Peça fundamental na realização e no sucesso das Artes Cênicas, a Produção Cênica é a área responsável por todos os processos que envolvem esse tipo de atividade. Com foco principal em ações relacionadas a encenações culturais, a produção cênica tem atuação em diversos meios, como televisão, teatro, cinema, entre outros.

Com foco na área de humanas, o profissional com essa formação precisa gostar de artes, ter uma sensibilidade aguçada e estar aberto a conhecer culturas, história e movimentos contemporâneos. E se você sempre teve curiosidade sobre trabalhar por de trás de eventos e produções culturais, essa pode ser a profissão ideal para você.

Confira neste artigo o que é preciso para atuar em uma Produção Cênica, a formação profissional e o que esperar do mercado de trabalho. Boa leitura!

Como é o curso de Produção Cênica

Para se tornar um profissional nesta área é preciso fazer um curso superior de Tecnologia em Produção Cênica, na modalidade tecnólogoA formação tem duração média de dois anos e meio, e como já citado anteriormente, é um curso voltado para a área de ciências humanas.

Neste período, o aluno de Produção Cênica é capacitado para trabalhar na produção de espetáculos culturais dos mais vários tipos, envolvendo música, teatro, vídeo, cinema, dança, televisão e apresentações em geral.

O curso é dividido em disciplinas teóricas e práticas, e possuem foco na encenação, interpretação e criatividade. Além disso, os alunos estudam sobre ética, teoria teatral e legislação.

Além disso, durante todos os semestres, os alunos participam de oficinas, que podem ser de:

  • Improvisação;
  • Educação e Técnica Vocal;
  • Encenação;
  • Direção;
  • Expressão Corporal, entre outras.

Para a conclusão do curso de Produção Cênica, no último período, os alunos costumam montar um espetáculo sob a orientação de um professor.

Principais disciplinas do curso de produção cênica

Entre as principais disciplinas que fazem parte da grade curricular do Curso Superior de Tecnologia em Produção Cênica estão:

  • Literatura Dramática;
  • Expressão Corporal;
  • Expressão Sonora;
  • Jogo Teatral e Improvisação;
  • Interpretação;
  • Teorias do Trabalho do Ator;
  • Psicologia e Psicanálise Teatral;
  • Filosofia e Estética;
  • História do Teatro;
  • Caracterização Figurino e Maquiagem;
  • Teatro de Animação;
  • Cultura e Sociedade;
  • Técnicas e Métodos de Pesquisa;
  • Ética, Legislação e Produção Teatral;
  • Cenografia;
  • Pesquisa em Artes Cênicas;
  • Iluminação;
  • Direção Teatral;
  • Semiologia Teatral;
  • Montagem Teatral;
  • Crítica Teatral;
  • Trabalho de Conclusão de Curso; entre outros.

A carreira do produtor cênico

Ao sair da faculdade, o produtor cênico está apto a atuar como:

  • Arteterapeuta: uso da arte como terapia para ajudar no bem-estar e no tratamento de idosos e pacientes em grupos de risco;
  • Cenógrafo: criação e concepção de cenários e objetos cênicos, cuidado com iluminação e caracterização de ambientes conforme roteiro;
  • Diretor teatral: escolha de elenco, direção de atores em cena, definição e coordenação de figurinos e elementos que envolvem a encenação;
  • Dramaturgo: autoria de telenovelas, seriados, peças teatrais, musicais, entre outros. Como dramaturgo, o profissional também é habilitado a fazer adaptações de textos para teatro, cinema ou tv;
  • Dublador: ceder a voz ou interpretação para personagens de animação ou filmes de língua estrangeira;
  • Professor de Interpretação: ministrar aulas de teatro em escolas públicas ou privadas nos Ensino Fundamental e Médio;
  • Figurinista: definição, elaboração e produção de roupas e acessórios que serão utilizados em produções teatrais, televisivas e cinematográficas. Nesta função, o figurinista atua também auxiliando na composição do personagem, direcionando expressões faciais, corporais, além de entonação de voz;
  • Produtor: captação, planejamento e gestão de verbas, orçamento e patrocínio para a realização de atividades e apresentações culturais;
  • Teórico Teatral: produtor e editor de livros didáticos ou autor de críticas teatrais baseadas em aspectos práticos e teóricos das artes cênicas.

Onde o produtor cênico pode atuar

Dentro dessas funções, o produtor cênico poderá trabalhar nos seguintes ramos:

  • Agências de Publicidade e Propaganda;
  • Companhias Teatrais;
  • Cursos Livres;
  • Emissoras de Televisão;
  • Escolas;
  • Jornais;
  • Oficinas teatrais;
  • Organizações não-governamentais;
  • Produtoras de cinema;
  • Produtoras de teatro;
  • Produtoras de vídeo; entre outros.

Mesmo o Brasil sendo um país com intensas atividades culturais, as melhores oportunidades para os produtores cênicos estão na região sudeste.

É que é nessa região onde estão localizadas as maiores emissoras de TV, produtoras, grandes teatros e, principalmente, os maiores investimentos financeiros.

Outra opção bem interessante é a atuação em órgãos públicos, que costumam necessitar de profissionais da área para organizar e gerenciar espaços culturais e eventos públicos. 

Quanto ganha um produtor cênico?

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), um produtor cênico ganha em média R$ 2.963,89, chegando ao teto salarial de R$ 4.907,60. Os valores acima levam em conta os profissionais com carteira assinada em regime de CLT.

É preciso considerar também que muitos produtores cênicos trabalham por projetos, e a média salarial pode variar conforme o tamanho e a duração desse projeto e também o tamanho da empresa ou produtora contratante.

Faculdades que oferecem curso de produção cênica

O curso de Tecnologia em Produção Cênica é ofertado em poucas faculdades. Por isso, alguns profissionais optam por fazer outras formações profissionais e, depois, se especializam na área.

Entre as formações alternativas a Produção Cênica estão:

Por outro lado, se você se interessa em fazer o curso superior de Tecnologia em Produção Cênica, pode buscar mais informações e vagas nas faculdades abaixo:

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA);
  • Cruzeiro do Sul Virtual (a distância);
  • Faculdade Machado Sobrinho, em Juiz de Fora – MG;
  • Faculdade Monteiro Lobato, em Porto Alegre – RS;
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID);
  • Universidade de Franca, em Franca – SP (UNIFRAN);
  • Universidade de Passo Fundo – Passo Fundo, RS (UPF);
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR);
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR).

Gostou da área de Produção Cênica?

Se você gostou do curso de Produção Cênica é preciso saber que para atuar nessa carreira é preciso muito conhecimento na área cultural, principalmente sobre dramaturgia, teatro e cinema.

Além disso, é essencial que o produtor cênico seja flexível, empático e extremamente paciente. Isso se faz necessário pois um produtor cênico trabalha com muitas pessoas, inclusive atores e atrizes famosos, o que significa lidar com egos e vaidade.

Para saber mais sobre a área cultural e conhecer outras opções profissionais que abraçam esse setor, informe-se também sobre o curso de Artes CênicasEssa graduação pode ser uma alternativa ou um complemento a formação tecnológica em Produção Cênica. 

E não se esqueça: para se manter informado sobre as melhores formações e carreiras profissionais, assine a newsletter do Vai de Bolsa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui