Exercícios para melhorar a escrita podem ser muito eficientes para ajudar você a destravar o braço e a caneta, ou melhor, os dedos e o teclado. Se você tem dificuldade para expressar as ideias no papel, fique tranquilo que você não é a única pessoa no planeta que sofre disso. Escrever pode ser o terror para muita gente, isso, no entanto, pode se manifestar apenas pela falta de prática. Quem sabe não existe um Machado de Assis ou um José Saramago dentro de você?

Veja a seguir algumas dicas de exercícios que podem te ajudar a ter mais desenvoltura no texto escrito e assim tornar essa atividade um hábito. Saiba que escrever pode ser um costume muito poderoso e eficiente para aliviar a tensão do dia a dia.

Como melhorar a escrita

Antes de tudo, saiba que escrever exige prática e essa experiência necessita de outras atividades que você deverá começar a desenvolver. Dessa forma, a escrita não está isolada das outras tarefas que são habituais, ela exige atenção, foco e muito exercício. Veja a seguir dois itens que são fundamentais para melhorar a escrita:

Leitura

A leitura é a premissa básica para melhorar a escrita, sem ela não será possível começar a ter um bom texto. Saiba que não há um escritor no planeta que não seja um leitor contumaz.

Portanto, desenvolva esse  hábito e, certamente, ele abrirá várias portas. Ler mais não só vai fazer com que você escreva melhor, mas vai tornar possível adquirir outros conhecimentos e formar uma biblioteca de sabedoria.

Prática

Somente a prática leva à perfeição. Não existe fórmula mágica, você não vai acordar da noite para o dia com a genialidade dos grandes redatores, para isso é necessário treino e dedicação. Escrever também pode ser comparado a um esporte, para melhorar, você precisa treinar, simples assim.

Pense que escrever é um processo semelhante a desembaraçar um emaranhado de linha. Ao praticar, você conseguirá descobrir estratégias e mecanismos para desenredar a forma de expressar as ideias no papel.

10 exercícios que podem ajudar você a melhorar a escrita

Agora que você sabe mais sobre os fundamentos básicos que compõem a escrita, alguns exercícios podem auxiliar você a ter mais desenvoltura textual.

1- Comece escrevendo sobre o que gosta

Essa é uma forma de você começar a descrever aquilo que conhece e tem afinidade. Ao relatar o que gosta, provavelmente você terá mais embasamento para argumentar no papel aquilo que domina e tem apreço. Essa é uma forma de descobrir se você consegue passar emoção no texto ou cativar as pessoas através da escrita.

Você pode escrever sobre diversos fatores que estão ao seu redor no dia a dia, por exemplo: um filme, livro, série, uma paisagem bonita, etc. Isso além de trazer boas recordações, pois saiba que escrever é também recuperar na memória sentimentos e lembranças, além de prazeroso, será algo divertido de ser feito.

2- Descreva um objeto

Escolha um objeto e passe para o papel as características que predominam nele. Essa é uma maneira de treinar o seu poder de observação. Uma leitura que poderia auxiliar você nessa tarefa seria o livro O Primo Basílio, do autor Eça de Queiroz.

O romance é carregado de descrições de objetos compondo uma espécie de zoom narrativo. A descrição de objetos também ajuda você a trabalhar o texto a partir de algo concreto.

Sendo assim, você não trará ainda para o texto as abstrações, ou seja algo que está intangível, isso poderá facilitar a hora de buscar escrever sobre aquilo que não está diante de seus olhos.

3- Escreva um diário

Escrever um diário pode ser uma maneira de desamarrar a escrita, ao escrever sobre sua rotina, você criará um hábito aos poucos. Escrever dessa maneira também ajuda com que você consiga recuperar os pensamentos que ficaram perambulando pela sua memória ao longo do dia e também aquilo que fez bem ou trouxe incomodação a você.

Essa é uma ferramenta muito eficiente de trabalhar o texto em primeira pessoa e começar o esboço do pensamento crítico, afinal de contas, um diário é recheado de pensamento dessa ordem.

4- Tenha um bloco de notas e anote coisas relevantes

Se você quer ingressar no mundo da escrita ou escrever melhor, saiba que esse é um item indispensável.

Escreva em um bloco de notas (pode ser no celular) ou em uma caderneta tudo aquilo que você julga pertinente. Ao final do dia, tente reunir esses escritos em um único bloco de texto, com início, meio e fim.

Essa é uma maneira de entender melhor como funciona a trama do texto. Um texto ou uma ideia, geralmente é construído a partir de fragmentos. Certamente a sua rotina é interessante o suficiente para se tornar uma bela narrativa. Para isso, basta você colher as anotações feitas.

5-Descreva algo que não esteja presente

Essa é a maneira de você começa a trabalhar a abstração. Ao descrever e escrever sobre um objeto que não está sob seus olhos, você estará exercitando a memória, portanto, um dos quesitos fundamentais da ficção.

Ao fazer isso, você saberá se é bom de memória ou não. Para escrever contando coma memória, você poderá descrever sobre qualquer coisa, por exemplo: um quarto, sala, um vaso de flor, uma árvore, etc. Esse é um campo infinito para buscar inspirações.

6- Escreva uma autobiografia

Escrever a sua autobiografia pode ajudar você a pensar mais sobre você, além de, é claro, desenvolver a escrita. Um texto desse tipo ajuda você a recuperar memórias e dividir o processo de escrita em etapas como: infância, juventude e vida adulta.

Isso não é uma exigência, portanto, cabe a você separar as etapas conforme achar melhor. A autobiografia não precisa ser longa, delimite isso em um número de páginas, três está ótimo. Um texto a partir de três páginas ajuda a alongar mais o processo de escrita, isso dará a você mais fôlego.

7- Escreva um roteiro de viagem

Escrever um roteiro de viagem pode ser algo muito prazeroso também. Não precisa ser necessariamente uma viagem longa, pode ser o seu trajeto até o trabalho, escola ou um fim de semana na casa de parentes. As possibilidades são muitas.

Ao escrever o roteiro tente buscar expressões que causem efeito, mas tome cuidado com o senso comum. Certamente, esse tipo de texto irá explorar uma maneira muito divertida de escrever.

8- Ouça e transcreva para o papel

Ao ouvir e transcrever, além de você trabalhar a percepção auditiva, também vai aprimorar a ortografia. Note que até agora esse texto não se preocupou com essas questões, e nem irá. Mas a ortografia é o item mais importante de uma escrita, erros deste tipo diminuem a credibilidade daquilo que foi escrito.

Ao fazer a transcrição, tente fazer de forma manuscrita, isso certamente ajudará você a saber como está seu domínio das regras ortográficas. Após isso, releia e revise o que você conseguiu extrair do áudio e corrija aquilo que estiver errado.

9- Leia um texto e escreva a partir de outra perspectiva

Todo mundo ou a maioria das pessoas têm uma história preferida, certo? Caso você tenha uma história que gosta de reler com certa frequência, tente escrevê-la a partir de outra perspectiva, seja em terceira pessoa caso o texto esteja em primeira, ou vice-versa.

Tente escrever com o ponto de vista de um personagem coadjuvante. Essa é uma forma de você começar a trabalhar melhor a ficção e as ideias em uma narrativa. Esse tipo de exercício serve como uma ponte para entender melhor os mecanismos que compõem uma obra. Pratique essa ferramenta, isso certamente ajudará você a melhorar a escrita.

10- Crie

Agora que você chegou até aqui, quem sabe não está na hora de começar a inventar. Não tenha cobrança em relação a isso, apenas escreva. Após, entregue para alguém ler. Mas tenha em mente que esta pessoa precisa ser sincera com você. Também é importante que você não se abale caso a crítica seja negativa, encare ela como uma alavanca e uma motivação para buscar melhorar.

Agora que você conhece mais sobre alguns dos exercícios para melhorar a escrita, comece a praticá-los. Lembre-se que escrever é um processo de construção, não é algo instintivo do ser humano, mas sim algo desenvolvido ao longo do tempo com treino e leituras.

O mais importante é você ter vontade de escrever e saber que é capaz disso. O resto basta ir trilhando pouco a pouco.

Se você gostou desse assunto e deseja ler mais sobre mercado de trabalho, educação e outras curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa. Veja também dicas para melhorar a leitura de textos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui