Como formatar trabalhos nas normas da ABNT

Como formatar trabalhos nas normas da ABNT

Chegou a hora de entregar o primeiro artigo da faculdade e surge aquela dúvida: como formatar trabalhos nas normas da ABNT? A Associação Brasileira de Normas Técnicas exige que algumas regras sejam seguidas. Assim, isso vale desde artigos e monografias até a tese de doutorado. Em outras palavras, no ambiente universitário, dominar essas regras é essencial porque serão usadas em qualquer produção acadêmica.

A princípio, pode parecer uma chatice ter que organizar vários detalhes dentro de normas pré-estabelecidas. Porém, imagine se cada pessoa entregasse seus textos do jeito que bem entendesse? Vamos combinar que seria uma bagunça e não haveria coesão nenhuma.

Então, fique tranquilo. Logo, logo você se acostuma e formatar trabalhos de acordo com as normas da ABNT será quase automático.

Normas da ABNT foram atualizadas em 2018

A última atualização das normas da ABNT foi em maio de 2018, o que significa que ocorreram algumas mudanças. Todas essas modificações podem ser visualizadas na sessão catálogo do site oficial da ABNT. Aliás, quer um exemplo? Se antes no tópico final do corpo do texto era utilizado o termo conclusão, agora o termo usual é considerações finais.

No entanto, não se preocupe, as atualizações não são feitas com frequência e sim quando realmente forem necessárias. A título de curiosidade, a primeira versão da norma foi publicada em 1974 e as alterações foram feitas em 1986, 1994, 2003 e em 2018. Vale ressaltar que a estrutura básica de um texto acadêmico não sofreu muitas alterações.

Neste texto, além de informações básicas, você vai ver:

  • Formatação prévia;
  • Como montar a capa;
  • Paginação;
  • Referências bibliográficas;

1. Faça a formatação prévia

Primeiramente, configurar margens, fonte, espaçamento e layout  antes de começar a escrever, facilita o trabalho. Além disso, é interessante inserir preferências no Word, como referências e sumário.

Entre na aba Página inicial:

Para o corpo do texto, insira a Fonte Arial ou Time News Roman, tamanho 12.

Vale destacar que as duas são fontes válidas. No entanto, preste a atenção, por exemplo, ao submeter um artigo acadêmico a um congresso para saber se apenas uma delas é solicitada.

No caso, de citação, legenda, ou tabela, o tamanho da fonte é 10.

Agora, busque o ícone Espaçamento.

De acordo com a ABNT, o valor dele deve ser de 1,5 para o corpo do texto.

Já nas citações com mais de 3 linhas, deve-se inserir 1,0 de espaçamento em parágrafo separado e fonte 10. O espaçamento também deve ser de 1,0 em referências, legendas.

Além disso, todo o corpo do texto deve ser Justificado. Para isso, ao lado esquerdo do Espaçamento, clique no ícone com linhas de mesmo tamanho.

Dica: posicione o mouse em cima dos ícones, sem clicar. A caixa que se abre já dá várias informações sobre as funções de cada botão.

Feito isso, siga para a aba Layout:

Primeiro, vá na opção Margens e clique em Margens personalizadas. Altere o tamanho da margem superior e esquerda para 3 cm. Já as margens inferior e direita devem ter 2 cm.

Em seguida, coloque em Tamanho a opção A4.

Por último, no ícone colunas, acrescente a opção Uma.

Novamente, antes de submeter um trabalho acadêmico, verifique quais são as diretrizes a serem seguidas. Afinal, podem existir variações. Por exemplo, alguns artigos, são feitos em duas colunas e algumas revistas científicas só aceitam o Abstract (resumo) em inglês.

Normalmente, essas exigências estão disponíveis nos sites das instituições de pesquisa.

2. Monte a capa nos moldes da ABNT

De acordo com as normas estipuladas,  as etapas abaixo devem ser seguidas na hora de montar a capa:

Nome da Instituição: O padrão é que esteja logo no início da página. Este itens devem ter a mesma formatação válida para a instituição. Neste caso, o nome precisa estar negritado, em fonte 14 e com caracteres maiúsculos. Além de ser centralizado e em uma das fontes padrão já citadas.

Nome do curso:  Geralmente, logo abaixo da  Instituição, está o tipo do curso. Por exemplo, Graduação, Pós- Graduação ou Mestrado. Este item devem ter exatamente a mesma formatação válida para a Instituição.

Nome do aluno (pessoa que realiza o trabalho): Consta logo abaixo do nome do curso. Escrito em letras maiúsculas com a mesma formatação dos itens anteriores.

Título: Possui exatamente a mesma formatação dos itens anteriores e deve estar abaixo do nome do aluno.

Subtítulo: Colocado logo abaixo do título, não deve ser negritado e apenas a primeira letra é escrita em maiúsculo. As formatações são idênticas aos itens anteriores.

Cidade onde o projeto ou estudo foi realizado: Consta na parte inferior da página, alinhamento centralizado e as letras devem ser todas maiúsculas.

Ano de apresentação do trabalho: É colocado em sequência ao item anterior.

3. Insira a paginação

Aqui, é essencial ficar atento a alguns detalhes para formatar um trabalho nas normas da ABNT. A numeração já é inserida a partir da folha de rosto (ou qualquer outra página após a capa). Contudo, só é exibida nos chamados elementos textuais.

Os números não constam na folha de rosto, resumo, ou sumário. Porém, atenção, ainda que não sejam exibidos as páginas são contadas.

Elementos contados e numerados:

(Elementos textuais)
– Introdução;
– Desenvolvimento;
– Considerações finais;
– Referências;
– Apêndices;
– Anexo;

Elementos contados e não numerados:

– Dedicatória;
– Agradecimentos;
– Epígrafe;
– Resumo;
– Lista de Ilustrações;
– Lista de Siglas e Abreviaturas;
– Lista de símbolos;
– Folha de rosto;

Não contados:
– Errata e capa;

Como numerar as páginas?

Trabalhos formatados nas normas da ABNT possuem paginação no canto superior direito da folha. Isto é, a 2 cm da borda superior e a 2 cm da borda direita.

Assim, manualmente, conte até o primeiro elemento textual a numeração (provavelmente a partir da introdução). Por exemplo, se o artigo tiver capa, folha de rosto, resumo e introdução, as páginas serão exibidas  a contar pelo número 4. Uma vez que, a introdução é a quarta página, sem considerar a capa.

Clique na última linha  da página anterior, no que seria o início da numeração. Depois pressione a aba Layout.

A próxima etapa é ir em Quebras > Próxima Página.

Feito isso, vá para a página correspondente ao primeiro elemento textual. Dê dois cliques para que o editor de cabeçalho seja aberto.

Em Cabeçalho e Rodapé retire a opção Vincular ao Anterior.

Ainda nesta aba, selecione Número da Página, e em sequência Número da Página, outra vez.

À direita, selecione Alinhamento. Retire a alternativa Mostrar número da primeira página e pressione OK.

Caso o número da página não for o correto, vá até Número da Página > Formatar números de página. Opte por Iniciar em: insira o número certo.

Selecione o número da página, tamanho 10 e use a mesma fonte do texto.

A última etapa é configurar 2cm como margem. A opção fica disponível ao lado do ícone fechar o cabeçalho.

Finalize clicando em Fechar Cabeçalho e Rodapé. Também é possível encerrar clicando duas vezes fora do Rodapé.

4. Referências bibliográficas de acordo com as normas da ABNT

Você pesquisou informações em vários artigos, sites e até viu alguns vídeos na internet para fazer o seu trabalho da faculdade. Caso você tenha feito alguma referência direta ao conteúdo, essas fontes precisam aparecer no tópico Referências Bibliográficas. Mas se usou apenas para consultas, elas não precisam ser mostradas.

Abaixo, você vai ver três exemplos bastante usados por graduandos, mas há diversas possibilidades. Lembrando que as referências devem estar em ordem alfabética.

Site na internet

SOBRENOME do autor, primeiro nome. Título do artigo. Ano. URL. Acesso em: (data de acesso).

Obs: Caso não exista autor, essa informação pode ser omitida.

Artigo

SOBRENOME do autor, primeiro nome. Título do artigo. Título da Revista ou periódico. (Caso o artigo tenha sido publicado em algum). Local de Publicação (cidade), Nº do Volume, Nº do Fascículo, Páginas inicial-final, mês e ano.

Vídeo

TÍTULO do vídeo. Indicação de responsabilidade. Outras indicações de responsabilidade. Local: (produtora e ano). Tempo de duração. Disponível em: (URL). Acesso em: (mês e ano).

Obs: A indicação de responsabilidade é apenas a autoria do vídeo ou em caso de filmes, o nome do diretor. O tempo de duração não é um item obrigatório. 

Facilite sua vida

Para saber como formatar trabalhos nas normas da ABNT, há uma série de regras. Aqui você viu algumas dicas iniciais.

Entretanto, se você não tem muita paciência para fazer tudo manualmente, sem problemas!  O site FastFormat ajuda bastante ao formatar os trabalhos de maneira automática. O Mettzer é outra ferramenta que pode auxiliar você nessa tarefa.

Gostou do texto? Escreva sua opinião nos comentários. Não deixe de acompanhar as nossas publicações aqui no blog Vai de Bolsa e fique por dentro de todas as novidades! Até a próxima.