A faculdade de direito é uma das mais procuradas no Brasil. E, por consequência, formam-se cada vez mais bacharéis em direito. Com o diploma em mãos vem o desafio de definir a área de atuação. São muitas profissões para o bacharel em direito no mercado de trabalho, em vários campos do conhecimento. Se você está cursando direito ou pensa em cursar, saiba que ao se formar você poderá decidir entre muitas profissões, sejam elas no setor privado ou público. Neste post, vamos ajudar a você a decidir qual carreira seguir.

Advogar costuma ser a primeira profissão que vem à cabeça quando se pensa em seguir carreira no direito. Atuar em um escritório de advocacia é um caminho dentro da área, mas saiba que existem muitos outros, até mesmo desconhecidos para algumas pessoas. Os bacharéis em direito podem, por exemplo, ministrar aulas em universidades, serem correspondentes jurídicos ou trabalharem em cargos públicos, como juízes, promotores e procuradores.

Para te ajudar nessa escolha, listamos abaixo as principais profissões para bacharel em direito. Você vai se surpreender!

Professor

Uma das profissões para o bacharel em direito é a docência. Ao se formar na graduação, você poderá optar por dar aula em faculdades do país. Caso essa seja a sua escolha, também podem ter oportunidades de docência em cursos preparatórios para concursos públicos e exames da OAB.

Mas atenção, para estar habilitado a dar aulas o bacharel precisa seguir estudando. É fundamental realizar especializações, mestrado e até doutorado a depender dos critérios de contratação de cada instituição de ensino.

Salário inicial de aproximadamente R$ 4,500, podendo haver variações.

Pesquisador

A carreira de pesquisador é uma outra possibilidade de profissão para bacharéis em direito. Neste caso, o seu objetivo profissional será desenvolver conhecimento científico, tanto na área educacional quanto para empresas do públicas e privadas.

Se você optar por ser pesquisador em universidades, costuma ser necessário cursar especializações, mestrado ou doutorado. Todavia, no setor privado podem não ser obrigatórias estas qualificações. No setor público é dado ao pesquisador maior liberdade para pesquisar. Contudo, em empresas você deverá pesquisar o assunto de interesse da sua contratante.

O salário inicial é de aproximadamente R$ 8.000, podendo haver variações.

Juiz

A profissão de juiz é uma das mais procuradas pelo bacharel. Os magistrados processam e julgam as ações judiciais. Sejam de conflitos entre pessoas jurídicas e/ou físicas, entre entes públicos ou entre particulares e entes públicos.

Existem diversos concursos para magistratura: federal, estadual, trabalhista, entre outros. O processo para ser juiz é concorrido e exige bastante do candidato. Para atuar como juiz é necessário realizar um concurso público de provas e títulos. Além disso, precisa comprovar ter, no mínimo, três anos de prática jurídica.

O salário de juiz varia entre R$ 24.000 e R$ 27.000, conforme a região do Brasil e o órgão de atuação do magistrado.

Promotor de Justiça

Entre as profissões para o bacharel em direito dentro de órgãos públicos, podemos destacar também a de promotor de justiça. Este profissional atua defendendo a ordem jurídica, dos interesses sociais e do regime democrático. A atuação do promotor pode acontecer tanto na área criminal quanto na área cível em cenário estadual.

Para ingressar nesta carreira, saiba que também é preciso fazer concurso público de provas e títulos. Além disso, é exigido três anos de experiência prática na área.

A faixa salarial é de aproximadamente R$ 24.000, a depender da região do País e do órgão contratante.

Diplomata

Nesta carreira pública, você será responsável por realizar defesas, apresentações, bem como negociar assuntos de interesse do Brasil junto à comunidade internacional. É importante saber que a função de diplomata praticamente te exigirá 24 horas do seu dia, no sentido que você precisará estar sempre de prontidão, caso seja necessária a sua intervenção em conflitos e mediações internacionais.

A faixa salarial é de aproximadamente R$ 15.000.

Procurador da República

Entre as profissões para bacharel em direito podemos ainda ressaltar a de procurador da república. Profissional responsável por realizar a defesa da ordem jurídica, realizar a manutenção dos interesses sociais e manter o regime democrático.

É preciso ser bacharel em direito e ser aprovado em concurso público de provas e títulos. Também é exigência três anos de experiência em prática jurídica.

A remuneração inicial é de cerca de R$ 28.000, a depender do órgão e região.

Procurador de Contas

Neste cargo, o bacharel em direito é responsável por representar o Ministério Público no Tribunal de Contas. Isso significa fiscalizar se as normas constitucionais estão sendo aplicadas nos quesitos financeiros e orçamentários. Para seguir carreira nesta área, você deve passar em concurso público e também ter três anos de experiência em prática jurídica.

O salário é de aproximadamente R$ 30.000, com variações para órgãos e regiões.

Procurador do Estado

O procurador do Estado é um advogado responsável por analisar editais e licitações do Estado. Para ingressar nesta carreira, também precisa fazer concurso público e, neste caso, ter a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O salário inicial varia de R$ 20.000 a R$ 22.000.

Procurador do município

Trata-se da mesma função do procurador do Estado, porém direcionada ao município. As exigências são as mesmas: ser aprovado em concurso público e ser membro inscrito na OAB.

O salário pode variar de entre R$ 20.000 e R$ 28.000.

Defensor público

O cargo de defensor público também figura entre as profissões para bacharel em direito. Sua atribuição é dar suporte às pessoas que não possuem condições financeiras para contratar um advogado particular. O defensor público ainda deve trabalhar em defesa dos direitos humanos. O ingresso nesta profissão exige concurso público, bem como três anos de prática jurídica.

O salário base é de cerca de R$ 18.000.

Delegado de polícia

Se o seu sonho é ser delegado, saiba que também será necessário passar em concurso público e, em alguns casos, ter prática jurídica. Nesta função, você será responsável por realizar inquéritos, coordenar agentes policiais e exercer o comando nas ações que envolvam situações jurídicas.

A remuneração varia entre R$ 10.000 e 16.000.

Conciliador

O conciliador busca solucionar problemas entre pessoas para evitar um processo no âmbito jurídico, usando artifícios de argumentação e oratória. Neste papel, você deverá sugerir resoluções e acordos para conflitos em áreas diversas.

É importante destacar que, para trabalhar no ramo da conciliação, não é necessário ser bacharel em direito. Contudo, o fato de ter graduação na área sem dúvida é um diferencial.

O custo de duas horas de trabalho é de cerca de R$ 47,00, podendo ter variações conforme o caso e a região.

Mediador

O profissional que opta pela mediação vai ajudar as partes envolvidas em um conflito a ser resolvido por elas mesmas, através do diálogo. A decisão deve ser tomada pelas pessoas envolvidas, e não pelo mediador. A mediação se aplica em situações onde já existe um canal de comunicação. Existe também uma graduação específica para quem quer seguir esta área, conforme explicamos neste artigo.

O valor médio da remuneração de horas trabalhadas é de R$ 47,00, com variações conforme a região do País.

Advogado autônomo

A advocacia é uma das profissões mais escolhidas entre os bacharéis de direito. O advogado defende os interesses dos seus clientes, e ainda pode atuar como consultor jurídico e dar assistência jurídica. Você pode ser advogado corporativo, do terceiro setor ou ter o seu próprio escritório. Para exercer esta profissão é necessário ter inscrição no quadro de advogados da OAB.

O salário inicial pode variar de R$ 1.200 a R$ 5.000, a depender do ramo escolhido dentro da advocacia.

Outras oportunidades na área

Gostando de conhecer as muitas possibilidades de profissões para bacharel em direito? Além destas que citamos, têm ainda outras funções que você pode vir a exercer. E não poderíamos deixar de mencioná-las também. São elas:

  • Procurador do Banco Central: atua em causas relativas às questões judiciais e extrajudiciais em que o banco esteja envolvido.
  • Procurador Federal: representa as autarquias em questões judiciais e extrajudiciais, na atribuição de advogado.
  • Advogado da União: é um advogado que atua em questões da União Federal.
  • Tabelião de notas: profissão ideal para quem deseja trabalhar com cartórios.
  • Árbitro: trabalha com questões extrajudiciais, solucionando conflitos a pedido das partes envolvidas.
  • Consultor legislativo: auxilia os políticos na criação de projetos de lei ou de emendas constitucionais, seja no Senado, na Câmara dos Deputados, em Assembleias ou na Câmara de Vereadores.
  • Empreendedor: ser dono ou sócio do seu próprio negócio no ramo jurídico.

Estas são algumas das profissões para bacharel em direito. E como você pôde perceber são muitas, que vão além de advogar em escritórios de advocacia.

Agora é com você, pensar em quais destas profissões vai investir. Agora, se você pensa em buscar uma pós-graduação em direito, confira as dicas do blog Vai de Bolsa!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui