vai permitir que você tome uma decisão mais madura a respeito de aceitar ou não a vaga, caso você seja selecionado.

Mas para chegar à entrevista de emprego você passa por algumas etapas. Veja a seguir como se preparar para cada uma delas.

Passo 1: Faça um bom currículo

Saiba que o currículo é o seu cartão de visita, ele pode dizer muito a seu respeito e fazer com que você seja chamado para uma entrevista de emprego ou não.

Por isso, é importante você construir um bom currículo, de modo que ele seja atrativo para quem está fazendo o filtro de seleção, caso contrário, você será descartado antes de passar para a etapa da entrevista.

Veja a seguir os itens imprescindíveis para compor um currículo:

Dados pessoais

Seu currículo começa por essa parte. Ela deve conter todos os seus dados, como: nome completo, estado civil, idade, endereço, telefone, e-mail.

Lembre-se: é fundamental conter o seu contato, caso contrário, você nunca será chamado.

Objetivo

Após os seus dados, devem estar descritos o seu objetivo profissional. Desse modo, certifique-se  de que você está concorrendo para a vaga certa, pois é importante que não haja divergência entra a vaga pretendida e seu objetivo. Vale lembrar que essa parte deve ser bem sucinta, nada de se alongar muito.

Formação acadêmica

Aqui você deve inserir as suas formações, como escolaridade, cursos, etc. Você deve elencar a sua formação conforme a importância. Ou seja, do mais relevante ao menos relevante.

Habilidades

Quase tão importante quanto o conhecimento técnico demonstrado para a função desejada são as habilidades emocionais para lidar com problemas, conflitos, tratar colegas, trabalhar em equipe, entre outros. Portanto, é importante incluir no currículo as suas soft skills. Saiba mais sobre isso neste artigo.

Experiência profissional

Nessa parte, você deve colocar as suas experiências profissionais, caso tenha. Desse modo, coloque em forma de itens para que fique claro e objetivo. Descreva de forma breve as suas funções e obrigações desenvolvidas anteriormente. Lembre-se de que item também deve ser sucinto, sem muitas voltas e enfeites.

Caso você esteja pleiteando uma vaga para o primeiro emprego, use esta parte para colocar suas habilidades. Neste outro artigo damos dicas para esta etapa.

Línguas

Caso você tenha proficiência em uma língua estrangeira ou está fazendo algum curso, também é válido citar sucintamente.

Informática

Esse item é importante estar descrito, caso você tenha domínio em alguma área da informática.

Um currículo é composto basicamente com esses itens. Ele não deve ultrapassar mais do que duas páginas, deve ser simples, legível e discreto.

Você deve ter muito cuidado com os erros de digitação ou gramaticais, portanto, revise mais de uma vez para saber se está bem formatado, objetivo, claro e sem erros.

Algumas dúvidas são frequentes na composição do currículo, uma delas é a foto. A foto 3×4 é um tanto polêmica. Fique atento se a vaga exige que tenha foto no seu currículo, caso não seja exigida, deixe de fora, não coloque em hipótese alguma.

Além disso, saiba que um currículo deve ser fundamentado com algumas virtudes. Veja a seguir:

  • Sinceridade: isso quer dizer que você não deve mentir
  • Simplicidade: conhece aquela expressão que diz: “menos é mais”? Então, o currículo deve conter estritamente o necessário para a vaga.
  • Eficiência: isso quer dizer que o seu currículo deve atender a exigência necessária. Ele deve ter uma linguagem direta e focada para o objetivo da vaga desejada.

Agora que você já tem ideia de como confeccionar um currículo, veja a próxima etapa.

Passo 2: Pré-entrevista

Você se candidatou a uma vaga e depois de uma grande expectativa recebeu um comunicado de que a sua entrevista para aquela vaga está agendada para uma data futura.

É agora que a tensão começa, saiba que é muito difícil controlar a ansiedade e para isso, você deve tomar algumas medidas para adquirir o autocontrole. Portanto, prepare-se para encarar a entrevista de emprego.

Veja a seguir algumas dicas:

Pesquise mais sobre a empresa

Essa é uma maneira de você antever o que potencialmente será perguntado a você.

Pesquisar mais sobre a empresa que você almeja uma vaga, pode ajudar você a encarar com mais naturalidade a entrevista de emprego.

Se você conhece alguém que trabalhe nessa empresa, converse com essa pessoa. Certamente você conseguirá tirar alguns coelhos da cartola na hora da entrevista.

Seja pontual

Esse é um item fundamental. Tome cuidado para não chegar atrasado na entrevista, isso pode fazer com que você perca pontos.

Para resolver isso, pesquise sobra a logística, quais linhas de ônibus existem, quanto tempo dura o percurso da sua casa até o local da entrevista. Avalie se vai de ônibus, a pé ou outro meio de transporte qualquer. Além dessas questões não esqueça de confirmar a data e a hora da entrevista.

Portanto, estude o percurso que você fará no dia e saia de casa com a antecedência necessária, já pronto para imprevistos.

Saiba que muito estresse pode ser gerado no dia da entrevista de emprego, alguns fatores podem dar errado e isso pode atrapalhar a sua desenvoltura. Cidades grandes, por exemplo, constantemente têm problemas de mobilidade de qualquer ordem, como engarrafamento, obras, desvios, etc.

Visual

Escolha um traje adequado para a entrevista. Para isso, pesquise como é a empresa e vá vestido como alguém que já trabalha lá. Lembre-se da expressão: “menos é mais”. Ser discreto pode ajudar muito nessa situação.

Portanto, confira se você tem as roupas adequadas e se elas estão em boas condições para o dia da entrevista. Experimente para ver se ainda lhe servem e verifique se não há manchas ou furos no tecido.

Ensaie

Faça um ensaio mental e recupere na memória aquilo que você tem de mais especial, uma habilidade que as pessoas reconhecem e treine como pode dizer isso ao entrevistador.

Ensaie o que você tem de bom a dizer a seu respeito, reflita sobre as suas qualidades e defeitos e pratique. Com certeza, isso vai preparar você para agir com mais naturalidade na hora da entrevista.

Redes sociais

Saiba que algumas empresas verificam os perfis nas redes sociais dos candidatos. Tome cuidado com a forma como você se comporta lá, pois isso pode custar a vaga.

Passo 3: finalmente, a entrevista de emprego

Depois de muita expectativa, algumas noites sem dormir, diversas maquinações mentais sobre esse momento, várias coisas devem ter passado pela sua cabeça.

Agora é a hora de encarar a verdade e ficar bem consigo mesmo.

Não deixe a ansiedade tomar conta e aja com naturalidade, não há nada a temer. Pense que caso esta vaga não dê certo, sempre haverá diversas outras entrevistas de emprego na sua jornada profissional.

Veja a seguir algumas dicas para enfrentar a entrevista de emprego e pontuar a seu favor:

Nada de negatividade

Na hora da entrevista, não exponha os fatores negativos de outras experiências, isso é pouco relevante para essa hora.

Jamais minta

Agir com a verdade é uma das maiores virtudes que você pode ter. Portanto, seja honesto e não tenha vergonha de dizer que não sabe. Isso demonstra sinceridade e ética, fatores fundamentais para um profissional de excelência.

Faça perguntas

Lembre-se de estabelecer um diálogo e buscar informações sobre a empresa na hora da entrevista, mas tome cuidado para não extrapolar e ser invasivo demais. Faça as perguntas certas na hora certa.

Não saia perguntando logo de cara quanto será o salário da vaga pretendida. Seja cordial e interessado aos recursos da empresa.

Comunicação

Tome cuidado com a forma de se comunicar, seja ela verbal ou não-verbal. Cuide com os gestos ou com falas informais. Seja discreto e aja com elegância, sem gestos muito enérgicos ou fala agressiva.

Autenticidade

Seja você mesmo, lembre-se que sinceridade é virtude. Portanto, nada de inventar histórias a seu favor ou pintar uma imagem que você não é. Ser autêntico pode ser uma boa forma de vender o seu peixe, assim demonstrará espontaneidade.

Saiba que a maioria das empresas têm pessoas treinadas para fazer a entrevista de emprego. Dessa forma, elas vão saber como agir com você para que você não se sinta pressionado, afinal de contas, elas sabem que esse pode ser um momento tenso e que cada indivíduo se comporta de maneira diferente.

Se você gostou desse assunto e quer saber mais sobre mercado de trabalho e educação, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.