faculdade de relações públicas

Faculdade de Relações Públicas: o curso e o mercado

Tomar uma decisão a respeito de um curso superior nem sempre é uma tarefa fácil. Mas mesmo assim a Faculdade de Relações Públicas continua atraindo novos alunos todos os anos. Isso porque o ramo consegue aliar a área da comunicação com o mercado empresarial.

O mercado de comunicação é um dos que melhor se adaptou aos avanços tecnológicos dos últimos tempos. Assim, quem escolhe fazer Faculdade de Relações Públicas sabe que pode ter um bom futuro profissional pela frente.

Apesar da automatização de diversos processos de comunicação, as empresas seguem buscando destaque no ambiente digital. Esse destaque, naturalmente, depende da percepção e da ação de humanos para ter o sucesso desejado. Ou seja, mais pessoas fazendo a Faculdade de Relações Públicas continua sendo uma alternativa desejável para todo o mercado.

Veja abaixo mais sobre o curso e entenda se ele é o não para você!

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o MEGAVESTIBULAR Estácioque está chegando com 70%* de desconto em todo curso. Provas nos dias 17 e 18 de setembro!

Leia também: Profissões na área da comunicação: veja 15 opções.

O que é Relações Públicas

Relações públicas é o procedimento de planejar, organizar e executar estratégias de comunicação de empresas. O foco dessa comunicação é garantir a qualidade da imagem que a empresa transmite. Ou seja, comunicar exatamente aquilo o que a empresa quer, de fato, transmitir.

A comunicação das empresas pode acontecer em diferentes frentes. Enquanto o foco principal é na relação entre empresas e seus clientes, também é possível atuar em outros campos. Assim, alguns profissionais se especializam na comunicação entre empresas diferentes, por exemplo.

Mas também há quem priorize a comunicação interna e consiga melhorar a dinâmica entre diferentes setores de uma grande empresa.

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Por fim, como muitos já sabem, é uma área que faz uso de habilidades sociais e capacidade administrativa. Ou seja, para executar um bom trabalho é fundamental ter criatividade, responsabilidade social, visão estratégica e empatia. Afinal, não apenas o sucesso, mas a sobrevivência de muitas empresas depende disso. Por isso é tão importante ter um bom profissional de Relações Públicas, vulgo RP.

Faculdade de Relações Públicas

A Faculdade de Relações Públicas é oferecida na modalidade bacharelado. Além disso, é importante saber que além das disciplinas de comunicação social, ela também conta com um forte apelo empresarial. Ou seja, matérias relacionadas a gestão e administração são frequentes e, também, muito relevantes. Apesar dessas duas vertentes principais, também vale destacar a relação com as áreas da economia e do marketing.

Frequentemente o curso pode ser encontrado em sua forma completa e independente. Dessa forma, o curso inteiro leva o nome de Relações Públicas. Por outro lado, algumas vezes o curso é uma habilitação da faculdade de comunicação social.

Seja como for, o estudante de Relações Públicas se transforma em um profissional que pode fazer a diferença nas empresas. Essa transformação dura em média 8 semestres. Ou seja, normalmente é possível completar o curso em 4 anos.

O que se aprende ao longo do curso

De acordo com o Ministério da Educação, a Faculdade de Relações Públicas conta com o seu próprio conjunto de características. Ou seja, mesmo sendo um curso da área da comunicação, precisa atender a uma demanda educacional específica.

Assim também segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais, a grade curricular do curso precisa se organizar em quatro eixos. Essa divisão ajuda a organizar e estabelecer conteúdos necessários para a formação dos profissionais.

Os quatro eixos são:

  • Relações Públicas;
  • Comunicação;
  • Formação Geral;
  • Formação Suplementar.

Grade curricular de Relações Públicas

Enquanto algumas das pessoas interessadas no curso querem saber sobre o mercado de trabalho, outros preferem conhecer a grade curricular. Dessa forma, conseguem ter uma ideia de como vai ser a jornada universitária e os assuntos que serão abordados.

Pensando em agradar os curiosos a respeito das especificidades do curso, trouxemos alguns exemplos de disciplinas presentes na grade. Todavia, vale lembrar que a lista é apenas para exemplo e não necessariamente reflete a realidade de alguma faculdade específica.

Lista de disciplinas

Para facilitar, vamos separar as disciplinas por semestres.

Primeiro semestre

  • Comunicação E Contemporaneidade;
  • Comunicação E Cultura Digital;
  • Estudos De Relações Públicas;
  • Filosofia: Razão E Modernidade;
  • Língua Portuguesa;
  • Oficina De Criação;
  • Seminários Em Relações Públicas I.

Segundo semestre

  • Administração, Cultura E Poder Nas Organizações;
  • Comunicação Nas Organizações Públicas E Privadas;
  • Fotografia;
  • Planejamento Gráfico;
  • Produção De Vídeo Mobile;
  • Seminários Em Relações Públicas II;
  • Teorias Da Comunicação.

Terceiro semestre

  • Cinema E Audiovisual;
  • Design E Comunicação Visual;
  • Gestão De Redes E Mídias Sociais;
  • Jornalismo E Relacionamento Com A Mídia;
  • Produção E Organização De Eventos;
  • Produção Para Redes E Mídias Sociais;
  • Publicidade E Propaganda Na Comunicação Organizacional;
  • Seminários Em Relações Públicas III.

Quarto semestre

  • Cultura Religiosa: Fenômeno Religioso;
  • Economia;
  • Estratégia E Planejamento Em Relações Públicas;
  • Optativa I;
  • Psicologia Organizacional;
  • Seminários Em Relações Públicas IV;
  • Semiótica;
  • Sociologia E Comunicação.

Quinto semestre

  • Cultura Religiosa: Pessoa E Sociedade;
  • Marketing;
  • Negociação E Tomada De Decisão;
  • Optativa II;
  • Pesquisa De Opinião E Mercado;
  • Relações Públicas E Organização Social.

Sexto semestre

  • Filosofia: Antropologia E Ética;
  • Metodologia De Pesquisa Em Comunicação Social;
  • Optativa III;
  • Produção Audiovisual;
  • Teorias Da Imagem.

Sétimo semestre

  • Empreendedorismo E Inovação;
  • Ética Em Relações Públicas;
  • Relações Públicas E Produção Cultural;
  • Tópicos Avançados De Relações Públicas;
  • Trabalho De Conclusão De Curso I.

Oitavo semestre

  • Comunicação E Conjuntura Internacional;
  • Estágio Supervisionado;
  • Optativa IV;
  • Relações Públicas E Comunicação Pública;
  • Trabalho De Conclusão De Curso II.

O profissional de Relações Públicas

Ao concluir a Faculdade de Relações Públicas, o profissional pode atuar em uma série de funções diferentes.

Enquanto alguns podem ter um foco mais mercadológico e visar resultados no aspecto comercial, outras funções também são viáveis. Por exemplo: planejamento estratégico é uma área com demanda por bons profissionais.

Dependendo do tamanho da empresa, o RP pode gerenciar equipes, administrar recursos (inclusive financeiros), e promover campanhas variadas. Assim, consegue fomentar saúde, qualidade de vida, satisfação pessoal, profissional e engajamento.

Um bom RP atua na construção de uma imagem sólida através do planejamento e da execução de uma estratégia de comunicação bem feita. Assim, garante que a comunicação organizacional aconteça conforme os interesses da própria empresa.

Perfil

Primeiramente, um RP precisa ter a essência da comunicação correndo em suas veias. Afinal, independente de como seja o trabalho ou o foco da organização, a comunicação será parte inevitável do seu cotidiano.

O profissional precisa ter visão do todo, habilidade de planejamento e capacidade de julgar diferentes cenários. Além disso, deve ter eloquência, empatia, sagacidade e bom senso.

O potencial de fazer previsões e antecipar consequências também tem muito valor. Afinal, uma cadeia de eventos inesperados pode arruinar a reputação e a imagem de uma instituição.

Atuação

A atuação desse profissional pode acontecer em diversos setores, inclusive na administração pública. Entretanto, o padrão para um RP é atuar em empresas privadas mesmo.

Eventualmente, os RPs atuam dentro de uma única empresa. Nesses casos, absolutamente qualquer tipo de empresa pode querer um profissional da comunicação exercendo essas funções no seu quadro de colaboradores.

Mas em algumas ocasiões os profissionais atuam resolvendo dilemas de comunicação em diversas empresas. Isso normalmente acontece quando o RP é independente ou então quando atua em uma empresa especializada em comunicação.

Por exemplo: Agências de publicidade, empresas de marketing, revistas, jornais, estúdios de produção de conteúdo, assessoria de imprensa e muito mais.

Ele também pode atuar na cobertura de eventos ou em ocasiões pontuais como o lançamento de um novo produto ou serviço. Ou então promover novas parcerias, acordos comerciais e mudanças de postura de empresas em relação a determinados eventos.

Assim como também se fala sobre um novo ramo que tem ganhado força, é a gestão de crises. Os últimos anos têm trazido certa hostilidade para muitas empresas, especialmente no ambiente virtual. Dessa forma, especialistas em mídias sociais e em comunicação digital se tornam cada vez mais essenciais.

Enfim, dificilmente falta mercado para um bom profissional de Relações Públicas.

Leia também: Jornalismo ou Relações Públicas? Qual curso é o melhor para você?

Esperamos que você tenha gostado de conhecer a Faculdade de Relações Públicas. Se você conhece alguém que tenha interesse por comunicação voltada a empresas, compartilhe este artigo!

E para mais informações sobre outros cursos e profissões, continue acompanhando o blog Vai de Bolsa!

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *