Nota do MEC: como funciona e melhores instituições

O Ministério da Educação ( MEC) é um órgão do governo federal responsável pela educação e cultura do país. Nasceu com o nome de Ministério dos Negócios da Educação e Saúde Pública no governo Getúlio Vargas em 1930. O MEC tem o propósito de alcançar qualidade no ensino do país e funciona como um portal da educação para os brasileiros. É responsável pelo credenciamento das instituições, autorização da emissão de diplomas e também pela garantia da qualidade dos serviços prestados. Conheça mais sobre as principais atividades e como funciona a nota do MEC.

Programas do MEC

Responsável por cuidar do sistema de educação no Brasil, o MEC gerencia programas de educação que ajudam os estudantes a terem acesso a uma educação de qualidade. Os programas mais conhecidos são:

  • Sisu (Sistema de Seleção Unificada): oferece vagas para quem participa do Enem através de um sistema informatizado do Ministério da Educação. Portanto, o acesso ao sistema usa dados da prova e é preciso ter nota na redação diferente de zero.
  • Enem (Exame Nacional do Ensino Médio): criado em 1998, é uma prova que avalia qualidade de ensino médio no Brasil, então o resultado da prova dá acesso aos estudantes às universidades públicas e privadas.
  • Prouni (Programa Universidade para todos): estudantes sem diploma de faculdade tem acesso à bolsas de estudo em universidades privadas. Sendo assim, as bolsas podem ser integrais ou de 50%, válidas para cursos de graduação e sequenciais de formação específica.
  • FIES (Programa de Financiamento Estudantil): programa que disponibiliza financiamento de cursos superiores aos estudantes. Oferece juros zero a quem mais precisa, ou seja, famílias de baixa renda. Além disso possui uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Pontos avaliados pelo MEC

A avaliação do MEC é realizada em faculdades e cursos de nível superior. Então, uma nota é atribuída a cada instituição através de avaliações que levam em conta diversos fatores. Sendo assim, a nota no MEC representa o nível de qualidade do ensino oferecido pela instituição, além da infraestrutura da faculdade e dos cursos.

O Índice Geral de Cursos (IGC) e o Conceito Preliminar de Cursos (CPC) são um dos fatores usados pelo MEC como os indicadores da qualidade das instituições e cursos. O CPC usa os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e varia de 1 a 5, onde as médias abaixo de 3 são insatisfatórias.

Já o IGC avalia a universidade como um todo por meio da visita de avaliadores. A nota é obtida nos últimos três CPC e considera a distribuição de alunos entre os cursos graduação e pós-graduação oferecidos e é realizada uma vez por ano.

O Enade é realizado pelo Inep uma vez por ano com alunos do primeiro e último ano de um curso. A prova tem o objetivo de testar a qualidade do ensino ofertado pela instituição.

Porque a nota do MEC é importante?

A escolha de um curso superior é uma etapa muito importante na vida dos estudantes porque define a carreira profissional que será seguida. Por se tratar de uma decisão importante, escolher uma boa faculdade fará toda diferença lá na frente.

A nota da instituição de ensino no MEC é uma das informações que devem ser pesquisadas para ter conhecimento sobre o nível e qualidade de ensino que ela oferece.

Você pode encontrar no site da universidade se ela possui o reconhecimento do MEC e qual a nota ela tem. Além disso, conforme já citamos acima, apenas faculdades reconhecidas pelo MEC podem emitir diplomas válidos.

Os cursos que atingirem o 3 na avaliação atendem plenamente os critérios de qualidade, enquanto os que alcançam 5 são considerados cursos de excelência e se tornam referência.

Como consultar a nota do MEC

Na página do e-mec você consegue acessar as notas dos cursos de graduação de faculdades públicas e privadas. Além do site, você também consegue acessar planilhas para download com informações das instituições do CPC e IGC, se tiver interesse, no site do Inep.

A consulta é gratuita e qualquer pessoa pode fazer:

  1. Acesse o site e-MEC;
  2. Na aba Consulta Avançada preencha com dados da instituição de sua preferência;
  3. Selecione a opção Instituição de Ensino Superior;
  4. Digite o nome da instituição em Nome ou Sigla da Instituição que quer pesquisar;
  5. Selecione Estado e Município;
  6. Os demais campos são opcionais;
  7. Digite o código de verificação e clique em em Pesquisar.

Consulte a lista de faculdades e procure as que são bem avaliadas pelo MEC antes de escolher uma instituição de ensino. Assim você vai garantir a qualidade de ensino do curso escolhido.

Em dezembro de 2018 o MEC liberou a lista com o ranking anual das melhores faculdades e universidades do país. Confira abaixo as 10 primeiras universidades federais e faculdades:

Universidades e Institutos Federais de Ensino

 

  1. Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  2. Universidade Federal do Rio Grande Do Sul (UFRGS)
  3. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  4. Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  5. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  6. Universidade Federal do Rio De Janeiro (UFRJ)
  7. Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  8. Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  9. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
  10. Universidade Federal de Lavras (UFLA)
Faculdades
  1. Escola Brasileira de Economia e Finanças (EBEF)
  2. Escola de Economia de São Paulo (EESP)
  3. Escola de Ciências Sociais
  4. Faculdade São Leopoldo Mandic
  5. Instituto Militar de Engenharia (IME)
  6. Faculdade FUCAPE
  7. Faculdade Fipecafi
  8. Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)
  9. Escola De Administração de Empresas de São Paulo (FGV-EAESP)
  10. Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE)

Como ser credenciado

Existem diferentes Instituições de Ensino Superior (IES), visto que possuem funções diferentes. As faculdades são focadas em um único ramo do conhecimento e o MEC precisa autorizar a criação de novos cursos. Já no centro universitário, o corpo docente precisa ser composto por um terço de mestres ou doutores e um quinto dos professores precisa atuar em regime integral na instituição. A universidade é a instituição de ensino superior que tem mais autonomia e tem atividades ligadas à pesquisa e extensão em diferentes áreas de conhecimento.

As universidades, centros universitários e faculdades precisam solicitar o cadastramento junto ao MEC. A validade do primeiro cadastramento de faculdades e centros universitários é de três anos, enquanto para universidades é de cinco anos.

Diploma é reconhecido pelo MEC

O MEC é o órgão responsável por validar os diplomas dos cursos superiores. Por isso é imprescindível ficar atento se o curso presencial ou à distância da sua instituição possui credenciamento no MEC. Só assim, você terá garantia que o diploma terá valor em todo o território nacional.

Um diploma válido é indispensável para prestar concursos públicos para vagas de ensino superior. Se você já tem formação no ensino superior e não sabe se seu diploma tem valor, acesse o site do e-MEC.

Antes de escolher uma universidade lembre de consultar se ela é reconhecida pelo MEC para ter um ensino de qualidade e um diploma válido para comprovar o tempo que você investiu em seu aperfeiçoamento e desenvolvimento.

Se ficou com dúvidas, continue acompanhando o Vai de Bolsa para não perder nenhuma novidade sobre o assunto.

  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *