o que faz um técnico de enfermagem

O que faz um Técnico de Enfermagem? Descubra!

Para quem procura garantir emprego com boas condições financeiras e chances de crescimento, o curso de Técnico de enfermagem é uma boa escolha. Mas o que faz um Técnico de Enfermagem? Qual o salário? Como é o curso? Qual a diferença entre um técnico e um enfermeiro? Estamos aqui para responder a essas perguntas!

O técnico de enfermagem é o profissional que cuida das funções mais básicas em uma instituição de saúde. Suas funções tem mais a ver com o ambiente de trabalho, suas condições de segurança e higiene.

O curso técnico em Enfermagem garante um diploma de nível médio. É um curso rápido, para quem quer iniciar uma carreira ou simplesmente melhorar a remuneração. Dessa forma, você pode depois complementar com outras formações.

Se você precisa concluir o ensino médio e quer começar uma carreira na área da saúde, mas precisa trabalhar, essa opção é muito conveniente.

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

Leia mais: Conheça 6 cursos técnicos na área da saúde

Técnico x Auxiliar x Enfermeiro: qual a diferença?

Uma dificuldade comum para quem considera fazer um curso na área da saúde é diferenciar estes três profissionais. Afinal, todo mundo conhece o trabalho de enfermeiros e médicos. Mas, o que fazem estes “outros” dois?

Para que possamos explicar, vamos pensar na rotina de um hospital. O médico atende e faz diagnóstico, enquanto o enfermeiro cuida da atenção aos pacientes. Nos casos mais simples, o auxiliar entra com tarefas como preparar os pacientes para consultas, orientado por enfermeiros.

O técnico entra em cena nos casos de média e alta complexidade. Isso porque eles exigem maior atenção ao ambiente de trabalho. Daí a necessidade de um profissional especializado.

Pacientes em coma, gestantes, pessoas com queimaduras, por exemplo, demandam muitos cuidados que escapam às funções de um médico ou enfermeiro. Sem o técnico de enfermagem, estes atendimentos não podem ser feitos com excelência.

Por fim, convém diferenciar o técnico e o auxiliar de enfermagem. O primeiro tem foco no ambiente de trabalho. Além disso, é necessário em casos de média/alta complexidade. É formado em um curso técnico, de nível médio.

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

O segundo trabalha mais diretamente com as pessoas e está presente nos casos mais simples. O curso não conta nem como nível superior, nem nível médio. Esse é um detalhe importante, pois muitos concursos pedem algum diploma nesses níveis de ensino.

Curso de Técnico de Enfermagem

Como todo curso técnico, esse dura cerca de dois anos e garante um diploma de ensino médio. Além disso, você precisa realizar um estágio para se formar.

Gostar de ciências é algo que vai te ajudar muito no curso. Você vai estudar um bocado sobre o corpo humano, além de micróbios e outros conteúdos de biologia. Da mesma forma, você vai ter que estudar um pouco dos princípios éticos e das leis que regem a profissão.

Aqui estão algumas matérias comuns do curso Técnico de Enfermagem:

  • Anatomia;
  • Bioética;
  • Farmacologia;
  • Microbiologia;
  • Parasitologia;
  • Relações humanas;
  • Saúde coletiva;
  • Saúde da criança e adolescente.

Enfim, o estágio obrigatório tem cerca de 600 horas e é feito em uma instituição de saúde.

Leia mais: Tecnólogo em sistemas biomédicos: união de áreas em favor da saúde

Curso técnico: vale a pena?

Você deve estar se perguntando: o que é melhor? Fazer um curso técnico ou investir numa graduação? Como para muitas coisas na vida a resposta para isso é: depende.

A graduação é um esforço de médio prazo. São quatro ou cinco anos dedicados a estudar uma profissão ou área do conhecimento. Isso geralmente significa um salário maior – é o caso da enfermagem. Algumas pessoas têm recursos para fazer esse investimento. Outras, não.

Se você quer ou precisa entrar rápido no mercado de trabalho, o curso técnico talvez seja a melhor opção. Isso porque são cursos mais curtos e, em geral, preparam bem para o mercado.

Outro fator é que nem sempre a graduação garante emprego. Desse modo, além do tempo temos o risco associado ao investimento no ensino superior. Não significa que seja uma opção ruim, mas é um fator a ser levado em consideração.

É legal ressaltar que não são duas alternativas excludentes. Você pode fazer o curso técnico e, depois, com mais recursos, investir numa graduação.

Curso Técnico de Enfermagem a distância

Quem procura um curso técnico, em geral, busca duas coisas: economia e praticidade. Assim, a modalidade EaD é muito procurada. É uma opção barata, economiza o deslocamento e tem todos os benefícios que estudar em casa traz.

Porém é preciso saber escolher. Afinal, nem todas as instituição são iguais. Elas variam em termos de professores, recursos didáticos e outros fatores. É preciso também escolher uma instituição registrada no Ministério da Educação (MEC), pois sem ele seu diploma vale menos.

Mercado de trabalho

Considerando o que faz um técnico de enfermagem, você deve imaginar que não é difícil arranjar emprego. Caso positivo, tem toda razão! Essa é, aliás, uma das maiores vantagens do curso.

De fato, são poucas as carreiras em que você sai do ensino médio e têm tanto empregos. Tanto o setor privado quanto o público contratam muitos técnicos de enfermagem.

Assim, você pode ser contratado em maternidades, UTIs, hospitais, centros cirúrgicos e qualquer instituição de saúde de média/alta complexidade. Dificilmente você vai ficar de fora.

Além disso, temos o fator pandemia. Obviamente, a área da saúde está em alta e profissionais de todas as áreas são necessários. Porém, o técnico de enfermagem lida com condições sanitárias do ambiente de trabalho – uma preocupação constante nestes tempos.

Salário

A remuneração de um técnico de enfermagem é, em média, cerca de R$ 1.800, próximo ao salário médio brasileiro. O teto, no entanto, pode chegar a R$ 3.400, conforme a experiência e qualificação do profissional.

Isso é considerado um salário bom para profissionais com diplomas de ensino médio, frequentemente no primeiro emprego. Considerando a alta empregabilidade, também não é difícil conseguir experiência na área.

Outro fator a ser levado em consideração é que você pode usar isso como um trampolim para, por exemplo, uma carreira como enfermeiro ou auxiliar de enfermagem. Nesse caso, a experiência como técnico de enfermagem pode ajudar muito na empregabilidade.

Leia mais: Curso técnico em farmácia: vale a pena fazer?

Perfil de um técnico de enfermagem

Quando se fala em profissionais da saúde, devemos ter em mente a dimensão humana da atividade. Isto é: você vai estar em contato com pessoas em situações muito delicadas, que exigem sensibilidade e empatia.

No caso específico do técnico de enfermagem, a limpeza e organização são fundamentais. Afinal, esses aspectos do ambiente de trabalho são críticos para sua atuação.

Enfim, justamente por causa da dimensão humana, é preciso de um pouco de preparo emocional. É importante, nesse sentido, ter a mente aberta para aprender com o trabalho.

Conclusão

O curso de Técnico de Enfermagem é uma boa pedida para quem quer começar um carreira na área da saúde. É uma profissão de grande empregabilidade e, mesmo no começo, oferece um salário decente para o nível de qualificação.

Nada impede, no entanto, que você busque complementar sua formação com o tempo, como dissemos lá em cima. Na verdade, esse começo pode servir como base para outras possibilidades. Uma delas, por exemplo, é a “dobradinha” emprego e faculdade EaD.

Agora que você já sabe tudo sobre a profissão e o curso de Técnico em Enfermagem, já pode começar a procurar opções de curso. Aqui no blog temos posts que mostram opções e vão te ajudar nessa decisão.

Uma jogada inteligente é tentar conseguir uma bolsa de estudos, caso você seja um estudante de baixa renda. Se você não sabe por onde começar a procurar, nós também temos informações úteis.

Por fim, você pode querer olhar outras opções de cursos técnicos e acompanhar os posts do blog para mais informações que podem te ajudar a construir sua carreira.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *