não quero fazer faculdade

Não quero fazer faculdade: o que eu faço?

Se você terminou o ensino médio e só tem um pensamento na cabeça: não quero fazer faculdade. Calma, que vamos te ajudar! Talvez faculdade não seja para você, mas tem muitos caminhos promissores que você pode seguir.

Talvez você ainda não tenha se decidido sobre qual faculdade cursar ou prefere experimentar uma área para mais tarde se especializar e seguir sua carreira profissional.

Uma boa notícia é que você pode optar por fazer um curso técnico e há uma infinidade dessas capacitações disponíveis! Não quero fazer faculdade pode não ser um problema. Quando falamos de curso técnico isso passa a ser uma oportunidade de ingressar mais rápido no mercado de trabalho.

Neste post, vamos falar mais sobre os cursos técnicos e como eles podem ser uma ótima opção para você que não quer fazer faculdade. Confira!

Leia mais: 11 cursos gratuitos do Senai para fazer à distância

Qual a vantagem de fazer um curso técnico se não quero fazer faculdade?

Muito além da qualificação técnica, a vantagem de fazer um curso técnico é começar a trabalhar mais cedo. Geralmente, o tempo de duração destes cursos é menor que as faculdades e o custo, conseqüentemente, também é mais baixo.

É importante destacar que além das habilidades práticas para exercer uma profissão, os cursos técnicos também proporcionam conhecimentos teóricos essenciais para atuar na função escolhida.

Ademais, é uma modalidade diferente de ensino e isso não significa que seja melhor ou pior que uma graduação. Investindo em uma área que tenha grande demanda no mercado, os salários podem ser compatíveis ou até mesmo mais altos que aqueles destinados aos cargos que exigem uma faculdade.

Assim sendo, as regras que influenciam nos salários dependem de vários fatores, como região do país, porte da empresa, falta ou abundância de profissionais qualificados, entre outros aspectos. Portanto, vale a pena pesquisar bastante e se informar antes de tomar uma decisão.

Tipos de cursos técnicos

Apesar de o conceito geral ser o mesmo, ou seja, capacitar os alunos na prática, existem vários tipos de cursos técnicos. Se você está no grupo de jovens que o não quero fazer faculdade já é uma certeza, talvez se informar mais sobre os cursos técnicos seja uma opção. Confira alguns deles:

  • Curso técnico externo ou concomitante: este curso é realizado ao mesmo tempo em que o aluno cursa o ensino médio, porém é realizado separadamente, podendo durar de um a dois anos;
  • Curso técnico integrado: possibilita ao aluno fazer o ensino médio tradicional ao mesmo tempo em que cursa o curso técnico escolhido. Dura, em média, de um a dois anos para a conclusão. No final, ele recebe dois diplomas de conclusão;
  • Curso técnico profissionalizante ou subsequente: este tipo de curso pode ser feito após terminar o ensino médio. É uma oportunidade de se profissionalizar em alguma área de atuação, focando no mercado de trabalho. A duração desta modalidade de curso é, em média, de um ano e meio a dois anos.
  • Formação inicial e continuada ou qualificação profissional: a qualificação profissional pode ser feita por qualquer pessoa, ou seja, estudantes ou trabalhadores. Como não é emitido um diploma de ensino médio ou técnico, não existem pré-requisitos para este tipo de curso, sendo que a sua duração é bem curta.

Leia também: 4 dicas para ter sucesso apenas com o certificado de curso técnico

Quais áreas de atuação existem cursos técnicos?

No Brasil, as áreas profissionalizantes dos cursos técnicos são divididas em 13 eixos tecnológicos, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Os cursos técnicos são disponibilizados por todas as instituições de ensino do país e estão regulamentados no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT).

Assim, o aluno poderá escolher um curso técnico focado em:

  • Ambiente e Saúde;
  • Controle e Processos Industriais;
  • Desenvolvimento Educacional e Social;
  • Gestão e Negócios;
  • Informação e Comunicação;
  • Infraestrutura;
  • Militar;
  • Produção Alimentícia;
  • Eixo tecnológico de Produção Cultural e Design;
  • Produção Industrial;
  • Recursos Naturais;
  • Segurança;
  • Turismo, Hospitalidade e Lazer.

Não quero fazer faculdade: veja os cursos técnicos que estão em alta

Para facilitar a sua escolha, vamos citar alguns dos cursos técnicos que estão em alta desde 2020. Portanto, vale a pena dar uma olhada nestas opções para investir no seu futuro.

Técnico em Administração

Se você escolher uma qualificação técnica em Administração poderá atuar com atividades que envolvam processos de gestão de pessoas, marketing, finanças, vendas e operações logísticas, além de gestão de materiais e patrimônio.

Também é interessante saber que existem oportunidades no setor público e privado, sendo que o mercado é bem amplo para este profissional. Um técnico em Administração poderá atuar em setores bem variados, de forma autônoma, com contrato temporário ou efetivo.

Técnico em Análises Clínicas

Se você gosta da área da saúde e já pensou em atuar em laboratórios fazendo análises clínicas, este curso técnico é uma boa alternativa.

Com a capacitação é possível aprender a diagnosticar doenças por meio de análises, emitir um parecer sobre elas e atuar de acordo as exigências legais necessárias.

Técnico em Marketing

De forma teórica e prática, esse curso busca capacitar os alunos para atuarem em diversos tipos de Marketing, como o marketing operacional, esportivo, político, cultural, social, antropológico e, claro, o tão falado digital.

Tão ampla quanto a área de Marketing, são as atividades que podem ser executadas por este profissional. Desde atendimento e elaboração de briefings até auxílio em elaboração de campanhas online ou offline.

Outra oportunidade de curso que, inclusive, envolve ações de Marketing é o curso técnico em Comércio.

Quem se profissionaliza em Comércio pode atuar também em indústrias, escolas, empresas atacadistas ou varejistas. Ou então, atuar de forma autônoma, como micro empreendedor individual.

Além de operacionalizar os planos de comunicação e marketing, este profissional poderá planejar ações, auxiliar no gerenciamento de setores das organizações, ser responsável pelo controle qualitativo e quantitativo dos produtos, entre outras atividades.

Técnico em Desenvolvimento de Sistemas

Concluindo as nossas sugestões de cursos técnicos, vamos destacar um dos mais promissores: o técnico em Desenvolvimento de Sistemas.

Com o crescimento constante e a atuação da tecnologia, seja na vida pessoal ou profissional, a expectativa é que faltarão profissionais para atuar nesta área. Também existem muitas oportunidades para técnicos de programação e de desenvolvimento de mobiles.

O mais bacana é que o mercado de softwares permite trabalhar em todos os segmentos e tipos de instituições, até no terceiro setor. Para quem tem espírito empreendedor poderá montar uma empresa ou atuar individualmente para prestar serviços na área. Ainda mais considerando que a tecnologia é utilizada em todo lugar.

Além disso, o técnico em Desenvolvimento de Sistemas tem ótimas oportunidades para se tornar um empreendedor.

Algumas das funções desempenhadas por um técnico de Desenvolvimento de Sistemas são: escrever e atualizar as linguagens e códigos dos programas e sistemas, consultar e modelar bancos de dados e redes, projetar sites e desenvolver aplicações para dispositivos móveis.

Por fim, existem outros cursos técnicos que também estão em alta, como:

  • Técnico em Contabilidade;
  • Vendas;
  • Automação Industrial;
  • Segurança do Trabalho;
  • Meio Ambiente;
  • Biotecnologia;
  • Logística;
  • Manutenção e Suporte em Informática;
  • Sistemas de Computação;
  • Técnico em Recursos Humanos.

Leia também: Cursos técnicos: vale a pena seguir essa formação?

Não quero fazer faculdade: investir em cursos técnicos é uma boa alternativa

Certamente, investir em cursos técnicos é uma boa alternativa para ingressar no mercado de trabalho. Da mesma forma que investir em uma faculdade.

Tudo depende dos objetivos de cada estudante. Fazer um curso técnico hoje pode ser somente a etapa inicial. É uma oportunidade de sentir como é a atividade escolhida na prática. Assim, fica mais fácil de investir depois em uma faculdade relacionada.

Desta forma, o importante é não parar de estudar para que os seus sonhos e objetivos profissionais sejam uma realidade o quanto antes. Por fim, o segredo é não se acomodar e buscar se especializar sempre mais.

Se você gostou desse assunto e deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades da área, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *