flashcards

Como usar flashcards para estudar para o Enem

  • Enem
  • 25/set/19
  • por Beatriz Bento

Entender o seu tipo de aprendizado é o primeiro passo para mandar bem em provas, seja o Enem, vestibulares e até mesmo concursos públicos. Existem basicamente três estilos de aprender: o visual, o auditivo e o cinestésico. Para o primeiro caso, flashcards funcionam muito bem, pois pessoas visuais costumam “enxergar a palavra na mente”. Esses estudantes se distraem com movimentos, preferem encontros cara a cara, gostam de cenas descritivas para imaginá-las e preferem executar atividades baseadas em demonstrações, diagramas e slides.

Já o auditivo, costuma pronunciar a palavra em voz alta, se distrai com sons, prefere usar mensagens de áudio e gosta de instruções verbais ou de conversar sobre tarefas com outras pessoas. Por fim, o cinestésico costuma escrever a palavra em um papel para se certificar se ela está correta, gosta de cenas de ação e de ler muito e tenta iniciar a atividade na mesma hora em que ela é passada.

Para cada estilo de aprendizado, existe uma metodologia mais indicada. Hoje, vamos focar nos estudantes que contam com um forma mais visual de avançar no estudo. Quer saber como mandar bem no Enem utilizando flashcards? Continue a leitura do artigo!

O que são flashcards e como estudar com essa ferramenta?

Você lembra que falamos aqui no blog que o mapa mental era uma ferramenta incrível para quem precisa fixar conteúdos com uma certa rapidez. Isso porque eles fomentam a memória visual por meio de diagramas e esquemas que sintetizam um assunto-chave com seus temas relacionados. Os flashcards funcionam de forma similar. 

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

No entanto, ao invés de criar uma sequência de ideias e correlações por meio de diagramas, utiliza-se cartões com dois lados. O objetivo dos flashcards é organizar um sistema de perguntas e respostas para memorizar conteúdos de forma lúdica. Você pode chamar os amigos e criar uma atmosfera de perguntas e respostas como se tivessem jogando Imagem e Ação. Quem disse que estudar precisa ser monótono e solitário, não é mesmo?

E como os flashcards funcionam afinal? É bem simples. Já falamos que os cartões precisam ter dois lados, certo? Em um deles, você vai colocar a pergunta. No outro a resposta. Se você for apaixonado por papelaria, pode comprar papéis coloridos e organizar uma cor por disciplina, mas se você já está bem habituado a utilizar ferramentas digitais, existem várias disponíveis de forma gratuita (e personalizável) na internet. 

Você sabia que existe toda uma ciência pode trás dos flashcards?

A ferramenta é utilizada por estudantes que estão prestes a prestar Enem e demais provas de vestibulares e concursos, mas a grande verdade é que os flashcards é uma metodologia de estudo que tem mais de dois séculos e contribui para o sucesso de estudantes no mundo inteiro.

E qual a ciência que existe por trás dos flashcards? Simples: a que visa reduzir o efeito da curva de esquecimento. Quando você assiste a uma aula por mais incrível que ela tenha sido, com o passar do tempo as informações absorvidas tendem a reduzir. Para tanto, você precisa retomar os assuntos, fazer exercícios, criar mapas mentais, flashcards, entre outras ferramentas, para revisar as informações por meio de uma prática conhecida como técnica da repetição espaçada. 

Quem elaborou esta teoria foi Hermann Ebbinghaus, um psicólogo alemão que fez os primeiros testes de inteligência.

Aprender a aprender também é um ótimo passo para quem vai prestar o Enem

O livro de Benedict Carey Como aprendemos: a surpreendente verdade sobre quando, como e por que o aprendizado acontece elenca uma série de dicas para carregar o conhecimento por mais tempo. 

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Ele fala que ao estudar para uma prova em único dia a memória está fresca e você consegue facilmente se lembrar do que aprendeu ao longo de vários dias. No entanto, o nível de armazenamento está baixo porque tudo é novidade para o cérebro. Ou seja, as informações ainda não foram fixadas e o cérebro vai filtrando as informações. Se você parar de usá-las, elas não mais estarão ativas e você começa a esquecer do conteúdo gradativamente.

