existe faculdade de fotografia

Será que existe faculdade de Fotografia? Descubra

Será que existe faculdade de Fotografia? Esse é um dos questionamentos realizados por aquele que gosta e têm afinidade com esse tipo de atividade e busca uma graduação. Podemos dizer que existe sim, o Ministério da Educação e Cultura (MEC) autorizou o curso, mas nem todas as instituições oferecem essa opção.

Para entender mais sobre o curso, onde fazer, a duração, o tipo de curso, modalidade de ensino e como é o mercado de trabalho, preparamos este post com um conteúdo bem completo.

Acompanhe!

Saiba mais: Conheça o curso de fotografia e como está o mercado de trabalho

Como funciona a faculdade de fotografia?

A faculdade de fotografia está relacionada com a arte, estética, técnicas de registro e tratamento de imagens.

Com isso, o profissional fotógrafo trabalha em captar as imagens para diferentes finalidades: comerciais, artísticos, jornalísticos, utilizando equipamentos específicos, como câmeras, lentes, flashes, entre outros.

Além disso, o fotógrafo também pode atuar em projetos audiovisuais, auxiliando na direcionamento da fotografia, iluminação, pós-produção e tratamento de imagens.

No Brasil, existem dois tipos de faculdades de fotografia: bacharelado e tecnólogo. Entenda como é o curso de Fotografia na sequência.

Bacharelado

O bacharelado em Fotografia tem em média duração de quatro anos e aborda assuntos relacionados com os processos analógicos, fotoquímicos, aplicação de técnicas de fotografia, luz, iluminação, com ênfase na fotografia digital.

Contudo, o curso tem uma grade curricular robusta e também muitas aulas práticas a fim de aprimorar o conhecimento teórico de sala de aula.

Desse modo, o aluno terá acesso a conhecimentos teóricos relacionados à história da fotografia, filosofia da imagem, teorias fotográficas, semiótica, além da ampla carga horária destinada à parte prática, realizadas principalmente em laboratórios de fotografia e edição.

Tecnólogo

Já o curso tecnólogo em fotografia, na sua maioria, é mais focado em fotografia digital.

Porém, o estudo teórico com disciplinas de ética, história da fotografia e história da arte são necessários. Sem deixar de fora as disciplinas mais específicas sobre fotografia publicitária, fotojornalismo e direção fotográfica e de moda, entre outras.

Contudo, terá um carga horária menor que o do bacharelado, já que tem como característica ser um curso mais rápido e voltado para atuação direta no mercado de trabalho.

Da mesma forma que o curso de bacharelado, o aluno terá além das aulas teóricas as aulas práticas.

Quais as disciplinas do curso de Fotografia

Confira o que se estuda no curso de Fotografia e as algumas das principais disciplinas:

  • Direito e legislação;
  • Equipamentos fotográficos;
  • Fotografia científica;
  • Fotografia publicitária;
  • Fotojornalismo;
  • Fotografia industrial;
  • Fotografia de arquitetura;
  • Introdução aos processos gráficos;
  • Laboratórios P&B;
  • Imagem nos meios de comunicação;
  • Laboratório cor;
  • Laboratório avançado P&B;
  • Prática profissional I, II, III, IV;
  • Prática em fotografia publicitária;
  • Processos digitais;
  • Prática em fotojornalismo;
  • Técnicas fotográficas;
  • Técnicas especiais de laboratório;
  • Tecnologia digital;
  • Tratamento da imagem;
  • Vídeo: registro e edição.

Onde fazer curso de tecnólogo em Fotografia

Confira algumas instituições autorizadas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) a oferecer o curso de tecnólogo em fotografia:

  • Faculdade Estácio de Sá;
  • UNICID -Universidade Cidade de São Paulo;
  • UNICSUL – Universidade Cruzeiro do Sul;
  • UNIFRAN -Universidade de Franca;
  • UNIVALI – Universidade do Vale do Itajaí.

Há uma facilidade para fazer uma graduação de tecnólogo, pois as faculdades citadas participam de programas como ProUni e FIES, para obtenção de bolsas ou financiamento estudantil.

Além dessa facilidade, as faculdades oferecem bolsas de estudo, descontos e convênios a fim de facilitar o acesso a um curso superior de fotografia.

Contudo, vale verificar as opções no próprio site da instituição de ensino.

Leia também: 11 cursos gratuitos do Senai para fazer a distância

Qual o custo de uma faculdade de Fotografia

Os custos da faculdade de Fotografia podem ser bastante variados e vão depender da instituição de ensino e a modalidade de ensino.

Assim, na modalidade presencial, o valor médio cobrado pela maioria das faculdades é de R$ 850, mas dá para encontrar mensalidades que vão de R$ 650 a mais de R$ 2.000.

Os cursos de bacharelado apresentam valores maiores, por ser um curso mais completo e com duração de quatro anos para sua conclusão. Contudo, fique atento às facilidades de pagamento oferecidas pela instituição de interesse.

Outra opção, bastante válida, são os cursos livres ofertados por diversas instituições. Pode ser o começo para atuar como fotógrafo e posteriormente realizar uma graduação em fotografia.

Faculdade de Fotografia existe e como é mercado de trabalho

Hoje, a oferta de profissionais no mercado é bastante alta. Mas não desanime! Há um campo bastante variado para sua atuação.

Então, esteja sempre atualizado e amparado por boas técnicas, bons aparelhos e conhecimento sobre as tecnologias associadas ao processo de fotografar.

Um campo com grande abertura de mercado é área publicitária, pois os jornais e revistas possuem sua equipe de fotógrafos contratados.

Outra área com grande potencial para o fotógrafo são os eventos sociais, tais como: casamentos, festas e eventos. Além dessas opções, os profissionais poderão atuar como prestadores de serviços para empresas jornalísticas, agências de publicidade e editoras de livros.

E não pense que só de máquina e fotos vive um fotógrafo. Com as tecnologias associadas às fotografias, o profissional poderá atuar na edição e manipulação de imagens por meio de softwares de computadores.

Não termina por aqui! O fotógrafo também poderá atuar nos seguintes ramos: na área pericial, registrar ambientes e edifícios para arquitetura de interiores, instalar e administrar bancos de dados de fotografias em museus e instituições, organizar e promover exposições em museus e galerias, fotografar produtos e modelos para publicidade, fazer fotojornalismo e desenvolver e aplicar técnicas de recuperação e conservação de imagens.

Perfil do profissional formado em fotografia

O fotográfico deverá ter aptidão e habilidade de lidar com a técnica e criatividade. Além de apresentar domínio sobre os equipamentos fotográficos e questões que envolvem a história e a importância da fotografia.

Desse modo, a criatividade e sensibilidade esperado por seu trabalho deve vir junto com um bom planejamento, execução e coordenação dos projetos fotográficos.

Assim, o fotógrafo conseguirá desenvolver grandes e complexos trabalhos, saberá coordenar bem uma equipe e entregar um bom trabalho.

Salário do fotógrafo profissional

A categoria não possui um salário mínimo profissional único para todo o país. De modo que o salário vai depender muito da região de atuação, do tipo de fotografia que produz e do mercado onde trabalha.

Segundo o site salario.com, as melhores oportunidades e salários estão nos grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro. Portanto, a média salarial para um profissional de fotografia fica em torno de R$ 1.613,05 para jornada de trabalho de 43h.

Mas pode-se tomar por base a faixa salarial que vai de R$ 1.393,64 a R$ 3.056,22, para o ano 2021.

Contudo, profissionais mais qualificados podem obter maiores salários, como por exemplo um profissional repórter fotográfico pode ganhar de R$ 4.928 para jornada de 5 horas diárias e R$ 7.884 para jornada de 7 horas diárias, segundo dados da Associação Profissional dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro.

Como é carreira do fotógrafo

No Brasil, a profissão de fotógrafo não é regulamentada, porém há um projeto de lei em tramitação, o PL 2176/11, com o objetivo de regulamentar a atividade.

Desse modo, a proposta de lei prevê ao profissional que está em atividade por pelo menos dois anos nessa área estará autorizado a trabalhar como fotógrafo profissional.

Mas diante de um mercado bastante competitivo, os fotógrafos têm um amplo campo de atuação, citemos alguns deles:

  • Aerofotografia;
  • Animais;
  • Arquitetônica;
  • Artística;
  • Documentos;
  • Esportiva;
  • Festas e eventos sociais;
  • Forense;
  • Fotojornalismo;
  • Infantil;
  • Moda;
  • Médica, científica, dental;
  • Natureza;
  • Nu artístico;
  • Produtos;
  • Publicidade;
  • Retratos;
  • Submarina;
  • Viagens.

Leia mais: Áreas da fotografia: conheça 8 carreiras promissoras para investir

Gostou que existe Faculdade de fotografia?

As fotografias são registro de momentos, de produtos, de pessoas e remetem o despertar curioso do público. Sempre fizeram parte do nosso dia a dia, seja nos jornais, nos álbuns de casamento ou formatura, registros familiares, revistas, livros e hoje ainda mais por conta das redes sociais.

A imagem tornou-se a maior ferramenta de divulgação de uma marca. Por isso, o campo está em forte ascensão.

Então, quer deixar de ser amador e se graduar num curso superior em Fotografia e obter boas remunerações? Matricule-se e invista na sua carreira.

Acompanhe mais informações sobre cursos, capacitações, mercado de trabalho e dicas no Vai de Bolsa.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *