Profissional responsável por imaginar e dar vida a representações gráficas em diversos meios, o ilustrador é uma peça fundamental em setores que trabalham com criatividade. Estamos falando de áreas como agências de publicidade, desenvolvedores de sites e projetos gráficos, editoras, e muito mais. Através do desenho, o ilustrador se expressa e comunica uma ideia através de sua arte.

Mas além do talento e da criatividade, o que mais uma pessoa precisa fazer (ou ter) para se tornar um ilustrador profissional? O mercado educacional oferece hoje uma série de cursos técnicos ou de graduação superior que capacitam estudantes para se tornarem ilustradores profissionais e, com isso, aumentar as ofertas de trabalho e também de remuneração.

Confira neste artigo algumas dicas para uma ter uma formação mais completa como ilustrador e expandir as suas possibilidades de atuação no mercado. Boa leitura!

O que faz um Ilustrador?

O ilustrador é o profissional responsável por produzir atividades que envolvem desenho para determinada empresa ou serviço. Entre as produções realizadas por um ilustrador estão:

  • Animação em 2D;
  • Conceitos de cenários;
  • Elementos gráficos;
  • Fotomontagens
  • Ilustrações gerais;
  • Ilustração vetorial;
  • Identidades visuais de marcas;
  • Materiais para aulas de Ensino a Distância;
  • Storyboards;
  • Personagens;
  • Pintura digital; entre outros.

De forma bastante resumida, podemos dizer que o ilustrador é o profissional responsável por “dar a cara” ou representar através de um desenho uma marca, um produto, ou mesmo um projeto.

E para se destacar em seu meio, esse ilustrador precisa cuidar não apenas da qualidade de sua entrega, mas também de entregar algo que seja único, criativo, representativo e inovador.

Por isso, buscar conhecimento acadêmico pode ser essencial para que essa pessoa, que já tem o talento e o potencial, possa se desenvolver e aprender novas técnicas e possibilidades na carreira.

Cursos que podem formar um ilustrador

Para ajudar você a se profissionalizar e desenvolver sua prática como ilustrador, listamos aqui 6 cursos para ampliar suas técnicas e trazer ainda mais conhecimento para sua prática:

1. Arquitetura

O curso superior em Arquitetura oferece formação em bacharelado e dura em média cinco anos. Durante esse período o aluno tem acesso a disciplinas que envolvem desenho técnico e geometria. Além disso, atua diretamente no desenvolvimento de ambientes e espaços urbanos, que tem como objetivos a funcionalidade, a segurança e o conforto.

A temática da estética também é muito presente durante essa formação, afinal de contas esse é um conceito essencial em obras arquitetônicas.

Outro fato importante dessa formação é que a maior parte das disciplinas são ministradas em aulas práticas, o que significa que os alunos podem desenvolver ainda mais a arte da ilustração.

2. Artes Visuais

A graduação em Artes Visuais oferece formação em Licenciatura e Bacharelado e tem duração média de 4 anos. Neste período o aluno terá contato com disciplinas como:

  • Desenho;
  • Desenho contemporâneo;
  • Estética;
  • Expressão Artística;
  • HIstória em Quadrinhos
  • Ilustração;
  • Imagens Digitais;
  • Linguagem fotográfica;
  • Pinturas Plásticas; entre outras.

A graduação superior em Artes Visuais habilita os profissionais a atuarem no desenvolvimento de produções artísticas, projetos culturais e educativos e também a ministrar aulas.

Grande parte dos profissionais formados em Artes Visuais atuam em galerias de artes, fundações culturais, ateliês, escolas, entre tantos outros.

A formação é uma das que mais auxilia um ilustrador a desenvolver seus talentos relacionados a desenhos artísticos.

3. Desenho Industrial

O curso de Desenho Industrial é ideal para quem gosta de design e desenho. Oferecido nas modalidades de bacharelado, tecnológico ou como pós-graduação, essa formação pode durar em média de 2 a 4 anos.

O profissional de Desenho Industrial é habilitado a criar desenhos técnicos para fabricação mecânica e produção. E por isso, possui grandes influências das áreas de Artes, Arquitetura, Engenharia e também Publicidade.

Entre as principais disciplinas que compõem o curso estão:

  • Teorias de Fabricação;
  • Metodologias de Desenvolvimento de Projetos;
  • Princípios Mecânicos;
  • Geometria, entre outros.

O desenhista industrial tem forte campo de atuação para atuar em empresas de grande porte. E, geralmente, trabalham juntos a engenheiros e designers de produtos.

4. Design Gráfico

A formação superior em Design Gráfico têm duração média de 4 anos como bacharelado, e de 2 anos com formação em curso tecnológico.

A base dessa formação profissional é o desenho. Durante o curso o futuro profissional é capacitado para criar projetos que envolvem:

  • Comunicação Visual;
  • Logotipos;
  • Desenvolvimento de Embalagens;
  • Criação de panfletos, outdoors, revistas de demais materiais visuais.

Grande parte das disciplinas do curso tem como foco o desenvolvimento da prática do desenho. E para isso são ministradas aulas sobre:

  • Ilustração;
  • Representação de objetos 2D e 3D
  • Técnicas artísticas; entre outros.

Um detalhe importante desse curso é a utilização de softwares de criação de imagens digitais, que podem complementar e facilitar o trabalho de um ilustrador.

5. Design de Produto

A graduação tecnológica em Design de Produtos tem duração média de 2 anos, enquanto o curso superior e formação em bacharelado por durar de 3 a 5 anos.

Durante o curso, os alunos aprender a usar a tecnologia para transformar materiais em produtos para consumo e a solucionar diversos problemas.

E para isso, tem acesso a disciplinas como:

  • Desenho Técnico aplicado;
  • Design ;
  • Expressão Gráfica e Plástica;
  • Fotografia;
  • Ilustração por computador;
  • Maquetes e Protótipos;
  • Materiais e Processos Industriais;
  • Metodologia de Projeto em Design;
  • Modelagem por Computador;
  • Tecnologias da Informação e da Comunicação;
  • Comunicação e Semiótica;
  • Tratamento de Imagens gráficas e digitais; e outros.

O profissional formado em Design de Produtos possui uma vasta área de atuação, geralmente atuando na concepção estética de produtos, criação de identidades visuais, entre outros.

6. Moda

O curso de Moda habilita o profissional a atuar na criação, comercialização e divulgação de roupas e acessórios.

A graduação, com habilitação em bacharelado, tem duração média de 4 anos. Neste período, o aluno tem contato direto com disciplinas como:

  • Criação;
  • Cultura de Moda;
  • Desenho;
  • Estilismo;
  • História da Arte; e outros.

Com isso, o aluno adquire conhecimentos sobre comportamentos que geram tendências, texturas, estampas, cores e muito mais.

Ao final disso, esse aluno também tem contato com disciplinas de gestão, que o habilitam a atuar na administração de um negócio relacionado ao mundo da moda.

Muito concorrido, o mercado de trabalho de um Design de Moda privilegia profissionais criativos e inovadores. Ao mesmo tempo, é uma área em constante crescimento e que pode gerar boas oportunidades.

Mercado de trabalho do Ilustrador

Geralmente um ilustrador acaba se especializando em algum segmento. Mas isso não o impede de atuar nos mais diversos setores.

Entre as áreas com as principais oportunidades de trabalho para um Ilustrador estão:

  • Editoras de Livros;
  • Publicidade e Propaganda;
  • Mercado da Moda;
  • Marketing e Merchandising;
  • Multimídia (Cinema, TV, Jogos Digitais, Sites, Aplicativos, Animações, entre outros).

Hoje, um dos maiores nichos de mercado para um ilustrador está no ambiente digital.

Por isso, manter-se informado e atualizado sobre ferramentas e áreas para atuação dentro deste mercado são uma excelente opção para esses profissionais.

Quanto ganha um ilustrador

Grande parcela dos ilustradores trabalham como freelancers ou por projetos. Por isso, a remuneração pode variar conforme o cliente ou o tamanho do trabalho desenvolvido.

Em alguns casos, a atuação como freelancer acaba sendo bem mais lucrativa para esses profissionais.

Uma pesquisa realizada pelo site de empregos Glassdoor aponta que, em média, o salário de um ilustrador gira em torno de R$ 2.800. Já o site Trampos (do mesmo segmento), aponta que esse salário pode variar entre  R$ 2.500 a R$ 4 mil.

10 dicas para se tornar um ilustrador de sucesso

Agora que você já conhece um pouco mais sobre sobre a formação para se tornar um ilustrador e alguns detalhes sobre essa carreira, confira algumas dicas para ser um profissional de sucesso:

1. Faça uma graduação;

2. Conheça e domine programas gráficos;

3. Nunca para de estudar;

4. Seja um observador atento;

5. Pratique sempre que puder;

6. Conheça as especializações possíveis;

7. Desenvolva o seu próprio estilo;

8. Tenha um portfólio ( e não se esqueça do virtual);

9. Conheça sobre marketing;

10. Trabalhe como ilustrador freelancer.

Para conferir mais dicas como essas, continue acessando o site do Vai de Bolsa. E se você quiser saber mais sobre cursos que envolvem criatividade, conheça 8 cursos para quem gosta de artes.