A boa prática ensinada pelo autor é distribuir o planejamento de estudo ao longo dos dias. Se você for ter uma prova em 10 dias, por exemplo, pode dividir 2 horas de estudo ao longo desse período. Os flashcards são ótimos para se encaixar nesta rotina. Isso porque quanto maior for o esforço mais acessível e forte será a sua memória. Ou seja, você conseguirá manter uma boa rotina de recuperação e armazenamento da memória. Aqui é importante ressaltar que o período de estudo precisa ser profundo e que a fase de descanso de fato recupere a memória. 

Ele também recomenda que os estudantes façam testes antes mesmo de aprender sobre um assunto. Isso porque tendemos a prestar mais atenção no que erramos. E mais: tentar adivinhar as respostas faz a mente despertar. Dessa forma, da próxima vez que você pegar o teste, o flashcard ou retomar o tema estudado, o seu cérebro prestará mais atenção naquilo que é mais importante.

4 dicas para extrair o máximo de aprendizado com flashcards

 

1.Use imagens e cores

Aqui vale a criatividade. Use cores diferentes por disciplina, utilize imagens que traga lembrança de algum assunto. Em Biologia é possível utilizar flores, animais e desenhos do corpo humano. Na física, também podemos utilizar carros, bolas, placas e o que mais a imaginação mandar!

2. Personalize ao máximo seus flashcards

Quanto mais informações, mais fácil fixar o assunto. Você pode misturar texto com imagem, cores e símbolos. Mas tome o cuidado para criar cartões fáceis de serem utilizados. É preciso que a atividade seja lúdica e eficaz.

3. Crie um cronograma de revisão dos cartões

Afinal é mais uma atividade de apoio, não é mesmo? É preciso conciliá-la com o estudo das disciplinas, os exercícios de fixação, as aulas no cursinho ou do colégio, entre outras atividades. Definir esse cronograma de revisão depende muito do tempo que você tem disponível. Uma boa prática é rever diariamente os conceitos que você tem mais dificuldade. Quando começar a acertar, reveja a cada três dias. Se já acerta sempre e conseguiu transferi-lo para memória de longo prazo, revise somente uma vez por semana.

4. Utilize a tecnologia

Quem está se preparando para o Enem adora papelaria: lembretes adesivos, canetas coloridas, cartolinas e tudo que pode ser utilizado como quadro pela casa. Mas nessas horas, utilizar uma ferramenta gratuita também faz toda diferença. Você pegou um engarrafamento ou está na fila do banco? Basta puxar o celular a acessar o aplicativo.

3 ferramentas para criar flashcards

Go Congqr

É uma ferramenta gratuita que pretende facilitar o processo de ensino-aprendizagem por meio da tecnologia. Nele é possível criar os flashcards com imagens, diferentes cores e inserir textos. É possível utilizá-lo em desktops e dispositivos móveis, além de permitir que as cartas sejam embaralhadas e viradas com um único clique.

Canva

O Canva é uma ferramenta bastante conhecida por criar templates de convite de aniversários, flyers para eventos e cartazes. Mas agora também é possível criar flashcards para memorização de conteúdo. Nele, o usuário pode escolher a cor, o tamanho, inserir imagens e diagramas em uma interface muito fácil de utilizar. 

E o mais legal de tudo é que você pode fazer download e imprimir os cartões se achar necessário. Para criar o longin e criar os flashcards é totalmente gratuito. No entanto, existem algumas imagens e formas que apenas usuários premium, ou seja, assinantes, têm permissão para utilizar.

Quizlet

O Quizlet é uma ferramenta também gratuita que pode ser utilizada tanto pelos professores para planejarem as aulas, quanto pelos alunos. O objetivo é ajudar os estudantes a aprender e praticar melhor e os professores a compartilharem conhecimento. Isso pode ser feito tanto por meio de Quiz, diagramas ou flashcardes. A ferramenta também está disponível no formato de aplicativo.

Outra dica bastante importante para quem for testar o Quizlet é que ele já vem com uma biblioteca de flashcards prontos. Se você não sabe como criar os seus, esta é sem dúvida uma excelente forma de começar!

Agora que você já sabe como e onde criar flashcards para se preparar para o Enem, que tal criar alguns cartões para se preparar para escrever uma redação nota mil no Enem 2019! Outra dica para contribuir com o seu processo de estudos é fazer mapas mentais dos conteúdos, veja como neste artigo 

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *