Feito para você: 5 situações em que vale a pena partir para o EAD

Feito para você: 5 situações em que vale a pena partir para o EAD

Você tem uma rotina atribulada, perde muito tempo com o trânsito, precisa atender os filhos e ainda suporta um trabalho sufocante. Mas, apesar dessa situação, precisa estar atualizado no mercado de trabalho. Só que falta tempo, verdade? Podemos afirmar: não tem desculpas para não estudar. Isso porque o ensino a distância, popularmente conhecido como EAD, foi feito para você que está nessa situação. Neste post, vamos detalhar cinco situações em que vale a pena partir para o ensino a distância.

A principal vantagem do EAD é a flexibilidade, ou seja, você pode estudar a qualquer hora ou local. Basta ter acesso à internet e um computador com uma boa configuração. Assim, você terá acesso a uma plataforma online. Por isso, aqui a tecnologia entra com tudo. É possível até utilizar seu celular para estudar. Outra característica notável dos cursos a distância é o preço. São muito mais em conta em relação aos cursos presenciais.

Na modalidade EAD, você encontra cursos de graduação, de pós-graduação (especialização, mestrado e até doutorado!), além de cursos rápidos. São inúmeras opções no mercado. É por isso que o número de matrículas em cursos EAD cresce três vezes mais do que nas capacitações presenciais.

Se você ainda se o EAD foi feito para você, preste atenção nas situações clássicas que são perfeitas para escolher essa modalidade de ensino.

Leia mais: Faculdade presencial ou EAD: qual a melhor opção para você?

1 – Mora em cidade pequena? O EAD foi feito para você!

O surgimento dos cursos na modalidade a distância atenderam uma demanda reprimida por educação no Brasil. Em outras palavras, o EAD foi feito para você que mora distante dos grandes centros urbanos, onde estão concentradas grande parte das principais universidades. Isso porque dificilmente vamos encontrar instituições de ensino públicas federais e estaduais, principalmente, em cidades do interior.

Por outro lado, o EAD possibilitou a qualquer pessoa, em qualquer cidade do Brasil (e até do mundo, porque não?) tenha acesso a um curso de graduação ou pós-graduação. Mas isso funciona? Nos cursos a distância, todo o conteúdo das disciplinas e demais atividades são disponibilizados em uma plataforma online, que pode ser acessada se você estiver conectado à internet.

Nesse caso, não há mais necessidade de morar em capitais ou grandes cidades. Se você reside em um município rural, ou distante desses grandes centros, pode ter acesso tranquilamente a seu curso de graduação ou pós-graduação por meio do EAD. E são inúmeros cursos disponíveis. Há muitas opções no mercado.

Leia mais: Curso EAD: confira algumas opções em alta no mercado

2 – Adeus à dor de cabeça no trânsito

O ensino EAD foi feito para você caso o trânsito seja uma dor de cabeça constante no seu dia a dia. Vamos dar um exemplo: você trabalha nos períodos da manhã, com intervalo para o almoço, e até o final da tarde. Nesse caso, resta apenas à noite para estudar. Porém, a necessidade de estudar também se mistura com o de lazer, de descanso, entre outras tarefas. Com isso, resta pouco tempo para fazer tudo!

Acrescente nessa situação o retorno para casa após o trabalho ou para uma possível faculdade presencial: um trânsito frenético da sua cidade. Você perde entre 30 minutos a uma hora dentro do carro. Pronto. Será humanamente impossível fazer um curso presencial nessas condições. A boa notícia é que, para isso, temos os cursos a distância. Se você optar por um deles, já poupará esse tempo de trânsito.

Sendo assim, você conseguirá chegar em casa, organizar as coisas e se concentrar em seguida no seu curso a distância. Se preferir, pode até se programar para estudar de madrugada. Ou também é possível acordar bem cedo para estudar. Ou seja, no EAD, você faz os seus horários e organiza seus estudos da maneira que se encaixa na sua rotina.

Leia mais: 5 dicas de como acordar cedo para estudar

3 – Tem filhos? O EAD foi feito para você

Se você tem filhos, pode ter certeza que o EAD foi feito para você. Isso porque a maternidade e a paternidade não devem impedir que você busque capacitação e atualização profissional. No entanto, a lida com os filhos exige atenção e dedicação. Com isso, o tempo para os estudos acaba sendo reduzido, principalmente, se você pensa em sair de casa para fazer uma graduação ou pós-graduação presencial.

Por outro lado, com o EAD, você terá mais possibilidade de conciliar sua maternidade ou paternidade com a vida acadêmica. Poderá organizar seus estudos após conseguir atender seus filhos, no período da noite ou até na primeira hora da manhã.

4 – Tenho mais idade

Iniciar um curso de graduação ou técnico após formado no ensino médio parece ser um caminho natural da vida acadêmica. Nesse caso, optando por um curso de graduação presencial, você passará pelo menos quatro anos deslocando-se diariamente para sua universidade. Lá, passará pelo menos um período do seu dia, na maior parte do tempo, dentro da sala de aula. É uma rotina, em parte, parecida com a do ensino médio, não?

Por isso, não parece ser uma opção muito atraente para quem tem mais idade. Em outras palavras, pessoas com idade acima de 30 anos, por exemplo, podem não ter a disposição para encarar essa rotina de estudos por um diploma. É aí, novamente, que entram os cursos na modalidade a distância. Isso porque os cursos EAD não exigem a presença do aluno em sala de aula, salvo em situações especiais (provas ou apresentação do TCC, por exemplo, em alguns casos).

Com isso, o EAD foi feito para você que tem mais idade e quer obter um diploma de forma mais prática e rápida. Sem que para isso seja preciso passar pelo menos quatro anos em uma faculdade presencial.

Leia mais: Conheça os 10 cursos EAD mais procurados do Brasil

5 – Turmas presenciais não fazem meu perfil

Outra característica marcante dos cursos na modalidade a distância é a possibilidade de fazer o curso sem ter a necessidade de fazer parte de grandes turmas em sala de aula. Como assim? Claro, você fará o curso por meio de uma plataforma online, onde estará disponível todo o conteúdo. Também terá um tutor, ou seja, uma espécie de professor para atendimento exclusivo no caso de dúvidas.

Além disso, poderá conversar com professores por meio de chats e, se quiser, também com colegas da mesma turma. Porém, tudo pela internet.

Viu como o EAD foi feito para você?

Depois de ler esse post, você percebeu que o EAD foi feito para você, não? No blog Vai de Bolsa, você pode obter muito mais informações sobre essa modalidade de ensino. Como por exemplo, os cursos EAD mais procurados do Brasil e as vantagens e desvantagens dessa modalidade de ensino. Confira e boa sorte!