Melhores faculdades de jornalismo do Brasil: saiba quais são

Se trilhar uma carreira na área de Comunicação Social, mais precisamente no Jornalismo, é uma tarefa desafiadora, essa missão fica ainda mais complexa quando você começar a pensar em qual universidade vai estudar. Por isso, no artigo de hoje vamos mostrar quais as melhores faculdades de jornalismo do Brasil, além de contar um pouco mais sobre essa profissão e o curso. Essa profissão é especialmente interessante para quem gosta de se comunicar, trabalhar com pessoas, escrever, ler e estar sempre atento ao que acontece no mundo. Além disso, é perfeita para quem gosta de fotografia, e até atuar como freelancer. Mas essas mudanças no mercado também significam que os estudantes de jornalismo hoje em dia precisam se preparar para enfrentar mais competitividade e, até, para empreender. Ou seja, escolher uma boa faculdade tem se tornado ainda mais essencial. Portanto, continue lendo e entenda todos os detalhes sobre a profissão e os cursos de jornalismo!

Como é a carreira no jornalismo?

O jornalista é um profissional que atua em meios de comunicação, assessoria de imprensa e produtoras de conteúdo, entre outras áreas. Tradicionalmente, ele pode atuar em jornais impressos, revistas, sites, emissoras de televisão, rádios e agências de comunicação. Mas muita coisa mudou nos últimos anos. Com tanto acesso à informação, o jornalista deixou de ser o único detentor da verdade e seu papel se tornou o de garantir a credibilidade da informação. Agora ele tem um desafio ainda maior: selecionar aquilo que é relevante ao leitor, em meio a tantos conteúdos disponíveis online. Nos veículos de comunicação, o jornalista pode assumir diferentes funções. Entre elas estão:
  • Repórter;
  • Redator;
  • Roteirista;
  • Produtor;
  • Editor;
  • Diagramador;
  • Chefe de Reportagem.
Já na assessoria de imprensa, o profissional precisa saber lidar com as novas mídias digitais e divulgar as ações da empresa ou órgão que representa com inteligência e estratégia. Mas para fazer tudo isso, alguns conhecimentos são necessários. É aí que entra a faculdade de jornalismo.

Como é o curso de jornalismo?

A graduação em jornalismo tem duração média de 4 anos e suas disciplinas podem incluir redação, economia, ética, filosofia e teoria da comunicação. No começo do curso, em geral, os alunos têm disciplinas mais abrangentes, que contribuem para a bagagem sócio-cultural do futuro profissional. Depois, eles aprendem a trabalhar com a parte mais técnica do jornalismo, como produção audiovisual, fotografia, radiojornalismo e criação de reportagens. No final, precisam fazer estágio obrigatório e também um Trabalho de Conclusão de Curso, cujo formato varia dependendo da instituição. Mas essa estrutura não é fixa e vai variar de acordo com a universidade. Todas elas, porém, seguem a base curricular determinada pelo Ministério da Educação (MEC), que exige que os eixos teóricos e práticos sejam distribuídos ao longo do curso. Saiba mais sobre cada universidade a seguir e veja quais as melhores faculdades de jornalismo do Brasil!

Ranking das melhores faculdades de jornalismo do Brasil

Existem alguns rankings no Brasil que classificam os melhores cursos do país. O mais conhecido, porém, é o Ranking Universitário da Folha (RUF), que avalia 196 instituições de ensino. Por isso, vamos nos basear nele também para mostrar as melhores faculdades de jornalismo do Brasil e como são seus cursos.

Critérios para ranquear as melhores faculdades de jornalismo

O ranking da Folha utiliza cinco critérios na avaliação, com pesos diferentes:
  • Pesquisa (42%);
  • Ensino (32%);
  • Mercado (18%);
  • Internacionalização (4%);
  • Inovação (4%).
E para atribuir uma nota a cada um, contam dados da Capes, publicações científicas internacionais, pesquisas Datafolha e informações do MEC, entre outras fontes. No fim, a nota é divulgada junto com o desempenho da universidade em cada um dos elementos. Veja a seguir as faculdades mais bem colocadas na lista de 2019!

Melhores faculdades de jornalismo do Brasil em 2019

1. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Primeira colocada no ranking em 2019, a UFMG se destaca principalmente pela qualidade do ensino e no volume de professores com dedicação integral (o que é um indicativo positivo, já que eles têm mais tempo para os alunos e para pesquisa). Além disso, a universidade também foi a 4º colocada na classificação geral!

2. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

A dedicação integral dos professores também foi destaque na UFSC, a 2ª colocada do ranking. Na universidade, a nota do ENADE pesou bastante, já que o curso de jornalismo da faculdade catarinense foi o 5º colocado na prova. Além disso, a UFSC tem o diferencial de ser uma das poucas instituições com um curso de bacharelado em jornalismo e não de comunicação social com habilitação em jornalismo.

3. Universidade de São Paulo (USP)

Uma das universidades mais reconhecidas do Brasil, a USP foi considerada a 3º entre as melhores faculdades de jornalismo do Brasil. A instituição se destaca por seus programas de mestrado e doutorado, além da avaliação dos docentes, na qual foi a 1º colocada. E vale lembrar que, na classificação geral, com todos os cursos, a USP conquistou o primeiro lugar!

4. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

A UFGRS também ficou entre as melhores faculdades de jornalismo do Brasil! Com o 2º lugar na avaliação de mercado, empatada com a USP, a universidade se destacou pela dedicação integral dos professores e qualidade do ensino (em 7º lugar neste quesito).

5. Faculdade Cásper Líbero (FCL)

A primeira universidade particular da lista é a Faculdade Cásper Líbero, focada na área de comunicação social. A instituição é a 1º colocada quando o assunto é mercado de trabalho, além de possuir uma alta avaliação dos docentes. Ela também é uma das mais tradicionais no ensino de jornalismo e foi a primeira a oferecer esse tipo de graduação no país, ainda na década de 1940!

6. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

O mercado de trabalho também é o forte da UFRJ, que ficou em 3º lugar nesse requisito. Além disso, a instituição ficou em 2º lugar na avaliação dos docentes. Já no ranking geral, a faculdade carioca foi a 3º melhor universidade do Brasil!

7. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)

A segunda universidade privada do ranking é a PUC do Rio Grande do Sul. Suas principais posições são nos critérios de avaliação do mercado, qualidade do ensino e na avaliação dos docentes.

8. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Da mesma forma, a PUC de São Paulo foi a terceira colocada no ranking entre as faculdades privadas. Ela também se destacou pela qualidade do ensino e pela avaliação dos professores. Ficou para trás, porém, nos indicadores de mercado e pós-graduação.

9. Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Segunda colocada entre as faculdades de jornalismo no ENADE, a UFPR também ficou entre as melhores do ranking. A instituição se destaca ainda pela quantidade de professores com dedicação exclusiva, além da avaliação de mercado.

10. Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)

Encerrando a classificação, a ESPM garantiu a 10º posição no ranking de melhores faculdades de jornalismo do Brasil. A faculdade particular de São Paulo também empatou em 2º lugar como uma das melhores na avaliação de mercado, assim como ficou em 4º no critério de avaliação dos professores.

Outros caminhos para buscar a sua faculdade de jornalismo

A lista, porém, vai muito além. Foram analisados mais de 300 cursos de comunicação no Brasil todo, entre instituições públicas e privadas. Por isso, se você está escolhendo qual universidade cursar, dê uma olhada em todo o ranking. Procure saber também qual foi a nota do curso no último ENADE, conheça a infraestrutura oferecida e pesquise na internet para saber a opinião de outros alunos. Assim, você consegue ter uma boa noção do que vai encontrar depois que se matricular! E se você ainda tem dúvidas se quer mesmo seguir a carreira de jornalista, conheça melhor os cursos de comunicação social neste post. No artigo, explicamos quais são as opções da área e como você pode escolher a habilitação que mais combine com o seu perfil profissional!
Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *