Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!

Prouni: saiba tudo sobre o programa

Você sabe como o Prouni funciona e para quem o programa é direcionado? Então, acompanhe abaixo todas as informações que você precisa saber sobre o Prouni. 

O que é o Prouni?

O Prouni, Programa Universidade para Todos, foi criado em 2004 e oficializado em 13 de Janeiro de 2005 pelo Governo Federal, com a lei 11.096. Em suma, o objetivo do programa é a inclusão social por meio de disponibilização de bolsas para o ensino superior. Desde sua criação, tem auxiliado jovens de baixa renda, que estudaram exclusivamente no ensino público ou com bolsa integral em ensino particular, a ingressarem em universidades particulares de todo o Brasil. 

Assim que o Prouni foi criado, começou a auxiliar milhões de estudantes a conquistarem um diploma universitário.  Em 2005, 112.275 estudantes foram contemplados por bolsas do programa, e este número só cresce. Em 2018 o total de bolsistas contemplados pelo programa foi de 417.276.

Com bolsas de 50% ou 100%, os estudantes podem se matricular em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. 

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

Para solicitar uma bolsa do Prouni o estudante deverá realizar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A média mínima do exame deverá ser de 450 pontos. Já a redação não pode ter sido zerada, ou seja, a nota deve ser maior que zero. 

Tipos de bolsas

O Prouni possui duas modalidades de bolsa de estudos, a integral e a parcial. 

  • Integral: Nesta modalidade o estudante recebe 100% de bolsa para a graduação. Entretanto, a renda familiar per capita deve ser abaixo de 1,5 salário mínimo;
  • Parcial: A bolsa parcial corresponde a 50% do valor do curso. Sendo assim, para participar dessa modalidade, o candidato deve ter renda familiar per capita acima de 1,5 salário mínimo e abaixo de 3 salários mínimos. 

Pré-requisitos

Conheça todos os pré-requisitos para participar do Prouni e receber bolsas de 50% ou 100% para a graduação na rede privada. Lembre-se que todo o processo é realizado pelo Governo Federal, através do Ministério da Educação.

Abaixo você encontra todos os pré-requisitos listados no site do programa:

  • Ter realizado a última edição do Enem, ou seja, o exame deve ter sido realizado no ano anterior ao processo. Enquanto que, para vagas remanescentes, o exame deverá ter sido realizado após 2010;
  • Nota mínima de 450 pontos de média no Enem;
  • Não ter zerado a redação do Enem;
  • Renda familiar comprovada de até três salários mínimos para bolsas de 50%;
  • Renda familiar comprovada de até um salário mínimo e meio para bolsas de 100%;
  • Assim como ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou com bolsa integral em escolas particulares. 

Pessoas que cumpram os requisitos abaixo também podem participar do programa:

  • Pessoas que possuam algum tipo de deficiência;
  • Professores da rede pública de ensino básico em exercício, que estejam incluídos no quadro permanente da instituição e que esteja concorrendo a uma vaga em curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia. 

FIES

Os candidatos que optarem pela bolsa parcial, podem contar com o apoio do Financiamento Estudantil (Fies) para financiar o restante da mensalidade. Entretanto, o estudante deve comprovar que não pode arcar com o custo da mensalidade para realizar o financiamento. 

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Saiba mais sobre o Fies neste outro artigo do Vai de Bolsa. 

Bolsas Remanescentes

Além da bolsa integral ou parcial, existem também outros dois tipos de bolsa, a Remanescente e a Bolsa Permanência do Prouni.

As bolsas remanescentes são aquelas que não foram preenchidas durante o processo regular de primeira e segunda chamada e lista de espera. Este tipo de bolsa também tem um prazo para sua inscrição, que é diferente para alunos já matriculados e alunos que ainda não estão matriculados em nenhuma instituição de ensino. 

Este tipo de bolsa segue um processo diferente do padrão. Sendo assim, ao se inscrever o candidato precisa aguardar para saber se será aprovado. Depois de aprovado, deverá comparecer à instituição de ensino em até 2 dias úteis com todos os documentos necessários para comprovar as informações da inscrição online. 

As inscrições são realizadas diretamente no site do Prouni e para concorrer a este tipo de bolsa, o candidato precisa:

  • Ser professor integrante do quadro permanente de uma instituição pública de ensino, exercendo o magistério na educação básica, para os cursos de licenciatura destinados à formação do magistério da educação básica;
  • Ter participado do Enem a partir da edição de 2010;
  • Ter tirado nota média mínima de 450 no Enem;
  • Ter tirado nota superior à zero na redação do Enem;
  • Não ter sido aprovado no processo seletivo regular do Prouni no ano anterior;
  • Não ter sido aprovado no processo de Bolsa Remanescente do Prouni no ano anterior;

Bolsa de Permanência

A Bolsa Permanência existe para custear as despesas de quem possui a bolsa integral, como por exemplo transporte até a universidade e material didático. O valor máximo da bolsa é o mesmo das bolsas para iniciação científica e são disponibilizadas no edital do MEC.

Para conseguir a bolsa permanência o estudante deverá estar matriculado em um curso presencial de no mínimo 6 semestres de duração, com carga horário igual ou superior a 6 horas diárias. Além disso, vale ressaltar que todas as informações fornecidas pelo aluno devem ser compatíveis com as informações cedidas pela instituição junto ao MEC.

A seleção dos estudantes que recebem o auxílio acontece mensalmente, no primeiro dia do mês, levando em consideração a disponibilidade de orçamento do MEC. 

Para se candidatar à bolsa, o estudante deve ter uma conta corrente no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal. Contas com mais de um titular ou conta poupança, eletrônica e aberta com CPF diferente do bolsista, não serão aceitas. 

Os documentos abaixo deverão ser encaminhados para a coordenação do Prouni na instituição em que o estudante estiver matriculado. Após isso, a coordenação fará a efetivação do seu cadastro no Sistema do Prouni e o estudante deverá assinar o Termo de Concessão de Bolsa Permanência. A lista de documentos necessários segue abaixo:

  • Documento de identidade com foto;
  • CPF;
  • Comprovante bancário com os dados da conta corrente. 

Cancelamento da Bolsa de Permanência

Todavia a bolsa permanência pode ser encerrada a qualquer momento, tanto pelo Ministério da Educação, quanto pela instituição. Os motivos para o cancelamento normalmente são:

  • Transferência de curso para um com carga horário menor do que 6 horas por dia;
  • Bolsa do Prouni cancelada;
  • Comprovação de que o aluno está utilizando indevidamente o valor da bolsa, para outros fins;
  • Informações falsas ou omissão de informações para a solicitação da bolsa;
  • Desligamento do curso, por parte do estudante. 

Quer mais dicas para bolsas no curso de graduação? Então acesse o Blog Vai de Bolsa!

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *