Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!
faculdade ou curso técnico

Faculdade ou curso técnico: o que é melhor?

O momento de escolher um curso para construir uma carreira é o momento crucial na vida de um estudante. Nesse momento surgem dúvidas para escolher entre faculdade e curso técnico. Como saber qual a melhor opção para trilhar uma trajetória profissional e financeira de sucesso?

Entenda qual a situação mais adequada para escolher faculdade ou curso técnico. Conheças também as principais vantagens e desvantagens de cada um.

Diferença entre faculdade ou curso técnico

O cenário econômico muda muito e quando graduados estão desempregados no mercado, pode significar uma alta procura por profissionais de nível técnico. A situação financeira do país vem ditando as regras de escolha da formação profissional, ao passo que também define como se posicionar no mercado. Isso porque é comum portadores de diplomas se submeterem a ocupações não relacionadas com sua formação. Por isso, é preciso avaliar bem se você deve escolher faculdade ou curso técnico.

É comum ouvir que mesmo com as altas taxas de desemprego, o mercado tem vagas disponíveis. Porém, não encontra profissionais qualificados para a ocupação oferecida.

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

Para quem está na fase de escolha de uma carreira profissional diante desse cenário, a dica é considerar formações menos tradicionais. Isso quer dizer, considerar cursos técnicos ao invés de uma graduação ou formações fora do padrão, como Administração e Direito, por exemplo. Dependendo da situação, essas opções podem abrir mais portas para os profissionais além de ajudar a escapar da crise econômica.

Empreendedorismo e Tecnologia da informação são mercados bastante aquecidos. Nessas áreas é comum encontrar oportunidades de aperfeiçoamento, tanto em faculdade como em cursos técnicos.

Entenda as principais diferenças entre os dois e saiba qual a melhor escolha entre faculdade ou curso técnico para você.

Faculdade

Carregar um diploma de graduação tem um peso maior no mercado de trabalho. Mas isso não significa que seja uma garantia de emprego. Apesar de oferecer melhores remunerações, 20% a 30% a mais do que não graduados, os formados no ensino superior precisam avaliar a qualidade do ensino.

Os cursos de graduação normalmente são divididos em áreas, sendo elas humanas, exatas e biológicas. A duração média é de 4 a 5 anos e pode ter um custo, se você optar pelo ensino privado. O ensino público não tem custo mas na maioria das vezes é bem mais concorrido. 

A graduação exige a realização de uma pesquisa no final do curso, o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Este trabalho vai testar uma hipótese e os resultados devem ser apresentados para avaliação de uma banca. Além disso, um estágio supervisionado para aplicação prática dos conhecimentos em uma área relacionada ao curso pode ser obrigatório.

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Antes de escolher cursar faculdade ou curso técnico, certifique se a profissão escolhida exige a apresentação de um diploma. Estas normalmente são profissões regulamentadas. A maioria delas é da área da saúde como fisioterapia, medicina, mas também temos áreas como o Direito, que além da graduação ainda exige a prova da OAB para credenciamento.

Existem duas formas de se graduar: bacharelado, com atuação em vários segmentos do mercado, e licenciatura, para atuação no ensino.

Vantagens da faculdade

  • Boa remuneração para quem tem diploma;
  • Profissões regulamentadas exigem diploma;
  • Disciplinas teóricas e práticas com ênfase em um campo do conhecimento específico.

Desvantagens da faculdade

  • Duração maior que o curso técnico, entre 4 a 5 anos;
  • Só pode ingressar na faculdade quem concluiu o ensino médio;
  • Exige a participação em processo seletivo, sendo ele o vestibular ou ENEM, por exemplo;
  • Pode ter custo financeiro alto, se for curso privado;
  • Alta concorrência para ensino público;
  • Baixa empregabilidade em momentos de crise econômica.

Curso Técnico

O curso técnico tem como objetivo preparar o estudante para o mercado profissional em uma especialidade. O ingresso ao curso técnico foi incentivado no governo do último presidente do Brasil, Michel Temer. Segundo Ricardo Vélez Rodríguez, ex-ministro da Educação, em entrevista exclusiva ao Valor, “não existe universidade para todos”. Em meio a essa polêmica, ele destaca que o retorno financeiro oferecido por cursos técnicos é maior e mais imediato do que o da graduação.

Aproximar o jovem estudante da possibilidade de cursar o ensino técnico vai contribuir com o ingresso rápido no mercado de trabalho. Para quem deseja mudar de carreira, essa opção pode servir como alavanca para a nova escolha. O cursos são de curta duração, podendo ser de até 2 anos, e o processo seletivo para ingresso pode não ser obrigatório, dependendo da instituição.

Entre faculdade ou curso técnico, na questão financeira, um técnico pode ganhar menos que um profissional graduado, por exemplo, pois um enfermeiro tem salário maior do que o técnico em enfermagem. No entanto, na área de tecnologia isso pode não ser um padrão. O mercado tem valorizado os profissionais que tenham diplomas do ensino superior e técnico.

Segundo a coordenadora executiva da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Andressa Pellanda, o Brasil está começando a rever o valor do profissional técnico no país, principalmente no quesito remuneração. 

Vantagens do curso técnico

  • Menor duração que o ensino superior, de 12 a 24 meses;
  • Permite uma entrada mais rápida no mercado de trabalho;
  • Profissionais especializados encontram remunerações atrativas;
  • Pode ser cursado junto ao ensino médio;
  • Essencialmente prático;
  • Carência de mão de obra técnica.

Desvantagens do curso técnico

  • Dependendo da especialidade, a remuneração pode ser menor que a de um graduado;
  • Qualidade de ensino pode ser inferior e o curso pode ter foco preparatório para o vestibular.

Qual devo escolher: faculdade ou curso técnico?

Cada uma das opções tem suas características e especificações, por isso a sua decisão entre um diploma superior ou técnico deve levar em conta vários fatores.

Conheça seu perfil e expectativas com relação a formação que vai escolher, além disso tente entender qual é o seu momento de carreira. Pense que essa escolha vai refletir no seu projeto de vida profissional e pessoal. Um ponto importante para decidir é conhecer mais a fundo a formação técnica e que áreas de estudo contempla comparado ao ensino superior.

Ao passo que um curso técnico é mais rápido e dá condições mais rápidas de ingresso no mercado de trabalho, um diploma de graduação pode refletir em salários mais altos. Cargos de liderança e gestão aparecem para graduados, enquanto a especificação técnica é uma demanda alta no mercado.

Lembre-se que conhecimento nunca é demais e a qualificação deve ser um projeto contínuo, independentemente do diploma, ainda mais nos tempos de crise.

Empreendedorismo

Em alta no mercado, mesmo diante da crise econômica, um empreendedor precisa conhecer o mercado para que o negócio prospere. Para este perfil de pessoa entre faculdade ou curso técnico, os cursos de graduação trazem na grade curricular disciplinas voltadas para empreendedores, enquanto os técnicos não abordam tanto o ambiente de negócios.

Muito além das disciplinas, a faculdade é um ambiente propício para conhecer pessoas do ramo e encontrar oportunidades de vender a sua ideia.

Especialização

Para quem quer se especializar além do curso técnico, como MBA ou pós-graduação, por exemplo, deve avaliar se ter um diploma é pré-requisito para área de preferência.

Já sabemos que quanto mais especializado for um profissional mais destaque ele recebe no mercado. Portanto, se você se graduar e se especializar, pode se posicionar muito melhor que apenas um curso técnico. Mas antes disso, leve em conta suas preferências.

Agora que você já sabe as vantagens e desvantagens entre escolher fazer faculdade ou curso técnico, leve em consideração o que você sonha para sua carreira. Dessa forma, vai ficar mais fácil tomar a melhor decisão e construir uma carreira promissora. 

Se você ainda está com dúvidas sobre qual escolher, veja aqui quais são as profissões mais bem pagas de 2019, algumas exigem cursos técnicos, outras graduação, por isso podem te dar uma luz quanto ao que pode ser mais indicado para você.

Continue acompanhando o Vai de Bolsa para não ficar com dúvidas. Não perca nenhuma novidade e conteúdo sobre educação e escolhas importantes que você vai ter que fazer na sua carreira.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *