Como você faz para exibir seu perfil profissional nas redes sociais? Você utiliza o Facebook, Instagram, Twitter? E o Linkedin, você já usou? Sabe qual a melhor forma de usar o Linkedin ao seu favor?

Para começar: o que é o Linkedin?

Linkedin é uma rede social focada em relações profissionais. Lá você pode divulgar o seu trabalho, procurar ou oferecer vagas, postar e consumir conteúdo voltado ao mundo profissional. Também é possível estabelecer contato com pessoas que tenham o mesmo interesse que você e/ou queiram fazer negócios juntos.

Já são mais de 650 milhões de usuários da rede em 200 países. Desses, 39 milhões só no Brasil. O cadastro do Linkedin, assim como as outras redes sociais, é gratuito. Para preencher seu perfil, deve-se levar em consideração algumas sugestões:

Utilize uma foto adequada

Por foto adequada, entende-se, uma foto recente, mais formal. Pense que ali é uma vitrine sua. Mostre-se como você quer ser visto.

Também é bem útil colocar uma foto de capa (foto de fundo). Em 2014, o LinkedIn começou a utilizar esse recurso, dando ao perfil uma personalidade. Assim como na foto do perfil, considere uma foto adequada à rede.

Leia tambémPodcast Guia de profissões: como é a carreira de um engenheiro civil

Personalize a URL

URL, ou Uniform Resource Locator, em inglês, é o localizador do seu endereço virtual. Quando você cria um perfil em qualquer rede social, após o nome da rede aparece uma barra e o seu endereço. O LinkedIn gera um nome aleatório, cheio de números e letras. Sendo assim, é bom que você altere para algo que seja mais fácil de localizar, como seu nome ou o nome da sua empresa.

Outro recurso para ser facilmente encontrado é a utilização de palavras-chave. É possível colocar no seu resumo ou postagens.

Converta seu perfil em currículo

Se seu objetivo no LinkedIn é arrumar um emprego, você está no lugar certo.

Segundo as estatísticas da própria rede social, 90 milhões de usuários são influenciadores de nível sênior e 63 milhões estão em posições de tomada de decisão. Ou seja, você pode ser visto pelas empresas e por pessoas que tomam decisões dentro dela. E de maneira muito mais fácil e adequada que outras redes sociais.

Para isso, você pode editar todo o seu currículo dentro do próprio perfil do LinkedIn e depois transformá-lo em PDF.

Além disso, muitas empresas anunciam dentro do próprio LinkedIn as vagas disponíveis. Bastar procurar na aba “Vagas” e realizar pesquisa de acordo com seu perfil.

É possível procurar empregos por palavras-chave, setor, localidade, empresa, função, nível de experiência e muito mais.

Seja recomendado por suas competências (e recomende seus amigos!)

Dentro do perfil de cada um existe uma área que sugere algumas competências pessoais. Essas podem ser: algum idioma, capacidades de fazer negócio, ferramentas de internet entre muitas outras. Ali você pode clicar nas opções que mais se encaixam com seu colega e recomendar para ele.

Peça para que façam o mesmo com você. Esse tipo de informação no seu perfil serve para dar mais credibilidade.

Agora que você tem um perfil no LinkedIn, como usá-lo?

O próximo passo é manter contato com sua rede de trabalho, fazer postagens, ler, curtir e comentar conteúdo. Conferir as atualizações de status das empresas e das conexões e os anúncios de emprego que são oferecidos.

E o que eu devo postar no LinkedIn?

Para que você tenha o máximo de aproveitamento dessa rede social tão útil, o ideal é que você poste com uma frequência adequada (pelo menos uma vez por semana).

Poste sempre conteúdo relevante para seus objetivos. É sempre bom publicar conteúdos próprios, não tenha vergonha de expor seus talentos, eles podem ser apreciados!

Publique também artigos interessantes que atraiam quem lê.

Fale sobre o que você anda fazendo. Foi em alguma palestra interessante? Poste. Atingiu alguma meta ou ganhou algum prêmio? Divulgue!

Está em viagem e viu algo que seus seguidores podem se identificar? Por que não colocar uma foto e relacionar com o assunto? Quanto mais você aparecer, mais será lembrado.

Não esqueça que a mais importante ferramenta do LinkedIn é a conexão entre você, as pessoas e as empresas. Ofereça uma troca! Além de consumir conteúdo, mostre também o que você gosta e/ou faz.

Leia também: Áreas da fotografia: conheça 8 carreiras promissoras para investir

E o que eu não devo postar no LinkedIn?

Por mais que você possa usar essa rede social para outros objetivos que não sejam profissionais, não foi para isso que ela foi criada.

Deixe para postar seus vídeos de gatinhos lá no Facebook!

Seja sucinto, objetivo nos seus posts.

Não poste piadas. Não que você não possa ter um tom divertido em suas postagens. Dependendo da imagem que você quer passar, uma postura descontraída pode ser benéfica. Mas ainda assim, mantenha um certo nível de sobriedade para que as pessoas sintam credibilidade em você.

Agora se você é uma empresa e está começando no mundo dessa rede social, separamos algumas dicas importantes para que você apareça e aproveite ao máximo o LinkedIn.

5 dicas de como usar o LinkedIn na sua empresa

1. Crie a sua “Company Page” (página da empresa)

Muitos acabam deixando em branco ou não colocando informações suficientes no seu resumo.

Escreva o máximo de informações possíveis: logotipo da empresa, fotos, dados de contato, história, visão, missão. Tudo que você julga relevante que os outros saibam sobre a sua empresa.

Assim como a página que sua empresa tem no Facebook ou o perfil no Instagram, no LinkedIn não deve ser diferente. Sua empresa precisa aparecer nas redes sociais para ser vista.

Também é importante utilizar os recursos mencionados anteriormente: crie uma URL fácil de ser encontrada e utilize palavras chaves, dessa maneira sua empresa pode aparecer melhor nas pesquisas.

2. Publique conteúdo relevante

Assim como um perfil de alguém que procura emprego, o perfil da empresa está à procura de clientes e para isso deve aparecer ao máximo.

Postar com frequência, conteúdo que tenha a ver com seu ramo, é fundamental para que haja engajamento das pessoas. Ou seja, como elas interagem com a sua empresa ou a sua marca.

Quanto mais gente se interessar pelo seu conteúdo e assim, interagir curtindo e comentando, mais ele aparece para outros usuários. Dessa maneira, coloca sua empresa em voga.

Existe uma ferramenta chamada LinkedIn Pulse onde o usuário pode produzir artigos. Segundo Rodrigo Brancatelli, editor do LinkedIn “funciona quase como um blog atrelado ao seu perfil: toda vez que um usuário postar um novo artigo, esse conteúdo se torna parte do seu perfil profissional e é compartilhado com sua rede de contatos”.

Aproveite esse recurso e divulgue seu conhecimento.

3. Utilize o Linkedin para gerar leads

Leads são contatos (normalmente e-mails) que são captados através de um link ou site onde a pessoa fornece seu endereço. O Linkedin pode ajudar a captar esses e-mails através de postagens e na geração de uma landing page.

A landing page deve ser atraente que gere a conversão em lead da pessoa que está navegando por ela. Essas pessoas que deixam seus e-mails podem, no futuro, virar clientes.

A Klickpages é uma ferramenta para criação de landing pages e pode ser usada no LinkedIn.

4. Participe de grupos

Os grupos do LinkedIn, assim como os grupos do Facebook e as comunidades do antigo Orkut, são locais onde se concentram pessoas unidas por um interesse em comum.

Os grupos certos podem abrir portas de oportunidade para o seu negócio.

Mas não basta apenas entrar nos grupos. É importante interagir e contribuir com as discussões. Dessa maneira você fica em evidência dentro do grupo e acaba sendo conhecido.

Para encontrar os grupos certos, observe quais grupos estão suas conexões mais relevantes.

5. Anuncie

Assim como nas outras redes sociais, quem quer aparecer mais e para mais gente, provavelmente vai ter que investir.

É possível customizar para quem e para quantas pessoas seu anúncio vai aparecer. Sendo assim, ele aparece para a pessoa certa na hora certa.

Além disso, é possível atingir tomadores de decisão dentro do mercado em que você atua.

Gostou do conteúdo? Veja também como fazer o melhor modelo de currículo e este outro post onde mostramos como iniciar a experiência profissional. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui