faculdade de secretariado

Faculdade de Secretariado Executivo: como é a carreira?

Se você está procurando um curso com bom salário e muitos empregos, a faculdade de Secretariado Executivo com certeza é uma opção. Isso porque esse profissional está por todos os setores da economia.

Com as empresas cada vez mais complexas, a profissão de secretário ficou mais complexa do que atender telefone e passar café. Hoje, ele cumpre um papel crucial na organização das empresas. Por isso é necessário um alguém formado por um curso superior nessa função.

Ficou interessado? Nesse texto iremos explorar em detalhes essa profissão, assim como o mercado de trabalho. Além disso, vamos falar um pouco sobre a formação necessária e os cursos disponíveis. Confira!

Leia mais: Por que devo investir em educação para a minha carreira?

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o MEGAVESTIBULAR Estácioque está chegando com 70%* de desconto em todo curso. Provas nos dias 17 e 18 de setembro!

O que faz alguém com faculdade de Secretário Executivo?

Apesar do nome ser sugestivo, muitas pessoas não sabem o que alguém formado na faculdade de Secretariado Executivo faz. Muitos confundem com as funções da administração. Outros, acabam menosprezando a profissão – o que é um erro.

O secretário executivo é quem deixa tudo pronto para que pessoas em cargos gerenciais possam trabalhar. Assim, ele marca reuniões, organiza agenda e lida com softwares de gestão. Outra função é fazer os registros das atividades da empresa, como as atas de reuniões.

Reuniões produtivas, aliás, são reuniões bem preparadas. Alguém precisa fazer pesquisas, organizar dinâmicas e pensar cada detalhe antes de um encontro. Quem você acha que faz isso? Se pensou no secretário executivo, pensou certo.

Também é muito comum de um secretário executivo servir como intérprete em reuniões com pessoas que não falam a mesma língua. Até por isso, em algumas faculdades o curso se chama Secretariado Bilíngue.

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Aos que gostam de se aventurar no empreendedorismo, é possível ser freelancer. Porém, não é tão simples. Essa opção de carreira é para quem já tem uma rede de contatos estabelecida. Gerir um negócio pode envolver muitos ganhos, mas sempre envolve risco.

Além disso tudo, você pode trabalhar como recepcionista. Essa profissão é parecida com a de secretário, mas tem algumas diferenças marcantes. O recepcionista foca em atender os clientes e fazer o meio de campo entre eles e a firma.

Perfil do Secretário Executivo

Se você é uma pessoa bem organizada, temos boas notícias! Trabalhar nessa profissão, por razões óbvias, exige muita organização. Afinal, você estará organizando reuniões, mantendo registros, entre outras tarefas que também exigem essa competência.

Facilidade com comunicação e bom português também são necessários. Um bom secretário executivo se expressa de forma clara, sabendo usar a norma culta da língua. O tempo inteiro, você vai estar dialogando com funcionários, gerentes, parceiros e consumidores.

Além disso, domínio do inglês. É a língua nativa dos negócios e a mais usada no comércio exterior. O interesse por idiomas pode ser um diferencial, especialmente aqueles falados por muitos países, como o francês ou o espanhol. Atualmente, o país com quem o Brasil mais comercializa é a China, então mandarim é um idioma em alta.

Por fim, você deve transparecer uma firme posição ética. Dinheiro e informações sensíveis irão passar pela sua mão. Dessa forma, seus superiores têm de saber que podem confiar em você. Sua carreira nessa profissão depende muito de contatos profissionais, então manter uma boa relação principalmente com seus superiores é bastante necessário.

O dia a dia de um secretário executivo

A administração de um negócio pode ser bem agitada, então espere uma rotina em alta velocidade. Muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo são uma coisa comum. Assim, a organização é mais do que necessária.

Além disso, essa profissão é muito multitarefa. Prestar atenção em várias coisas sem perder o controle de nenhuma vai ser uma demanda diária, que pode ser difícil de alcançar. É bem comum, também, lidar com os softwares mais comuns de gestão e com um pouquinho de contabilidade. Dessa forma, é aconselhável que você invista na sua formação nessas duas áreas.

Como você vai estar em uma posição de confiança, entender o fluxo de informações nas empresas é muito importante. Isso porque nem toda informação deve ser passada, por qualquer motivo, mesmo que clientes, fornecedores ou funcionários insistam. Existe uma grande demanda de capacidade de comunicação e gestão.

Mercado de trabalho para quem tem faculdade de Secretariado Executivo

Você consegue imaginar uma empresa sem intérpretes, pessoas para fazer as atas, ou organizar reuniões? Pois é, é impossível. Em qualquer área da economia. Isso são ótimas notícias para quem pensa em seguir essa profissão.

Quando falamos de qualquer setor, é qualquer setor mesmo. Indústria, agronegócio ou serviços. Repartições Públicas, privadas e ONG’s, até Igrejas. Porém, as vagas tendem a ser mais numerosas nas cidades, onde muitas empresas estão concentradas.

É bom ficar de olho nos concursos, pois alguns dos melhores salários estão no setor público. Durante a faculdade, os estágios podem ajudar muito a conseguir um emprego. É comum ser “efetivado” depois de um estágio bem feito.

Salário

Segundo o portal Salários, em 2021, a média salarial para o cargo de Secretário Executivo era de cerca de R$2.500. Dependendo da empresa, da sua formação e experiência, você pode receber até cerca de R$ 6.000.

No entanto, é importante ressaltar que esse é o ponto de partida, mas não necessariamente o de chegada, da sua carreira. Como secretário, você faz muitas atividades da área da administração. Existe, assim, a possibilidade de se tornar um executivo ou assumir algum cargo gerencial.

Ser contratado em um cargo que ganhe mais é bem possível, dependendo das suas habilidades. Saber falar além do português e inglês, ou ter uma grande capacidade de comunicação, organização e trabalho em equipe, por exemplo, ajudam muito. Assim, continuar os estudos depois da graduação é uma boa.

De outro lado, é igualmente importante ter contatos. Afinal, nada adianta ser o melhor no que faz, se ninguém ficar sabendo, né? Um trabalho bem executado pode e deve abrir portas para os próximos.

Como é a faculdade de Secretariado Executivo?

Nós temos um post aqui no Vai de Bolsa que foca mais no curso de Secretariado Executivo. Assim, neste artigo, vamos fornecer uma visão mais geral.

O Secretariado Executivo pode ser feito nas modalidades Tecnólogo e Bacharelado. Como tecnólogo, o curso dura dois anos e é focado na inserção no mercado de trabalho. O bacharelado tem uma abordagem mais geral, porém tem duração maior, de quatro anos.

Os assuntos estudados são parecidos com os da administração. Dessa forma, essas são algumas das disciplinas que você pode encontrar:

  • Comunicação Organizacional;
  • Fundamentos de Gestão;
  • Gestão de Pessoas e Talentos;
  • Psicologia e Comportamento Organizacional;
  • Redação Empresarial;
  • Sistemas de Informação Gerenciais.

Faculdade de Secretariado Executivo EaD

Uma opção possível para quem deseja fazer o curso é a Educação à Distância. Isso porque ela dá mais praticidade e economia, pois você estuda em casa e as mensalidades são em geral menores.

É importante prestar atenção na qualidade dos cursos, porém. Afinal, não queremos prejudicar a formação, né? Achar um curso com bons professores e recursos é a chave do sucesso. Por isso, recomendamos esse texto, sobre como encontrar o melhor EaD para você.

Leia mais: Como escolher uma profissão? Confira dicas valiosas para ajudar

Próximos passos

Agora que você sabe como é a carreira de Secretariado Executivo, talvez seja o momento de conhecer mais sobre a faculdade. Escolher a faculdade é uma decisão bastante importante, então uma boa opção é ver outras graduações disponíveis na área da comunicação.

Além do curso, outra dúvida que sempre surge é: faculdade ou tecnólogo? As duas opções têm seus prós e contras. Dessa forma, o que você pode encontrar é qual se encaixa na sua vida, qual modalidade é melhor para você.

Por fim, ter informação sobre o mercado de trabalho nunca é demais. Além disso, é sempre bom continuar sua formação, pois o mercado está sempre se atualizando e ninguém quer ficar para trás. 

Se você quer mais dicas sobre educação e mercado de trabalho, continue acompanhando os posts do blog

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *