O que é cosmetologia

O que é cosmetologia? Conheça a área e os cursos!

O que é cosmetologia? Essa é uma pergunta que muitas pessoas fazem. É uma das áreas que mais ganhou espaço no mercado nos últimos anos. Isso porque, a procura por tratamentos de beleza aumentou pelos brasileiros.

A cosmetologia é aliada da estética. Ela proporciona uma base para os tratamentos estéticos por meio de cosméticos certos. O principal objetivo é adquirir o conhecimento da matéria-prima para o cuidado de beleza.

Quer saber mais? Continue a leitura deste conteúdo. Vamos explicar mais sobre o que é cosmetologia, como é o mercado de trabalho, a carreira e quais cursos fazer. Confira!

O que é cosmetologia?

É o estudo das aplicações e dos efeitos dos cosméticos que são usados na manutenção da saúde corporal, facial e capilar. Pode ser definida também como a arte de embelezar o ser humano.

Sendo assim, o profissional que estuda esse conteúdo precisa estar atento para as matérias-primas, a eficácia e o desenvolvimento dos produtos. Com inúmeras atividades, incluindo pesquisa e criação de cosméticos para tratamento de unhas, pele e cabelo, e também realizar os procedimentos nos clientes.

Os campos de atuação são bem diversos. Você pode encontrar especialistas em cosmetologia nos laboratórios, indústrias e atendimento ao usuário (como esteticista, cabeleireiros, podólogos, maquiadores ou consultores de vendas).

O trabalho dos cosmetologistas envolve análise das matérias-primas e a combinação de nutrientes naturais e sintéticos nos produtos. Dessa forma, eles adquirem mais qualidade, dando o efeito desejado.

Qual curso preciso fazer para ser um cosmetologista?

Agora que você já sabe o que é Cosmetologia, vamos falar sobre quais cursos fazer para ser um cosmetologista. A primeira delas é um curso técnico-profissionalizante, onde o aluno receberá um certificado médio-técnico. E a segunda é uma graduação.

As duas formas levarão o aluno a uma formação em Estética e Cosmetologia. Esse curso oferece aprofundamento teórico e prático necessário para uma certificação.

Então, é importante se interessar bastante por biologia, estética e um pouco de química. Essas serão matérias muito fortes durantes os anos de estudo.

Vale ressaltar também que nada impede de realizar um curso técnico e depois fazer uma graduação. Quanto mais especializações você tiver, melhor será quando for entrar no mercado de trabalho.

Farmacêuticos e bioquímicos

Os alunos de farmácia ou bioquímica podem atuar nas áreas de pesquisa e desenvolvimento dos produtos no cuidado com a pele e cabelos. Existe também uma demanda para exercer a função de consultores em empresas de produtos do ramo, ou no departamento comercial.

Biólogos

Para aqueles que se perguntavam o que é cosmetologia, saiba que os biólogos também podem atuar. Estudando formas dos compostos utilizados nas matérias-primas dos produtos e seus efeitos.

Médicos

As áreas de Dermatologia e Cirurgia Plástica podem optar por esse segmento. Atuando na indicação e na realização de tratamentos, a prescrição de medicamentos ou a execução de intervenções cirúrgicas com fins estéticos.

Engenheiros químicos

Aqui, aqueles que têm uma especialização de Estética e Cosmetologia podem atuar nas indústrias de cosméticos. E também acompanhando o desenvolvimento de produtos, de acordo com as regras estipuladas pelo fabricante e com as normas definidas pela legislação vigente.

O aluno que optar por um desses cursos, pode realizar uma pós-graduação em cosmetologia, que aborda todos os aspectos da elaboração de cosméticos. 

Mercado de trabalho

O curso de Cosmetologia leva o aluno, principalmente, para as clínicas especializadas no tratamento de beleza. Mas você pode atuar como autônomo também, realizando atendimentos residenciais ou em salões.

O Brasil é um país que tem um mercado muito abrangente para o profissional. Isso porque, a população tem uma preocupação com a aparência, aliada com a saúde. Tanto que, desde 2010, os biomédicos são autorizados a realizar procedimentos estéticos.

Nosso país é o terceiro maior consumidor de produtos cosméticos, ficando atrás apenas da China e Estados Unidos. Para o profissional que escolher esse caminho, pode ficar tranquilo com o mercado, pois a sociedade brasileira se preocupa bastante com aparência e bem-estar.

Mas como em qualquer ciência, a cosmetologia exige profissionais capacitados e especializados. Afinal, ele será responsável por atuar também nos estudos e aperfeiçoamentos de produtos. Além de analisar seus efeitos esperados e os colaterais.

Dessa forma, o profissional deve preparar e observar a utilização das formulações cosméticas, analisando as características e componentes usados. Cada fórmula é preparada conforme a necessidade do tratamento e a região que será aplicada.

Por isso, é tão fundamental que o profissional saiba as naturezas físicas, químicas, biológicas e microbiológicas de cada produto. Assim pode indicar o correto para cada caso.

Para aqueles que não sabem o que é cosmetologia e acham ela parecida com o esteticista, estão errados. A diferença é que o cosmetologista sabe detalhes da elaboração do produto, ações e efeitos, além das contraindicações. Dessa forma, é um estudo mais complexo.

No mercado de trabalho, além de salões, o cosmetologista pode atuar em fábricas de cosméticos, clínicas, laboratórios e farmácias. Com um tecnólogo aliado à Estética, o nicho de atuação aumenta.

Possibilidades profissionais da cosmetologia

Uma das grandes vantagens dessa profissão, comparada a outros cursos, é que há uma grande procura dela em cidades pequenas. Isso porque, o cuidado com a pele, unha e cabelos estão entre as prioridades de brasileiros de todas as regiões.

De acordo com o panorama do setor divulgado pela ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), há um enorme crescimento das oportunidades de trabalho em salões de beleza, assim como a abertura de franquias.

Como o salário do profissional que trabalha em salão, ou mesmo como autônomo, varia muito entre os meses, é difícil falar uma média. Mas o ganho médio de um cosmetologista que trabalha 43 horas semanais é de R$1.567,12.

A faixa salarial de um tecnólogo em Cosmetologia e Estética fica entre R$1.393,69 e o teto salarial de R$2.796,63. A média seria de R$1.430,29, segundo dados de acordos coletivos da CLT de todo Brasil de 2021. A cidade com mais contratações é São Paulo.

Já para o profissional que trabalha na indústria como farmacêutico cosmetologista, o salário inicial pode variar entre R$1.200 e R$2.400. Porém, com mais tempo de carreira e reconhecimento profissional, o salário pode chegar até R$30 mil.

Nesse caso, são para aqueles que trabalham como consultores no desenvolvimento de novas fórmulas. Ou, também, controlam os sistemas de gestão de qualidade, treinam equipes e esclarecem dúvidas dos clientes.

Principais funções

Depois de saber o que é Cosmetologia, você pode estar mais interessado nesse curso. Mas quais são as principais funções do profissional? 

Como vimos, o mercado de trabalho é muito abrangente. E não é limitado apenas em salões de beleza. Porém, as funções são todas relacionadas com os cuidados da pele, unhas e cabelos. Utilizando formas de conservar ou tratar.

O profissional em cosmetologia pode atuar:

  • no bronzeamento e outros cuidados com a pele;
  • com depilação;
  • na maquiagem;
  • na produção e aplicação de cosméticos;
  • nas técnicas de limpeza e hidratação da pele.

Já um farmacêutico cosmetologista atua em:

  • ajustar as concentrações das matérias-primas utilizadas em determinados produtos;
  • ajustar as instalações dos equipamentos;
  • coordenar estudos;
  • elaborar as patentes das fórmulas;
  • garantir o armazenamento e o transporte correto dos cosméticos;
  • identificar eventuais problemas e corrigir defeitos que alterem a qualidade da produção;
  • preparar relatórios sobre a produção;
  • realizar treinamentos de equipe;
  • registrar produtos em órgãos sanitários competentes.

Mas, de modo geral, as principais funções são:

  • Conservação: proteção, principalmente da pele e cabelos, dos efeitos nocivos do meio ambiente. Como a radiação solar, as oscilações de temperatura, o nível de umidade do ambiente, etc.;
  • Correção: produtos e tratamentos para corrigir imperfeições na pele, equilibrar disfunções fisiológicas e prevenir o envelhecimento;
  • Estética e embelezamento: pesquisar e oferecer cosméticos adequados a cada tipo de pele, unha e cabelos para melhorar a aparência da região onde o produto é aplicado.

O profissional que escolhe Cosmetologia

Deve ser uma pessoa que sabe se relacionar com outras. Isso porque, você verá problemas de pacientes quanto à estética e bem-estar, e precisará acalmá-los e ajudá-los com os produtos.

O profissional precisa ser volátil para entender as necessidades de cada cliente, sabendo o que fazer e quando fazer determinado tratamento. Além de ter o conhecimento das matérias-primas dos produtos, que podem ajudar mais em cada caso.

Por isso, é preciso de muito estudo e saber ao certo as características da cosmetologia. Já que será responsável por indicar os produtos de acordo com cada necessidade.

Agora, você não deve mais estar com dúvidas sobre o que é cosmetologia. E já poderá pensar em qual faculdade poderá se especializar. A Estácio possui o curso de Estética e Cosmética que aborda essa ciência.

Quer saber mais sobre cursos e o mercado de trabalho? Confira outros conteúdos no blog Vai de Bolsa.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *