Se você procura uma carreira em que viajar é uma das principais atividades, certamente pode iniciar o caminho com uma faculdade de turismo. No entanto, isso não quer dizer que você já precisa ter viajado o mundo antes de escolher essa profissão. Pelo contrário: na faculdade de turismo, você vai aprender que são necessárias outras habilidades e responsabilidades na área, como ser fluente em idiomas diferentes, gostar de relacionar-se com pessoas e trabalhar muito.

Neste post, vamos abordar um pouco mais sobre o dia a dia do profissional que trabalha com turismo. Certamente, é uma das principais carreiras para quem gosta de viajar. No entanto, é uma profissão que exige sacrifícios, como trabalhar aos finais de semana. Muito mais que isso: trabalhar em quanto o turista, seu principal cliente, tira férias.

Por outro lado, vamos enumerar também as vantagens de atuar na área, que vão muito além de viajar. Nessa carreira, você vai obter experiências novas a cada dia. Portanto, escolha uma instituição de ensino de qualidade, como a Estácio e a FMU, por exemplo, e siga seu sonho – além da leitura desse texto!

Leia também: Baixe grátis o nosso e-book Guia para conquistar o primeiro emprego

Como é a faculdade de turismo?

De fato, a faculdade de turismo no Brasil é muito ofertada por diversas instituições de ensino. Isso porque o país é muito forte nessa área da economia. Na verdade, é uma das dez maiores economias de turismo do mundo. Segundo um dos últimos levantamentos do Ministério do Turismo, foram criados no Brasil mais de 25 mil novos postos de trabalho em julho de 2019, em relação ao mesmo mês de 2018.

Em 2019, o faturamento do turismo foi o maior dos últimos quatro anos. O que isso significa? Em outras palavras, fazer a faculdade de turismo está mais atrativo do que nunca. Nesse contexto, é prudente ressaltar que existem três tipos de cursos de turismo: os técnicos, o bacharelado e também licenciatura. Além disso, pode ser encontrado na modalidade EAD.

É muito comum também confundir esse curso com o de “Hotelaria”. Em suma, a faculdade de turismo equilibra disciplinas teóricas e práticas fundamentais para entrada no mercado de trabalho. No curso, o estudante aprende técnicas de hotelaria, destinos turísticos, recepção e realização de eventos, entre outras. Além disso, há uma parte gerencial bem forte. Ou seja, disciplinas que flertam com administração e empreendedorismo.

Confira abaixo como é a grade curricular do curso, para você ter uma ideia das competências e conhecimentos que se ganha com essa faculdade.

Grade curricular do curso de Turismo

1º semestre

  • Comunicação;
  • História e patrimônio;
  • Cerimonial, protocolo e etiqueta;
  • Lazer e recreação em hospitalidade;
  • Teoria geral do turismo.

2º semestre

  • Antropologia e cultura brasileira;
  • Agenciamento e transportes;
  • Operações de alimentos e bebidas;
  • Operações hoteleiras;
  • Organização de eventos.

3º semestre

  • Desenvolvimento humano e social;
  • Direito aplicado a negócios;
  • Estatística para gestores;
  • Geografia e cartografia;
  • Planejamento e organização do turismo.

4º semestre

  • Desafios contemporâneos;
  • Fundamentos de marketing;
  • Politicas públicas no turismo;
  • Planejamento e organização do turismo II
  • Fundamentos de economia.

5º semestre

  • Geopolítica e geoestratégia;
  • Liderança, cultura e comportamento organizacional;
  • Introdução à contabilidade;
  • Optativa I: disciplina à escolha do aluno dentre uma lista ofertadas pela instituição de ensino;
  • Turismo e meio ambiente.

6º semestre

  • Planejamento e gestão estratégica;
  • Optativa II: disciplina à escolha do aluno dentre uma lista ofertadas pela instituição de ensino;
  • Pesquisa em hospitalidade;
  • Estágio supervisionado: este estágio é obrigatório; é a prática profissional do aluno enquanto estudante sob supervisão de um professor.
  • Atividades complementares: participação em seminários, congressos, cursos, entre outras atividades indicadas pela instituição de ensino como válidas.

Turismólogo x Guia Turístico

Outra informação importante que você deve saber sobre a faculdade de Turismo é que essa formação habilita o estudante a dois tipos de atuação profissional:

  • Turismólogo: é o profissional que conhece, analisa e estuda o turismo em sua totalidade, como área de conhecimento. É assim chamado o profissional que realiza o curso de graduação em Turismo.
  • Guia Turístico: é o profissional devidamente cadastro e registrado no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (CADASTUR) e que exerce atividades de acompanhamento, orientação e transmissão de informações para grupos ou pessoas, em visitas ou excursões a pontos turísticos. Para isso, é preciso, no mínimo, um curso técnico na área.

As habilidades necessárias para trabalhar com Turismo

Agora que você já conhece um pouco mais da faculdade de turismo, pode conhecer o que mais é preciso para se diferenciar nessa área. Como defendemos desde o início do post, ao optar por fazer turismo, não é regra que ter viajado a vários lugares seja fundamental. Na verdade, isso ajuda bastante. No entanto, para ser um bom profissional da área, é preciso muito mais. Confira abaixo:

Leia também: Profissionais do futuro: veja seis habilidade para você ser um

Responsabilidade

Imagina que você é turismólogo e dono de uma agência de viagens. Você está levando um grupo de cinquenta pessoas para fazer um tour por países da Europa. Certamente, seus clientes pagaram um preço alto para fazer essa viagem. Nesse contexto, tudo tem que sair perfeitamente bem. Ou seja, passagens, reservas, translados, passeios e demais assistências devem estar tudo em dia.

Houve extravio de malas no aeroporto? Esteja preparado para resolver. Portanto, olhe o tamanho da responsabilidade dessa profissão. O sucesso da viagem, a satisfação e a segurança do grupo de turistas fora do seu país de origem dependem de você. Em resumo, ser responsável e organizado é um grande pré-requisito para trabalhar com turismo.

Ser comunicativo

Outra qualidade fundamental do turismólogo é saber se comunicar. Principalmente quando estamos falando de guias de turismo ou agende de viagens. É preciso ficar claro que saber se comunicar significa fazer isso também em vários idiomas. O trabalho no setor do turismo exige saber lidar com o público, ter paciência e perspicácia para resolver problemas rapidamente.

Conhecimento cultural

Trabalhar com turismo também requer que você saiba muito sobre história, geografia e cultura dos mais variados lugares. Afinal, caberá a você informar turistas sobre os locais visitados. Isso ocorre tanto na hora de vender um pacote quando ao acompanhar as pessoas nos passeios. Portanto, é uma profissão para curiosos, para quem gosta de ler e contar histórias.

Falar vários idiomas

Essa é uma  das principais habilidade necessárias para quem deseja trabalhar com turismo. Em outras palavras, durante a faculdade de turismo, já inicie cursos de idiomas, de preferência, muito além do inglês. Se você está sem tempo, utilize aplicativos. Dá também para aprender a falar espanhol sozinho, por exemplo. O domínio desses dois idiomas, além do português, é fundamental para o turismólogo.

Fazer a faculdade de turismo vai mudar a sua vida

A faculdade de turismo pode ser a grande oportunidade da sua vida se você pretende atuar profissionalmente na área. Se você é apaixonado por viagens, é possível transformar isso tranquilamente em uma carreira de sucesso. No entanto, além das habilidades acima, o turismólogo precisa ter em mente que o dia a dia da profissão não é fácil.

É importante ficar ciente que a grande maioria das empresas do setor de turismo do Brasil e no mundo funciona aos finais de semana. Isso significa que a rotina da sua vida vai mudar drasticamente. Nesse sentido, o seu final de semana pode virar uma segunda e terça-feira. Pois sábado e domingo você estará trabalhando muito para atender os seus clientes turistas.

Nesse sentido, trabalhar no ramo do turismo não é indicado para quem busca um emprego convencional. Ou seja, de segunda a sexta-feira, com folgas aos sábados e domingos, além de férias em janeiro. Para se destacar na profissão, é preciso se dedicar muito. São escolhas que podem impactar também no campo pessoal, por exemplo.

 

E aí, vai embarcar nessa viagem?

Nesse post, você percebeu que viajar não é necessariamente um pré-requisito para quem quer fazer a faculdade de turismo. Por outro lado, existem muitas outras competências necessárias para quem deseja atuar na área. É importante também saber escolher uma instituição de ensino de qualidade, como Estácio e FMU, para fazer a faculdade de turismo e não errar nessa hora.

Faça uma boa decisão e siga seu sonho!

Acompanhe mais informações sobre cursos, capacitações, mercado de trabalho e dicas no blog Vai de Bolsa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui